Mauro diz que polêmica sobre ata é tentativa desesperada de adversários

O prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (PSB), avalia que a polêmica em torno da ata original referente à composição da chapada encabeçada pelo senador Pedro Taques (PDT) nas eleições de 2010 é uma tentativa desesperada dos adversários de prejudicar o projeto político do pedetista, que é pré-candidato a governador. “Se existe ou não algum problema, a Justiça certamente terá a capacidade de identificar”.

Embora garanta que desconheça detalhes do caso, o socialista garante que isso não tem a menor ligação com Taques. “Querer misturar uma coisa com a outra é querer misturar água com óleo, que em algum momento até parece que misturou, mas não tem absolutamente nada”, declara. O prefeito faz questão ainda de ressaltar que tem absoluta convicção de que o entrave não representa nenhum perigo à candidatura de Taques e, muito menos, a seu mandato.

O caso voltou à tona nas últimas semanas depois que o Pleno do TRE deferiu pedido do ex-deputado federal Carlos Abicalil (PT), em agravo instrumental, e determinou que a coligação Mato Grosso Melhor Pra Você apresentasse a ata original em até 48 horas. Acontece que o petista disputou o Senado em 2010 e não obteve êxito. Logo após o processo eleitoral ingressou com ação sob alegação de que o grupo teria fraudado documentos.

O empresário de Sinop, Paulo Fiuza, também reclama que houve uma troca no documento em relação à definição dos suplentes. Isso porque, com a desistência de Zeca Viana, hoje deputado, da primeira suplência, Fiúza deveria ocupar a vaga e não José Medeiros, conforme foi oficializado. O processo corre sob segredo de Justiça e há rumores pode resultar na perda do mandato do senador Pedro Taques. Neste caso, quem assume a vaga no Senado é Abicalil. A defesa do pedetista, entretanto, sustenta que essa possibilidade não existe. 

Eleições 

Paralelamente a briga judicial, Mauro Mendes adianta que o grupo de oposição continua dialogando com lideranças do PR. De acordo com ele, os republicanos estão cada vez mais próximos ao projeto Taques. Ele acredita que o partido, hoje da base governista, já percebe que o pedetista é o melhor nome para comandar o Estado. 

Apto, ex-prefeito vai disputar Chapada

gilberto mello 400 curtinha   O ex-prefeito de Chapada dos Guimarães, Gilberto de Mello (foto), contesta registro no Curtinhas, citando que ele estaria inelegível por responder a alguns processos e ter amargado condenações pela Justiça - saiba mais aqui. Filiado ao PL e disposto a ir à...

PT-Cuiabá sugere disputa ao Senado

bob pt 400 curtinha   Em resolução do diretório de Cuiabá, aprovada nesta quinta após discussões ampliadas, o PT municipal, presidido por Bob Almeida (foto), decidiu recomendar à Executiva Estadual o projeto de candidatura própria ao Senado. O documento dispara críticas tanto ao Governo...

Prefeituras agora pagam 27% de TIP

neurilan fraga 400 curtinha   A reforma tributária do governo estadual, aprovada pelos deputados, incluiu 27% de taxa de iluminação pública. Antes eram isentos. Com a cobrança do tributo, a conta de energia das prefeituras vai às alturas. A fatura de Cuiabá vencida em 28 de dezembro, por exemplo, foi...

Vereadores, Tapurah, reajuste e férias

odair tapurah vereador curtinha 400   Em Tapurah, no Nortão, com menos de 15 mil habitantes, seus nove vereadores iniciam o 2020 com salário reajustado em 4,48%, seguindo a tabela do INPC. Mesmo ainda em férias, eles vão receber já na folha de janeiro R$ 5,8 mil cada. No caso do presidente Odair César Nunes...

Vereador, reunião e apoio a músicos

diego guimaraes curtinha 400   Músicos e representantes da Prefeitura de Cuiabá sentaram à mesa nesta quinta, na Câmara Municipal, para tentar resolver impasse sobre horário de funcionamento e volume do som nos estabelecimentos e também estudar ajustes na lei do Disk-Silêncio. O presidente da...

Antes, durante e depois de Bolsonaro

wilson kero-kero 400 curtinha   O vereador pela Capital, Wilson Kero-Kero (foto), que era do SD e se filiou ao PSL em 2015, muito antes da chegada do hoje presidente Bolsonaro, vai aproveitar a janela de março e pular para o Podemos. Isso não quer dizer que ele deixará de defender o governo do capitão. Assegura que...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O governador Mauro Mendes acaba de encerrar o 1º dos quatro anos de mandato. Na sua opinião, como está indo a administração?

ótima

boa

regular

ruim

péssima

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.