Grupo dos 7 volta a se reunir

A segunda reunião do grupo dos 7 - PP, PT, PMDB, PR, PSD Pros e PCdoB – será realizada na próxima segunda (3). O encontro, mais uma vez, será na casa do cacique do PMDB, deputado federal Carlos Bezerra. Os líderes das agremiações vão discutir as candidaturas para majoritária, além de apresentarem os nomes que estarão em uma pesquisa qualitativa. 

O PP, que tem se reaproximado do PMDB, se reuniu com Bezerra nesta quarta (29) para definirem a pauta do encontro. A primeira reunião entre os 7  foi realizada em 13 de janeiro. “O objetivo é avaliar os nomes em potencial de cada partido apontado na pesquisa, ou seja, aqueles que possuem maiores chances de vencer”, detalhou o presidente do PP, deputado estadual Ezequiel Fonseca. 

De acordo com Ezequiel “a legenda deve permanecer unida”. Com um discurso eleitoreiro, o parlamentar diz que o objetivo do grupo é reduzir a desigualdade social e permitir, ao mesmo tempo, a continuidade do crescimento. A pesquisa com os possíveis candidatos será realiza em fevereiro. A intenção das 7 legendas é incluir o nome do senador Blairo Maggi (PR). O republicano, por sua vez, já teria vetado a sondagem. 

O grupo não antecipa todos os nomes que serão avaliados. Mas, além de Maggi, outros como, por exemplo, do ex-prefeito de Água Boa Maurição Tonha (PR), do suplente de senador Cidinho dos Santos (PR), do ruralista e primo de Blairo, Eraí Maggi (PP), do ex-vereador por Cuiabá Lúdio Cabral (PT), do juiz Julier Sebastião – que pode se filiar ao PT ou PC do B – e do vice-governador, Chico Daltro (PSD), já são tidos como certos. 

Os pré-candidatos ao Senado também serão avaliados. Até o momento, apenas Wellington assume o interesse em disputar ao posto, mas o grupo aguarda decisão do governador Silval Barbosa (PMDB), que tem a missão de escolher entre terminar o mandato ou encarar as urnas como senador.

PCdoB exige palanque a Dilma

Professor terá desempenho avaliado

marioneide 400 curtinha   Professores da rede pública estadual agora vão passar por avaliação de desempenho tanto para fins de progressão funcional quanto para atender a uma série de novas exigências. A secretária de Educação, professora Marioneide Kliemaschewsk (foto), já...

O pinóquio de antes, o aliado de hoje

wilson santos 400 curtinha   Wilson Santos (foto), hoje deputado pelo quarto mandato, está levando porrete de todo lado pela decisão de entrar na base do Governo Mauro Mendes, seu então adversário político dos últimos 15 anos. Ambos, que se enfrentaram nas urnas duas vezes, uma a prefeito e outra para...

França, convite do Pode e suspense

roberto franca 400 curtinha   Roberto França (foto), que exerceu vários mandatos eletivos, entre eles de vereador e de prefeito de Cuiabá, ficou empolgado com o convite para se filiar ao Podemos, inclusive com abertura para concorrer novamente ao Palácio Alencastro. Para evitar conflitos, antes de fazê-lo, o...

Neurilan critica Pivetta e faz campanha

otaviano pivetta 400 curtinha   Em discurso em Tangará da Serra, num evento promovido pela AMM que serviu de palanque eleitoral, Neurilan Fraga disparou críticas ao vice-governador Pivetta (foto), que também pretende concorrer ao Senado. Disse que Pivetta não aceita nem discutir o valor repassado hoje aos...

Evento da AMM para pré-candidatura

neurilan fraga 400   Neurilan Fraga (foto), que aproveita o trunfo de presidente da AMM para tentar projeção política, insiste na pré-candidatura ao Senado, mesmo com a filiação oficial ao PL fora do prazo exigido pela legislação, o que ensejará no indeferimento do registro. E...

Selma, carreata e "ciúmes políticos"

selma arruda 400 curtinha   Quem vê Selma Arruda (foto), senadora cassada por crimes eleitorais, e o ex-senador e federal José Medeiros afinados no Podemos, nem imagina que no pleito de 2018 ela optou por distanciá-lo motivada simplesmente por "ciúmes políticos". Selma carregava o slogan de "Senadora de Bolsonaro"....

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Sobre a senadora Selma Arruda, que teve mandato cassado por caixa 2 e abuso de poder econômico, você acha que ela foi...

ingênua

corrupta

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.