Eraí inicia processo para se desligar de empresas e concorrer ao governo

.

Eraí Maggi_governo

Eraí se articula para disputar governo, Senado ou até mesmo ser suplente

O empresário Eraí Maggi (PP) já deu início ao processo de desligamento do seu nome da o grupo Bom Futuro para poder se candidatar ao governo neste ano. Todas as questões legais e burocráticas precisam ser concluídas até junho, quando acontecem as convenções e, logo em seguida, encerra-se o prazo para que os políticos registrem suas candidaturas junto à Justiça Eleitoral. “Não sei se vai dar tempo, mas estou tentando. Se não conseguir dessa vez, tentarei de novo nos anos seguintes”, afirmou o rei da soja em entrevista ao Grupo RDNews.

Eraí, que foi candidato a suplente do de Dante de Oliveira (já falecido) ao Senado – quando foram derrotados, sempre está presente nos processos eleitorais, mas como articulador e financiador de campanhas. Agora, quer deixar a função de coadjuvante para ser protagonista no processo eleitoral, seja como candidato ao governo, Senado ou até como suplente. Nos bastidores, a informação é de que ele estaria conversando com o deputado federal Wellington Fagundes (PR) para ser o suplente do republicano.  

De todo modo, mesmo não sendo oficial, o empresário afirma que o setor produtivo será um ponto muito importante na sua campanha. Ele acredita ser impossível pensar em crescimento de qualquer área em Mato Grosso sem pensar na produção agropecuária. “O setor traz desenvolvimento e renda, o que vai colaborar com a melhoria de todos os outros aspectos, como saúde e educação”, frisa.

Sobre o cenário, Eraí Maggi prefere não comentar. “É como a chuva, muda todo dia. Nunca sabemos o que esperar, o que vai acontecer e com qual intensidade”.  Hoje a pré-candidatura mais consolidada é a do senador Pedro Taques (PDT), do grupo que faz oposição ao governador Silval Barbosa (PMDB). Já a base governista ainda não definiu qual rumo vai tomar e estuda lançar vários nomes como o do ex-vereador Lúdio Cabral (PT), o vice-governador Chico Daltro (PSD), o ex-prefeito de Água Boa Maurição Tonhá (PR), o suplente do senador republicano Blairo Maggi, Cidinho dos Santos e até mesmo o próprio Maggi – que se reúne nos próximos dias com a presidente Dilma Roussef (PT) para debater as questões.

Também podem entrar na disputa o juiz federal Julier Sebastião da Silva, assediado pelo PT e PCdo B, e o conselheiro do TCE Antônio Joaquim, convidado para se filiar ao PTB e/ou PSDB. Ambos têm até 5 de abril para decidir se deixam a magistratura e tribunal, respectivamente, para concorrer. 

Professor terá desempenho avaliado

marioneide 400 curtinha   Professores da rede pública estadual agora vão passar por avaliação de desempenho tanto para fins de progressão funcional quanto para atender a uma série de novas exigências. A secretária de Educação, professora Marioneide Kliemaschewsk (foto), já...

O pinóquio de antes, o aliado de hoje

wilson santos 400 curtinha   Wilson Santos (foto), hoje deputado pelo quarto mandato, está levando porrete de todo lado pela decisão de entrar na base do Governo Mauro Mendes, seu então adversário político dos últimos 15 anos. Ambos, que se enfrentaram nas urnas duas vezes, uma a prefeito e outra para...

França, convite do Pode e suspense

roberto franca 400 curtinha   Roberto França (foto), que exerceu vários mandatos eletivos, entre eles de vereador e de prefeito de Cuiabá, ficou empolgado com o convite para se filiar ao Podemos, inclusive com abertura para concorrer novamente ao Palácio Alencastro. Para evitar conflitos, antes de fazê-lo, o...

Neurilan critica Pivetta e faz campanha

otaviano pivetta 400 curtinha   Em discurso em Tangará da Serra, num evento promovido pela AMM que serviu de palanque eleitoral, Neurilan Fraga disparou críticas ao vice-governador Pivetta (foto), que também pretende concorrer ao Senado. Disse que Pivetta não aceita nem discutir o valor repassado hoje aos...

Evento da AMM para pré-candidatura

neurilan fraga 400   Neurilan Fraga (foto), que aproveita o trunfo de presidente da AMM para tentar projeção política, insiste na pré-candidatura ao Senado, mesmo com a filiação oficial ao PL fora do prazo exigido pela legislação, o que ensejará no indeferimento do registro. E...

Selma, carreata e "ciúmes políticos"

selma arruda 400 curtinha   Quem vê Selma Arruda (foto), senadora cassada por crimes eleitorais, e o ex-senador e federal José Medeiros afinados no Podemos, nem imagina que no pleito de 2018 ela optou por distanciá-lo motivada simplesmente por "ciúmes políticos". Selma carregava o slogan de "Senadora de Bolsonaro"....

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Sobre a senadora Selma Arruda, que teve mandato cassado por caixa 2 e abuso de poder econômico, você acha que ela foi...

ingênua

corrupta

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.