DIVERGÊNCIA

Grupo tenta salvar coligação e desmarca coletiva com Mendes

   A cúpula do movimento Mato Grosso Muito Mais (PDT, PPS, PSB e PV) não conseguiu encerrar as discussões sobre a manutenção ou não da pré-candidatura do empresário Mauro Mendes (PSB) ao governo e desmarcou a coletiva agendada para as 17h deste sábado (26). A expectativa era que as lideranças reforçassem o projeto rumo ao Palácio Paiaguás, apesar das supostas tentativas dos dois adversários ao governo, Wilson Santos (PSDB) e Silval Barbosa (PMDB), em "detonar" a candidatura da chamada terceira via.

   Na coletiva, líderes do MT Muito Mais esperavam conter as especulações em torno de uma eventual união de Mendes com os partidos que apoiam a reeleição do governador Silval Barbosa (PMDB). Contudo, as discussões da cúpula do movimento não foram esgotadas e os membros continuam reunidos. Os presidentes do PDT e PPS, Otaviano Pivetta e Percival Muniz, respectivamente, tentam dissuadir o PSB de Mendes a compor aliança com Silval. O ex-procurador Pedro Taques (PDT), pré-candidato ao Senado, e os presidentes do PSB e PV, deputado federal Valtenir Pereira e José Roberto Stopa, respectivamente, também participam da reunião.

   A tensão é tão grandes que, num dado momento, Mendes chegou a pedir licença aos aliados para se reunir em separado com a esposa, Virgínea Mendes, e com o coordenação geral da pré-campanha ao Paiaguás, empreiteiro Mauro Carvalho, sócio e cunhado de Francisco Lotufo, da Construtora Lotufo.

   Taques já anunciou que não será candidato se o PDT aceitar concorrer num arco de alianças integrado pelo PP, do presidente da Assembleia, deputado José Riva (PP). Os progressistas já aprovaram indicativo de apoio à reeleição do governador. Diante disso, Pivetta tratou de acalmar os ânimos dos pedetistas com a garantia de que o partido não pedirá votos para Silval. Percival, que vem resistindo bravamente ao assédio de Wilson sobre o PPS, também descartou a possibilidade. Enquanto isso, Mendes e Valtenir "batem cabeça" e postergam a definição sobre o projeto majoritário do PSB. Eles agendaram uma coletiva para este domingo (27), às 10h, na sede do MT Muito Mais.

8 candidaturas e Thelma com chances

thelma de oliveira 400 curtinha   Mesmo sem apoio de nenhum outro partido, a não ser do seu PSDB, enfrentando forte desgaste político e rejeição popular e ainda problemas de saúde, se recuperando de tratamento de câncer de mama, a prefeita Thelma de Oliveira (foto) ainda tem chances de...

Niuan de fora da suplência ao Senado

niuan ribeiro 400 curtinha   O deputado federal José Medeiros não conseguiu segurar o vice-prefeito de Cuiabá, Niuan Ribeiro (foto), como primeiro-suplente de sua chapa ao Senado. Há alguns dias, o filho do ex-vice-governador e ex-deputado Osvaldo Sobrinho vinha demonstrando desejo de pular fora, em meio a...

Jayme incomodado com Flávio em VG

jayme campos 400 curtinha   A candidatura a prefeito de Várzea Grande do empresário Flávio Frical (PSB), principal aposta da oposição, passou a incomodar a família Campos, que apoia o ex-vereador Kalil Baracat, concorrente ao Executivo pelo MDB. Em uma noite que seria de festa, em comemoração...

Acordo com Euclides partiu de Allan

allan kardec 400   Otaviano Pivetta, vice-governador licenciado por 30 dias para cuidar de problemas de saúde, disse que nada tem a ver com o tal acordo "costurado" pelo presidente regional do PDT, deputado Allan Kardec (foto), com Euclides Ribeiro, candidato a senador pelo Avante. Explica que só apresentou Euclides para Allan e...

Família Maia tenta retomar o poder

martha maia 400   O ex-prefeito de Alto Araguaia por quatro vezes, Maia Neto, não entrou na disputa de novo ao Executivo, mas lançou a irmã Martha Maia (foto), cuja filha Sylvia Maia é vereadora. Filiada ao PP, Martha entra como principal candidata da oposição ao prefeito Gustavo Melo, que vai à...

Welinton fará grande ato em Barra

welinton marcos 400 curtinha   Welinton Marcos (foto) lança sua candidatura a prefeito de Barra do Garças, na segunda (28), em um grande ato. Mesmo pelo sistema drive-in, devido à necessidade de adotar medidas sanitárias contra a Covid-19, são esperadas na solenidade cerca de mil pessoas, num espaço amplo,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.