Eleições 2010

MCCE não crê em muitas mudanças com minirreforma

Vilson Nery é advogado do MCCE e quer mais mudanças   A minirreforma eleitoral aprovada em 2009 pelo Congresso vai permitir que as eleições deste ano sejam mais abertas e transparentes. Os candidatos podem usar mais ferramentas de internet. Agora, além dos sites pessoais, também poderão ser usados sites de relacionamento (Orkut e Facebook), além de blogs e miniblogs (Twitter). No entanto, terão que ter espaço para direito de resposta. Outra novidade é a garantia de maior participação feminina. Elas têm a garantia de 30% das vagas e as siglas podem usar até 5% do Fundo Partidário para a capacitação das candidatas, que também terão mais tempo no horário eleitoral.

   O advogado do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE), Vilson Nery, avalia que as mudanças não foram essenciais. Para ele, elas foram poucas e não atingiram o ponto mais importante, que é a obrigação da participação no pleito somente de candidatos com a “ficha limpa”, principalmente sem nenhuma mancha no passado por conta de improbidade administrativa.

   Mas outras mudanças já se avizinham por aí. No início de fevereiro, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Ayres Britto, promove audiências públicas com partidos e OAB para propor resolução dentro da minirreforma. De acordo com a proposta, as regras de financiamento de campanhas mudam para impedir que candidatos recebam doações ocultas. Diferente do que ocorre hoje, a ideia é que as legendas recebam doações de pessoas físicas feitas com cartão de crédito e pela internet. Assim, seria possível conseguir maior transparência, uma vez que devem ser especificadas quais campanhas receberam repasses financeiros, tanto de pessoas jurídicas quanto físicas, e quais os nomes das empresas doadoras. As doações podem ser só de até 10% dos rendimentos brutos obtidos pelo eleitor no ano anterior à disputa nas urnas. Também não será permitido o uso de cartões de crédito emitidos no exterior, empresariais ou corporativos.

   As mudanças foram propostas porque o TSE entende que a estratégia de usar doações ocultas é uma forma de fachada para as empresas não terem seus nomes ligados aos candidatos e serem supostamente beneficiadas após as eleições. Na minirreforma eleitoral aprovada em 2009, o Congresso não proibiu essa forma de doação, mas o TSE encontrou um meio de coibir a prática com a edição das resoluções.

Romoaldo, prescrição e elegibilidade

romoaldo junior 400 curtinha   Assim como Wilson Santos, o deputado Romoaldo Júnior (foto) assegura que hoje também está elegível porque uma condenação de dois anos e três meses de prisão, inclusive com perda do mandato, acabou prescrita. Ele disse que ainda não sabe se disputará...

Juca quer ex-deputado no Gabinete

roberto nunes 400   O presidente do Legislativo cuiabano, vereador Juca do Guaraná, disse que irá convidar o ex-vereador, ex-vice-prefeito e ex-deputado estadual Roberto Nunes (foto) para assumir a Chefia de Gabinete da Presidência. Enfatiza que Roberto é bem articulado politicamente, tem habilidade e experiência e,...

Governo "desmama" senador do Dnit

wellington fagundes 400   O Governo Bolsonaro conseguiu, enfim, "desmamar" Wellington Fagundes (foto) do Dnit. Há décadas, entra e sai governo e o ex-deputado federal por seis mandatos (24 anos) e no cargo de senador desde 2015 vinha indicando apadrinhados no cargo de superintendente regional do Dnit em MT. O último foi Orlando...

Ex-deputado demitido de assessoria

luiz soares 400   O ex-deputado Luiz Soares (foto), hoje com 63 anos, foi exonerado do cargo de assessor parlamentar do contemporâneo Wilson Santos. Ganhava quase R$ 10 mil brutos. Estava lotado no gabinete do deputado tucano havia quase dois anos. Soares é pensionista do extinto Fundo de Assistência Parlamentar, ganhando...

Arsec concede reajuste; prefeito veta

alexandro adriano arsec 400   No último dia 22, a diretoria-executiva colegiada da Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos Delegados de Cuiabá (Arsec), presidida por Alexandro Adriano Lisandro (foto), aprovou índice de reajuste de 2,21% nas tarifas de água e esgoto. E...

Novo ensaio do privilegiado Neurilan

neurilan fraga 400   Neurilan Fraga (foto) transformou mesmo a AMM não apenas num cabide de emprego, mas numa entidade para, em alguns casos, atender a seus interesses pessoais. Ali, investido no cargo de presidente, inclusive já pelo quarto mandato, mesmo não sendo mais prefeito, ele se articula politicamente o tempo todo....

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.