Recuo

Insatisfeito com conjuntura política, conselheiro recua de pré-candidatura

Conselheiro afirma que não foram criadas condições políticas para que pudesse concorrer

O conselheiro do Tribunal de Contas de Mato Grosso Antônio Joaquim desiste da pré-candidatura ao governo do Estado. O conselheiro afirma que o recuo aconteceu devido a atual conjuntura política, cujas formações partidárias já estão em pleno andamento e com pré-candidaturas legítimas já postas. “De outro lado, eu ingressaria tardiamente em um processo político ao qual no momento não posso participar diretamente e com o protagonismo necessário, em decorrência de impedimento constitucional”, diz trecho.

Outro ponto levado em conta por Antonio Joaquim foi o fato de estar há quinze anos fora do processo partidário. Segundo ele, isso o colocaria em condição de desigualdade a outros legítimos postulantes, pois inviabiliza a consulta do seu nome por meio de uma pesquisa eleitoral. Apesar de haver conversado com dirigentes políticos, “não foram criadas as condições políticas necessárias para que estas ideias se tornassem perspectivas reais através de uma campanha eleitoral”. A questão, inclusive, foi abordado pelo senador Jayme Campos (DEM), que disse que o conselheiro não conseguiria facilmente voltar à vida pública.

Jayme diz que será difícil conselheiro se inserir novamente na política

O conselheiro já exerceu mandatos de deputado estadual e federal, além de ser secretário estadual de Educação. Nos últimos 14 anos atua na função de conselheiro do Tribunal de Contas. Ele cogitou uma possível candidatura a governador de Mato Grosso a fim de exercer plano de governo focado na gestão pública com eficiência. 

Sobre o cenário atual, a pré-candidatura mais consolidada é a do senador Pedro Taques (PDT), do grupo que faz oposição ao governador Silval Barbosa (PMDB). Já a base governista ainda não definiu qual rumo vai tomar e estuda lançar vários nomes como o do ex-vereador Lúdio Cabral (PT), o vice-governador Chico Daltro (PSD), o ex-prefeito de Água Boa Maurição Tonhá (PR), Eraí Maggi (PP), o suplente de senador Cidinho dos Santos, e até o próprio senador Blairo Maggi (PR).

Conselheiro é assediado pelo PTB e PSDB, mas decide futuro só em abril

PDT quer França, mas não pra suplente

allan kardec 400   Embora o deputado e secretário de Cultura do Estado, Allan Kardec (foto), presidente regional do PDT, tenha flertado com Roberto França, tentando atraí-lo para o partido e com expectativa de candidatura, não há nenhum convite para este ser um dos suplentes ao Senado na chapa de Pivetta. A ideia...

Uma candidatura jovem na chapa

otaviano pivetta 400 curtinha   Otaviano Pivetta (foto) assegurou neste domingo que não definiu ainda os dois suplentes de sua futura chapa ao Senado. Sobre Sachetti, observou que trata-se de um parceiro e amigo e que está pronto para ajudar no projeto, sem fazer imposição para assumir suplência, assim como o...

Rei da soja incentiva Fávaro ao Senado

erai maggi 400 curtinha   O ex-vice-governador Carlos Fávaro não mantém o silêncio à toa. Embora tenha sido o terceiro mais votado em 2018 - por pouco não fica com a vaga ocupada hoje pelo senador Jayme Campos -, Fávaro está enfrentando uma série de dificuldades para se viabilizar de...

Professor terá desempenho avaliado

marioneide 400 curtinha   Professores da rede pública estadual agora vão passar por avaliação de desempenho tanto para fins de progressão funcional quanto para atender a uma série de novas exigências. A secretária de Educação, professora Marioneide Kliemaschewsk (foto), já...

O pinóquio de antes, o aliado de hoje

wilson santos 400 curtinha   Wilson Santos (foto), hoje deputado pelo quarto mandato, está levando porrete de todo lado pela decisão de entrar na base do Governo Mauro Mendes, seu então adversário político dos últimos 15 anos. Ambos, que se enfrentaram nas urnas duas vezes, uma a prefeito e outra para...

França, convite do Pode e suspense

roberto franca 400 curtinha   Roberto França (foto), que exerceu vários mandatos eletivos, entre eles de vereador e de prefeito de Cuiabá, ficou empolgado com o convite para se filiar ao Podemos, inclusive com abertura para concorrer novamente ao Palácio Alencastro. Para evitar conflitos, antes de fazê-lo, o...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Sobre a senadora Selma Arruda, que teve mandato cassado por caixa 2 e abuso de poder econômico, você acha que ela foi...

ingênua

corrupta

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.