RUMO ÀS URNAS

Em vídeo, Maggi defende Dilma

  O ex-governador Blairo Maggi (PR) tem sido um dos principais cabos-eleitorais da petista Dilma Rousseff, que disputa a sucessão de Lula no próximo dia 31 contra o tucano José Serra. Assim, por onde passa, Maggi, que se elegeu senador no último dia 3, faz questão de frisar que para dar continuidade ao desenvolvimento do Estado a vitória de Dilma é fundamental. Num vídeo divulgado no site youtube, por exemplo, o republicano, que foi eleito senador com quase 1,1 milhão de votos, argumenta que por mais de 30 anos os mato-grossenses sonhavam com novas alternativas para o escoamento da produção e que apenas no governo Lula foram dados os primeiros passos para concretização dessas melhorias.

  “Tenho a certeza de que a eleição da Dilma é a garantia da continuidade de projetos como as BRs 158, 163,  242, 364, o PAC em Cuiabá e Várzea Grande e Rondonópolis, além da conclusão da ferrovia, que vem desde São Paulo, passando por Rondonópolis e chegando a Cuiabá”, pontua o ex-governador.

  Numa análise sobre a campanha anti-Dilma, que tem sido feita por militantes pró-Serra, Maggi ressalta que diferentemente do que ocorreu nos Estados Unidos, quando Barack Obama foi eleito devido à divulgação de suas propostas nas redes sociais e por meio de outras ferramentas cibernéticas, a internet tem sido utilizada no Brasil para desconstruir Dilma e o governo Lula. “Nunca vi uma campanha com tantos ataques pessoais como esta do candidato Serra sobre a Dilma”, enfatiza.

   Animado com as últimas pesquisas de intenção de votos, o republicano acredita na vitória da petista. “É só manter o fogo que a vitória é nossa. Quer dizer, a gente tem que manter a candidatura em evidência e responder à altura os ataques que são feitos”, ponderou, numa referência a nova rodada de pesquisas feitas pelo Instituto Vox Populi, onde a petista aparece com 51% contra 39% do tucano.

----------------------------------------------------
Clique no play e veja o que diz Maggi 

Taisir coordena campanha de Eliene

taisir karim 400 curtinha   O ex-reitor da Unemat e uma das lideranças do PSD na região Oeste, Taisir Karim (foto), que chegou a se lançar de última hora como pré-candidato a prefeito de Cáceres, mas logo em seguida recuou, será o coordenador-geral da campanha de Eliene Liberato (PSB), atual...

Inaugurados 67 km de asfalto da 020

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro Mendes (foto) inaugurou nesta 5ª a pavimentação de 67,5 km da MT-020, entre Paranatinga e Canarana. Essa estrada faz parte do pacote de obras que foi retomado e já concluído nesta gestão. Foram investidos R$ 45 milhões do governo estadual. O...

Saggin critica "ditadura" e apoia Raye

paulo raye 400 curtinha   O empresário e advogado Sandro Saggin, que desistiu da candidatura a prefeito de Barra do Garças e agora apoia Paulo Raye (foto), do Pros, explica que em nenhum momento os diretórios estadual e nacional do Podemos, de cujo partido é filiado, encaminharam qualquer orientação aos...

Pode abandona Raye e pune Saggin

sandro saggin curtinha 400   Sandro Saggin (foto) amargou outra derrota em Barra do Garças. Inicialmente, seria candidato a prefeito pelo Podemos. Mas resolveu, por conta própria, levar o partido para uma coligação com partidos de esquerda que lançaram o ex-prefeito Paulo Raye, apoiado pelo PC do B, PT e Pros. A...

Ex-vereador recua para apoiar primo

divino 400 barra do bugres   Ex-vereador, ex-presidente da Câmara e empresário bem sucedido, Chico Guarnieri (PTB) não será candidato a prefeito de Barra do Bugres nas eleições deste ano. Guarnieri, que disputou a prefeitura em 2016, até ensaiou, mas recuou ao ver que o primo, pedetista Doutor Divino...

3 ex-prefeitos viram cabos eleitorais

percival muniz 400 curtinha   Dois candidatos de oposição em Rondonópolis têm ex-prefeitos como principais cabos eleitorais. O empresário Luiz Fernando, o Luizão (Republicanos), conta com apoio de Adilton Sachetti, que já comandou o município e perdeu na tentativa de reeleição, e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.