Eleições 2014

Julio deixa vida pública para ministrar palestras e lança filho como sucessor

Ele não acredita que partido saia enfraquecido por não tê-lo como opção

Rodinei Crescêncio

julio-campos--fotos-ney-(9).jpg

Deputado Julio Campos deixa disputa eleitoral e lança filho como sucessor

Após 42 anos na vida pública, o deputado federal Júlio Campos (DEM) vai deixar a disputa nas urnas, mas, de imediato, lança o filho Julio Neto como seu sucessor à Câmara Federal. Cacique do DEM e recrutador de votos, o parlamentar não acredita que ao deixar de ser uma das opções para outubro, fará com que a sigla saia enfraquecida. “Não significa que vou sair de vez da vida política, mas não pretendo tentar ser deputado outras vezes”, ressalta.

Fora dos palanques, Júlio conta que daqui para frente pretende ministrar palestras, dar aulas sobre política em universidades e está à disposição do partido para novos projetos. “Meu tempo de eleições e de vida pública já acabou. Acredito que cumpri a minha missão tanto com o Executivo quanto com o Legislativo” avalia. Para Júlio chegou a hora de uma nova geração assumir a política e afirma que ele é o primeiro a incentivar o filho a seguir seus passos, além de aconselhar o mesmo a outros jovens.

O senador Jayme Campos também concorda que a força do partido continua sem a candidatura do irmão. “É indiscutível que nós dois somos liderança, mas há muitos grandes líderes de igual força, como Dilmar Dal Bosco e outros. Se o Júlio Campos mudar de ideia, certamente ele terá o meu apoio e do DEM”, salienta.

O DEM, tanto em Mato Grosso, quanto no cenário nacional perdeu força, principalmente com a criação de novas siglas, em especial o PSD, em 2011 e correu o risco de ser fundido com outro partido, como o PSDB. Agora, a sigla luta para manter a influência política. Em 2012, o Democratas elegeu 11 prefeitos, 4 a menos que em 2008 quando foram 15. Também emplacou 11 vice-prefeitos e só 125 vereadores. 

Jayme, contudo, minimiza o enfraquecimento da legenda. Segundo ele, são mais de 55 mil integrantes do partido em Mato Grosso e muitos deles ocupam ou já ocuparam cargos importantes nos últimos anos, como prefeitos, vereadores e secretários. “A saída de alguns não significa enfraquecimento do DEM. Continuamos firmes e fortes, como sempre”, garante.

Dilceu vê redução do tamanho do DEM em MT e defende fusão

Prorrogação de mandatos até 2022

Muitos prefeitos e vereadores já trabalham com a hipótese de ganharem mais dois anos de mandato, "esticando" o atual para 2022. O Senado está prestes a aprovar uma PEC para tornar coincidentes os mandatos eletivos. Nesse caso, mandato dos prefeitos, vice e dos vereadores, eleitos em 2016, teria duração de seis anos. E, a partir das urnas de 2022, as eleições passariam a ser gerais para presidente, governadores, prefeitos, senadores, deputados e...

"Cenário apocalíptico" e respiradores

z� do patio 400 curtinha   Um mês depois do escândalo sobre a compra e pagamento de quase R$ 4 milhões por 22 respiradores falsificados, o prefeito Zé do Pátio (foto), de Rondonópolis, tomou duas decisões, mas nenhuma delas no sentido de investigar eventuais falhas de servidor da...

Binotti, a popularidade e a oposição

luiz binotti 400 curtinha   O grupo político do hoje vice-governador Otaviano Pivetta, que comandou Lucas do Rio Verde por mais de duas décadas, terá dificuldades para reconquistar o comando local no pleito deste ano. O pré-candidato Marino Franz, que foi vice de Pivetta e depois prefeito, será o...

Um mês no Senado e com um projeto

carlos favaro 400 curtinha   Em um mês como senador, Carlos Fávaro (foto), oficialmente com 12 assessores, por enquanto, fez dois pronunciamentos da tribuna, não atua na relatoria de nenhuma propositura e apresentou um projeto, justamente o que pede socorro financeiro a um dos setores do agronegócio, o algodoeiro. Na...

Desagregador luta pra retornar à Ager

fabio calmon 400   Fábio Calmon (foto), que foi adjunto da Sinfra no Governo Taques e depois nomeado presidente da Ager-MT, não desiste da Agência, mesmo sabendo que ali se tornou uma pessoa non grata por uma série de situações. Foi carimbado de incompetente, burocrata, arrogante e desagregador. O governador...

Oportunismo e na defesa de Bolsonaro

niuan ribeiro curtinha 400   Niuan Ribeiro (foto), presidente do Podemos em MT, agora virou defensor do Governo Bolsonaro. Eis o que o vice-prefeito de Cuiabá escreveu no Instagram, em postagem acompanhada de sua foto, sobre o conteúdo da reunião ministerial de 22 de abril que expôs várias faces do governo. "Apesar...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.