Rumo a 2010

Jayme afirma que ações de Maggi "cheiram à negociata"

   O senador Jayme Campos (DEM), que participou no último sábado (9) do encontro do partido em Poconé, não economizou críticas ao governo Blairo Maggi, de quem era aliado até poucos meses atrás. Segundo o democrata, não há dúvidas sobre a vitória da aliança DEM/PSDB/PTB no pleito deste ano rumo ao Palácio Paiaguás. "O prefeito de Cuiabá, Wilson Santos, e Jayme disputam internamente a preferência do eleitorado para saber qual dos dois vai disputar a sucessão de Maggi. "Nós temos serviços à sociedade. Queremos fazer um governo diferenciado em relação ao que está aí. E se alguém me perguntar o porquê eu estive aqui em Poconé pedindo votos para Blairo, eu respondo que é verdade. Mas nós não tivemos o respeito e a consideração do atual governo do Estado", disparou Jayme.

   Demonstrando ressentimento com Maggi e sob aplausos, o senador falou novamente que o ajudou a se eleger no pleito de 2006 e que não houve resposta por parte do governo. "Quando Blairo Maggi tinha 3% (das intenções de voto), tinha dois homens na trincheira, que era Jonas Pinheiro e Jayme Campos. Depois vieram Roberto França, Percival Muniz e etc", lembrou o democrata.

   Ele citou ainda outras áreas problemáticas da gestão Maggi, como segurança pública, saúde e educação. Além disso, segundo ele, o governo concedeu incentivos fiscais a um grupo seleto de empresários em detrimento da maioria. "Foram R$ 1,5 bilhão para ter 6 empresários no Estado. Com esse dinheiro, eu faço uma verdadeira revolução na agroindústria mato-grossense. Aqui, é uma meia dúzia que está usurpando e se beneficiando", critica.

   Jayme continuou o discurso dizendo que R$ 1,5 bilhão seria suficiente para acabar com o que classificou como o maior problema do Estado, que é a saúde. Batendo duro no governo Maggi, o democrata falou também sobre a segurança pública, que está, segundo ele, "toda maquiada, com carros alugados, a maioria locados de empresas de Pernambuco. Isso cheira o que? cheira negociata. Cheira que alguém está tirando proveito. Não é esse o estado que eu quero".

   O senador aproveitou a deixa para dizer que não teme nenhum dos pré-candidatos ao Paiaguás. "Eu discuto com qualquer um, seja com Mauro Mendes, Silval Barbosa, Carlos Abicalil ou Julier Sebastião. Do jeito que vier são dois palitos", disparou o democrata.

   Para concluir, Jayme garantiu que está 17% a frente de Silval nas pesquisas de intenção de voto. "Isso sem fazer muita força. Ele com a máquino do governo, já gastou R$ 15 milhões, e nós só no teretetê, porque nós não temos grana e não vamos aguentar bancar a briga com os cofres do governo estadual. Nós estamos aqui com nossos carrinhos velhos, com gasolina nossa. Os outros não. Têm avião do governo, carros do governo, enquanto nós somos o povo", disse.

-----------------------------------------------------
Clique no play e veja discurso de Jayme gravado por Júlio Fontes

 

DEM-Cuiabá projeta até 4 vereadores

beto 400 curtinha   O presinte da Provisória do DEM da Capital e secretário estadual de Governo, Alberto Machado, o Beto 2 a 1 (foto), está animado com as chapas do partido construídas para o embate eleitoral. Já conta com 38 pré-candidatos a vereador e avalia que todos são competitivos. Uma das...

Chapa de Pivetta faltando um nome

adilton sachetti curtinha 400   O empresário Otaviano Pivetta continua avaliando um nome para composição de sua chapa ao Senado na suplementar de 26 de abril para a vaga da cassada Selma Arruda. A primeira-suplência deve ficar mesmo com o ex-prefeito rondonopolitano e ex-deputado federal Adilton Sachetti (foto), do PRB....

Senado, disputa interna e PT rachado

verinha_curtinha   O PT, que recebe hoje as inscrições de pré-candidatos ao Senado, deve ter apenas um nome na disputa interna, o do deputado e presidente estadual da sigla Valdir Barranco. A ex-vereadora Enelinda, com dificuldade, corre contra o tempo para se viabilizar. Enquanto isso, membros de outras correntes menos...

Falta na votação da emenda impositiva

jose medeiros 400 curtinha   O deputado José Medeiros (foto), vice-líder do Governo Bolsonaro na Câmara e pré-candidato a senador na suplementar de 26 de abril, explica que não procede a informação de que teria votado favorável à PEC 34/19, que assegura o orçamento impositivo de...

Feliz da vida na base e com emendas

wilson santos 400 curtinha   Wilson Santos (foto) já chegou com moral no Governo Mauro Mendes. Depois de um ano fazendo oposição ao Palácio Paiaguás, o deputado tucano se tornou governista de carteirinha. E começa a colher os dividendos. Uma de suas emendas de R$ 300 mil para ajudar na...

Voto a favor e agora contra Congresso

O pitbull do governo Bolsonaro, deputado federal José Medeiros (foto), está pegando carona num protesto, marcado para 15 de março, onde não deveria porque os seus atos não correspondem ao discurso, ao menos segundo sustentam seus adversários políticos. Contam que Medeiros foi um dos parlamentares que aprovaram o orçamento impositivo de R$ 30 bilhões, vetado pelo presidente. Eis que agora, ele próprio, defende a...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.