RUMO ÀS URNAS

Estado tem 292 na disputa à AL

   Encerrado o prazo para o registro das candidaturas por parte das coligações e partidos e do requerimento de registro de candidaturas individuais, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aponta 292 candidatos na disputa pelas 24 vagas de deputado estadual em Mato Grosso. As cadeiras são pleiteadas por cinco coligações e mais dois partidos que concorrem isoladamente.

   A chapa com maior número de candidatos é a da coligação “Mato Grosso Melhor pra Você”, foramada por PSB, PDT, PPS e PV. Ao todo, os quatro partidos indicaram 61 nomes para concorrer a uma cadeira na Assembleia. A estimativa de gastos para a campanha que tentará emplacar estes candidatos é de R$ 2 milhões.

   Quanto aos investimentos, os grupos que têm o projeto mais ousado são os de apoio à reeleição do Silval Barbosa (PMDB). A chamada “frentona”, composta por PTN, PRB, PTC, PSC, PRP e PcdoB, deve investir mais de R$ 4 milhões com o intuito de emplacar ao menos dois dos seus 51 candidatos. Na mesma base de sustentação, a coligação “Mato Grosso em 1ª Lugar” entra na disputa com 54 candidatos do PMDB, PT e PR. A previsão de gastos com a campanha do grupo ainda não foi divulgada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), mas só os peemedebistas devem investir cerca de R$ 3 milhões rumo à Assembleia, de modo que os demais partidos não devem ficar atrás. Um dos partidos com a bancada mais expressiva na Casa, o PP, vai seguir isolado na disputa, com 31 candidatos.

   Ao lado do ex-prefeito de Cuiabá, o candidato Wilson Santos (PSDB), duas coligações disputam as vagas. Formada por PSDB e DEM, a “Senador Jonas Pinheiro” terá 35 candidatos na corrida eleitoral, com uma previsão de gastos de R$ 3 milhões na campanha. Já o grupo denominado “O Povo no Poder”, composto por PTB, PTdoB, PSL, PSDC, PRTB e PMN, indicou 58 nomes para a disputa e deve ter um incremento de R$ 5,7 milhões no projeto de eleição.

   Na tentativa de conquistar uma vaga no Legislativo estadual, o Psol deve ter a campanha mais modesta, orçada em R$ 1 milhão, para a eleição de seus dois únicos candidatos. Contudo, o quadro na corrida eleitoral ainda pode mudar, já que nenhum dos partidos ou coligações registrou o número máximo da candidatos permitido pela legislação eleitoral. Até 5 de agosto, os pré-candidatos que tiveram seus nomes aprovados na convenção de seus partidos podem requerer a candidatura a uma das vagas remanescentes.

3 ex-prefeitos viram cabos eleitorais

percival muniz 400 curtinha   Dois candidatos de oposição em Rondonópolis têm ex-prefeitos como principais cabos eleitorais. O empresário Luiz Fernando, o Luizão (Republicanos), conta com apoio de Adilton Sachetti, que já comandou o município e perdeu na tentativa de reeleição, e...

3 candidatos competitivos em Sinop

roberto dorner 400   Apesar da "inflação" de candidatos a prefeito de Sinop, com cinco no páreo, a disputa tende a se acirrar mesmo entre o empresário Roberto Dorner (foto), do Republicanos e apoiado pela prefeita Rosana Martinelli (PL), o ex-prefeito e deputado Juarez Costa, que atraiu 10 partidos para o palanque, e o...

Ex-prefeito no páreo em Alta Floresta

robson silva 400 curtinha   Alta Floresta, uma das cidades pólos do Nortão, tem sete candidatos a prefeito. Um deles é Robson Silva (foto), empresário, ex-prefeito entre 93 e 96 e que concorre pelo MDB, mesmo partido do prefeito Asiel Bezerra, que está encerrando o segundo mandato e se tornou um dos principais...

Vice sinopense quer retornar à Câmara

gilson de oliveira 400 curtinha   O vice-prefeito de Sinop e apresentador de TV, Gilson de Oliveira (foto), resolveu concorrer a vereador, cadeira já ocupada por ele por dois mandatos, o primeiro pelo PSDB, entre 2005 e 2008, e, depois, pelo PSD (2009/2012). Foi candidato a deputado estadual duas vezes (2006 e 2010) e, como suplente da...

Vice que morreu na praia em Tangará

renato gouveia 400 curtinha   Assim que percebeu que não seria escolhido pelo prefeito Fabio Junqueira (MDB) como o candidato governista na briga pela Prefeitura de Tangará da Serra, ainda em junho, o vice-prefeito Renato Gouveia (foto), do PV, correu para os braços do tucano Vander Masson. Levou com ele uma chapa de 21...

Câmara chama secretária para vaga

chico 2000 curtinha   Após a destituição de Ralf Leite (MDB) da vaga de Chico 2000 (foto), licenciado, por força de decisão judicial, a Câmara de Cuiabá convocou a primeira suplente Luciana Zamproni (MDB) para assumir mandato temporário no Legislativo, menos de 30 dias. Ela atua como...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.