PALÁCIO PAIAGUÁS

Maggi quer férias antes de tentar Senado; cúpula do PR apoia Silval

  O governador Blairo Maggi (PR) deixa o governo em 31 de março e deve tirar férias de 20 dias para descansar, refletir e somente depois voltar a atuar nos bastidores da política. A informação é do presidente do PR, deputado federal Wellington Fagundes. “Maggi vai tirar férias para descansar. Enquanto isso, nos comprometemos a dar todo o suporte para Silval (Barbosa)”, conta o republicano. Silval assume o Paiaguás com uma missão intensa e árdua. Terá de fazer a transição, reorganizar o staff, dar continuidade às ações de Maggi e, de quebra, lutar para se eleger governador neste ano. Será mesmo uma prova de fogo, mas Wellington crê que ele está preparado. 

  Mesmo sabendo que os meses que Silval comandará o Paiaguás serão decisivos para muitos eleitores que poderão fazer o chamado “test drive”, o presidente do PR acredita que peemedebista não será avaliado apenas pelo período que ficará na cadeira de Maggi, mas também por sua história política. Ele é vice-governador e já ocupou os cargos de deputado estadual e prefeito de Matupá, região Norte do Estado. “Silval será julgado pela vida dele”, enfatiza Wellington. Apesar de sonhar com vitória de Silval logo no primeiro turno, o presidente do PR é cauteloso ao comentar o franco crescimento do peemedebista nas intenções de voto.

  Revela que a expectativa do grupo era de que Silval tivesse entre 22% a 25% das intenções de voto e comemora o fato de alguns institutos já o apontarem com 28%. “Esse crescimento nos surpreende, mas o interessante é ir crescendo aos poucos. O pior é estar lá em cima e deixar cair", analisa Wellington. Além de Silval, já se lançaram como pré-candidatos ao Paiaguás o prefeito de Cuiabá Wilson Santos (PSDB) e o empresário Mauro Mendes (PSB).

Reconhecimento de um governo ruim

pedro taques 400   Pedro Taques (foto) recorreu a uma observação feita pela mãe, professora Eda Taques, de que fora melhor senador do que governador. No horário eleitoral, o candidato ao Senado, agora pelo SD, menciona a frase da mãe para, em seguida, dizer que reconhece que sua atuação em...

Apoiado por deputados bolsonaristas

jose medeiros 400 curtinha   Um dos vice-líderes do Governo Bolsonaro na Câmara, o deputado José Medeiros (foto), do Podemos, vem recebendo apoio na disputa ao Senado de vários parlamentares bolsonaristas. O chamado núcleo duro do presidente no Congresso Nacional está com Medeiros, entre eles os deputados...

Justiça barra ficha suja em Poconé

clovis martins 400   A Justiça Eleitoral barrou em Poconé o ex-prefeito Clovis Damião Martins (foto), considerado ficha suja. Está inelegível por oito anos. Filiado ao PTB, ele foi condenado pelo TCU por irregularidade insanável que configura ato doloso de improbidade administrativa. Enquanto...

3 estão fazendo pesquisa em Cuiabá

Três institutos de pesquisa entraram em campo na capital nesta semana para levantar as intenções de voto para prefeito. São eles: Malujoa Comunicações, que geralmente divulga os resultados no site Olhar Direto; a Voice Pesquisas e Comunicação, do site Midianews; e Real Time Big Data. A Voice poderá tornar públicos os números apurados da pesquisa a partir de segunda (26), enquanto os outros dois estão autorizados...

Marino enaltece Leitão para o Senado

marino franz 400 curtinha   O empresário e ex-prefeito de Lucas do Rio Verde, Marino Franz (foto), anunciou apoio a Nilson Leitão (PSDB) para o Senado. Disse que conhece o candidato tucano de longa data, desde quando este foi prefeito de Sinop e assegura que Leitão é preparado, representa muito bem a região e o...

Magali de fora em General Carneiro

magali vilela 400   A ex-prefeita de General Carneiro, Magali Vilela (foto), que se lançou novamente à disputa ao Executivo, foi barrada pela Justiça. Teve o registro indeferido, já que está inelegível por ter sido condenada à suspensão de seus direitos políticos em...

MAIS LIDAS