Leitão se reúne com cúpula nacional para debater candidatura ao governo

Embora seja integrante do grupo que articula a viabilização da candidatura do senador Pedro Taques (PDT) ao Palácio Paiaguás, antes, o PSDB precisa debater, com o diretório nacional, a possibilidade de lançar o ex-secretário da Casa Civil, Maurício Magalhães, na gestão de Dante de Oliveira (falecido), como pré-candidato à sucessão do Governo Silval Barbosa (PMDB). Conforme o presidente da legenda no Estado, deputado federal Nilson Leitão, é necessário ouvir a cúpula nacional.

A reunião está agendada para esta quinta (13), em Brasília. Maurício se colocou à disposição do partido em dezembro passado, por meio de uma carta de intenção, na qual externou a sua vontade. O ex-secretário reclama, no entanto, que sua possível candidatura foi tratada com frieza pelos líderes da agremiação. Essa “indiferença” com sua candidatura, contudo, pode ser explicada pelo fato dele estar afastado do cenário político desde a morte de Dante. O ex-secretário foi braço direto do então governador.

De todo modo, Leitão garante que um possível aval para a pré-candidatura de Maurício não afetará a relação com o grupo de oposição (PDT, PSDB, PSB, DEM, PPS, PTB e PV) ao Palácio Paiaguás, encabeçada por Taques. “Maurício será uma nome dentre os possíveis candidatos. E dentro da aliança vamos discutir o melhor para o grupo”, enfatiza.

Reuniões 

A partir de agora, o grupo dos 7 vai começar as reuniões de cada partido para discutir nomes para as eleições deste ano. “Chegou à hora de tratar das resoluções”, enfatiza Leitão. Nesses encontros, segundo o tucano, os interessados nos cargos majoritários e a deputados federal e estadual poderão explanar as suas intenções. A realização dos encontros foi uma das decisões que os líderes dos partidos tomaram durante reunião na semana passada na Capital. Na oportunidade, ficou decidido que entre 20 e 30 de março será realizado um ato pró-Taques para lançar o nome do pedetista ao Governo.

Pré-candidato ao governo avalia atual gestão e diz que dívidas preocupam

Espólio político de Selma que não virá

otaviano pivetta 400 curtinha   O vice-governador e pré-candidato ao Senado, Otaviano Pivetta (foto), tem encampado um equivocado entusiasmo sobre possível espólio político de Selma Arruda. Mas a tendência, se insistir nessa tese, é de amargar uma tremenda frustração. Pivetta tem dito aos...

Beto decide em maio quem vai apoiar

beto farias 400 curtinha   O prefeito barra-garcense e empresário Beto Farias (foto), que conclui neste ano o segundo mandato consecutivo, não sabe ainda quem apoiar à sucessão municipal. E só tomará uma decisão em maio, já faltando dois meses para as convenções. Até...

Lucas impõe regras pra cortar energia

luiz binotti 400 curtinha   Em Lucas do Rio Verde, a Energisa está proibida de interromper o fornecimento de energia elétrica, mesmo por inadimplência, sem informar ao consumidor, por escrito e com antecedência de 15 dias, sobre a suspensão dos serviços. O projeto aprovado pelos vereadores se transformou na...

Cidinho declina do convite à suplência

cidinho 400 curtinha   O ex-senador e empresário Cidinho Santos (foto), do PL, declinou do convite para compor uma das suplências da chapa ao Senado de Otaviano Pivetta (PDT). Em princípio, ele havia aceitado ser o primeiro-suplente. Mas questões empresariais não permitem que neste ano Cidinho concorra a cargo...

Conselhos, o populismo e a reeleição

ze do patio 400 curtinha   Em Rondonópolis, o prefeito Zé do Pátio (foto), bastante conhecido pelo perfil populista, busca se apegar cada vez mais às massas. Até para inaugurar um posto de saúde, Pátio, estrategicamente, aproveita para criar, ali na comunidade, os chamados conselhos. Busca debater...

Educação Inclusiva no Nilo Póvoas

marioneide 400 curtinha   A Seduc, sob Marioneide Kliemaschewsk (foto), decidiu desativar a tradicional escola estadual Nilo Póvoas, que funcionava há 50 anos no bairro Bandeirantes, em Cuiabá, o que acabou gerando protesto de pais e alunos. O prédio agora vai abrigar o Centro de Referência em...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O governador Mauro Mendes acaba de encerrar o 1º dos quatro anos de mandato. Na sua opinião, como está indo a administração?

ótima

boa

regular

ruim

péssima

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.