Jayme diz que PR tem que deixar ar condicionado e quer pesquisa interna

"Acordo é acordo, do mesmo jeito que se eu me sair melhor ele teria que me apoiar"

O senador Jayme Campos (DEM) afirmou durante entrevista ao Grupo RDNews nesta quarta (22) que pode abrir mão da sua candidatura ao Senado caso o deputado federal Wellington Fagundes (PR) tenha preferência em uma pesquisa interna. A proposta feita ao grupo dos 5 – PDT, PSB, DEM, PSDB e DEM – pode ser realizada caso o PR decida se juntar a coligação. Também estão próximos de aderir ao grupo o PV e PTB.

Conforme Jayme, como ambos são pré-candidatos ao Senado, quem obtiver o melhor resultado na preliminar é que deve concorrer na chapa majoritária junto com o senador e pré-candidato ao governo, Pedro Taques (PDT). “Acordo é acordo, do mesmo jeito que se eu me sair melhor ele teria que me apoiar”, observa Jayme.

Rodinei Crescêncio

Jayme Campos, senador

Senador Jayme Campos (DEM) durante entrevista à jornalista Talita Ormond no RDTV nesta 4ª

Apesar de ainda depender da decisão do PR, que é da base governista (PMDB, PR, PT, PSD, PP, Pros e PC do B), mas flerta com a oposição, a pesquisa qualitativa deve ser feita em março. O cacique democrata garante ainda que não teria nenhum problema em abrir da reeleição. Neste ano, ele encerra o mandato de 8 anos como senador e ressalta que apoiaria o deputado republicano com o maior prazer. “Faço política de forma transparente, para somar, e eu sou amigo de Wellington”, reforça.

Por outro lado, o apoio dependeria da atuação do PR já que o partido teria que largar o osso e deixar no comando de 5 secretarias da gestão do governador Silval Barbosa (PMDB). "Observa que PR ficou 8 anos no governo de Blairo Maggi e mais 4 anos na administração de Silval. “Quer pegar carona em todos os ônibus que passam e sentar com ar condicionado?” compara o senador. 

A situação atrapalharia o discurso e desconstruiria a política de oposição de Taques e poderia gerar contradições e rusgas dentro do grupo. Para ele, o senador pedetista não pode estar com “um pé lá e um pé cá”. “Onde fica a nossa palavra diante da sociedade mato-grossense”, questiona. 

Wellington, que é presidente estadual do PR, disse ao RDNews que a possível aliança com o PDT depende da conversa que o senador Blairo Maggi (PR) terá com a presidente Dilma Rousseff (PT) nos próximos dias. Só então, a sigla decidirá se vai para o grupo dos 5 ou se fica na base aliada com o grupo dos 7. 

Íntegra da entrevista do senador Jayme Campos ao RDTV

MDB em clima de racha em Tangará

joao jose 400 curtinha   Em Tangará da Serra, o MDB enfrenta racha. O prefeito Fabio Junqueira, com apoio de filiados históricos, quer lançar à sucessão municipal o seu secretário de Infraestrutura e antigo gestor do Serviço de Água e Esgoto, Wesley Lopes Torres, sobrinho do ex-vereador Daniel...

Advogados disputam cadeira no TJ-MT

andre pozetti 400 curtinha   É extensa a lista de advogados que estão se movimentando, nos bastidores, para a cadeira vitalícia de desembargador do Tribunal de Justiça, sob indicação do Quinto Constitucional da OAB/MT. Caberá ao Colégio de Conselheiros da Ordem, composto por 33 advogados,...

Max insiste em ficar na 1ª Secretaria

max russi 400 curtinha   Max Russi (foto) ainda não desistiu de continuar na Primeira-Secretaria na próxima Mesa Diretora, mas, como possui menos apoio do que a emedebista Janaina Riva, deve mesmo ocupar outro posto, o de primeiro-vice-presidente. A eleição, que marcará a reeleição de Botelho na...

Deputados criticam membros da CCJ

elizeu nascimento 400 curtinha   Membros da CCJ da Assembleia, especialmente o presidente e o vice, respectivamente, Dilmar Dal Bosco e Sebastião Rezende, foram bastante criticados pelos colegas em sessão nesta quarta. Deputados como Thiago Silva, Wilson Santos e Elizeu Nascimento (foto) disseram que a Comissão, uma das mais...

Testemunhas pra protelar investigação

camila silva 400 curtinha   Os vereadores poconeanos Camila Silva (foto), do PP, e Ademir Zulli (PTB) usaram de uma estratégia jurídica para protelar, ao máximo, a conclusão dos trabalhos da recém-criada Comissão de Investigação e Processantes (CIP) para apurar denúncia de quebra de...

Luta de Misael e asfalto no Despraiado

misael galvao curtinha 400   O presidente da Câmara da Capital, Misael Galvão (foto), está comemorando uma vitória suada: a retomada das obras de pavimentação em toda extensão das ruas Afonso Pena e Oswaldo Correa, no bairro Despraiado. Ele fez várias indicações para...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.