Eleições 2010

Em Londres, Julier diz que não acompanha eleição no Estado

Julier Sebastião   Sem ocupar cargo político, o juiz da primeira Vara Federal de Mato Grosso, Julier Sebastião da Silva, foi um dos principais alvos dos ataques de diversos candidatos nestas eleições no período de pré-campanha. Agora, passados pouco mais de 2 meses, o magistrado permanece em Londres, na Inglaterra, onde conclui seu doutorado, e prefere se manter longe dos holofotes políticos do Estado. “Não estou acompanhando o processo. Estou em Londres”, limitou-se a dizer quando perguntado sobre como avalia as campanhas eleitorais deste pleito em Mato Grosso.

   Julier é tido como um juiz polêmico. Sua atuação divide opiniões. Para segmentos da sociedade é tido como "operador do direito linha dura, corajoso e destemido na luta contra a corrupção". Outros, no entanto, o tem como inconsequente. Alegam ainda que o juiz estaria atuando na magistratura com viés político em alguns casos e lembram até que fora militante do PT antes de ocupar a cadeira de juiz federal. No início deste ano, embora nunca tenha confirmado, Julier teria cogitado a possibilidade de disputar o Palácio Paiaguás. Em pesquisas de intenção de votos realizadas em janeiro, Julier chegou a ser citado por alguns entrevistados para ocupar o cargo.

    Em junho deste ano, 15 políticos chegaram a encaminhar uma representação contra o juiz ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) contestando a conduta do magistrado durante a Operação Jurupari – veja aqui. Um dos mais indignados na época, o candidato à reeleição, deputado federal Pedro Henry (PP), chegou a acusá-lo de, juntamente com o procurador Mário Lúcio Avelar e o candidato ao Senado e ex-Procurador da República Pedro Taques (PDT), de utilizar o poder estatal em prol de um projeto político.

   Deflagrada em 21 de maio, a Jurupari investigou crimes ambientais e culiminou em 91 mandados de prisão, inclusive de assessores do Governo e da esposa do ex-presidente da Assembleia, o deputado cassado, José Riva (PP). Ainda, Julier pediu o bloqueio de bens do ex-governador Blairo Maggi (PR) e dos secretários de Estado, Éder Moraes (Casa Civil), Geraldo de Vitto (Administração) e Vilceu Marchetti (Fazenda) diante do episódio de aquisição de maquinário superfaturado. Contudo, a medida foi questionada pela Justiça, já que não era de competência do juiz federal.

   Apesar de comprar a briga com grandes expoentes da política e não descartar o projeto de uma candidatura própria ao Paiaguás, ao se aproximar o período eleitoral, o juiz saiu de cena. No final de maio, afastou-se da Justiça Federal para concluir seu doutorado na Inglaterra. Longe das eleições gerais no país, ele declarou que não deve retornar para antes do pleito e que não se inteirou do processo político no Estado.

Colíder com 2 candidatos desgastados

jaiminho 400 curtinha   Em Colíder, duas figuras bastante desgastadas politicamente estão na disputa pelo Executivo, sendo o prefeito Noboru Tomiyoshi, que fechou aliança com apenas três partidos (DEM, PSD e SD), e o ex-prefeito Jaime Marques (foto), que concorre pelo PSC numa coligação que agrega DEM e...

PP com 25 a vereador projeta 3 vagas

orivaldo da farmacia 400 curtinha   O PP, da base aliada do prefeito Emanuel, conta com 25 candidatos a vereador pela Capital. Deve conquistar entre duas e três vagas. Os principais concorrentes são os já vereadores Orivaldo da Farmácia (foto), Marcrean Santos e Luis Cláudio, além do ex-vereador...

MPE vê prefeita de Torixoréu inelegível

ines 400 curtinha torixoreu   Para o Ministério Público Eleitoral, a prefeita de Torixoréu, Inês Mesquita Moraes Coelho (foto), que se lançou à reeleição pelo DEM, está inelegível. Numa ação de impugnação de registro de candidatura, o promotor...

Candidato amarga derrota na Justiça

adilson gon�alves 400 curtinha   O candidato a prefeito de Barra do Garças, delegado Adilson Gonçalves (foto), tentou, sem êxito na Justiça, censurar o Rdnews na publicação de matérias sobre o pleito eleitoral no município. Numa ação impetrada junto à...

Com certidão pra disputar 1ª suplência

dito lucas 400 curtinha   Filiado ao Podemos, Dito Lucas (foto), que entrou de última hora como primeiro-suplente da chapa ao Senado encabeçada por José Medeiros, assegura que vai apresentar novamente sua certidão junto à Justiça Eleitoral, de modo a provar que sua candidatura é legítima....

Um novo embate entre Diane x Adair

diane alves 400 curtinha   Adair José Alves Moreira, que vinha atuando na assessoria do vice-governador Otaviano Pivetta, decidiu mesmo concorrer de novo à Prefeitura de Alto Paraguai. Ele já foi prefeito por duas vezes. Adair será o principal nome da oposição à prefeita democrata Diane Alves (foto),...

MAIS LIDAS