RUMO ÀS URNAS

Mendes diz que só vai desistir se for traído por presidente da sigla

   Mauro Mendes (PSB) confirmou sua intenção de disputar o Palácio Paiaguás e descartou a possibilidade de desistir da disputa. Chegou a dizer que só não disputará o governo se for traído pelo presidente da sigla, deputado federal Valtenir Pereira (PSB). “Só não serei candidato se houver uma traição. Valtenir é um homem de palavra, decente e que não se vende. O mês de junho é que vai decidir isso”, afirmou o empresário, num recado ao colega de partido, que internamente defende apoio ao projeto político em torno de Silval Barbosa (PMDB). Esta não é a primeira vez que Mendes fala em traição. Horas antes das declarações de Mendes, Valtenir classificou as declarações do empresário como infelizes. "Não é na base da ameaça, força e da intimidação que se consegue as coisas", enfatizou o deputado federal. 

  Nesta segunda (7), durante a reunião da cúpula do partido com os presidentes dos diretórios municipais, Valtenir confirmou a existência de uma “angústia” com a fragilidade da aliança. Ele ressaltou não estar muito seguro do apoio do PDT e PPS à candidatura de Mendes devido a pressões e rachas internos. Ciente das declarações, o empresário apareceu na reunião acompanhado de uma “tropa de choque”, que tinha a missão de ratificar apoio a ele.

  Foram para o Hotel Veneza o pré-candidato ao Senado Pedro Taques (PDT), o presidente estadual do PPS Percival Muniz e o presidente estadual do PV José Roberto Stopa. “Minha candidatura é viável e tem causado medo nos meus adversários Silval Barbosa e Wilson Santos. Vou ser candidato e logo definiremos o nome do vice”, afirmou Mendes. Para dar mais força ao seu discurso, ele afirmou a jornalistas que conversou nesta segunda com o secretário-geral do PSB Carlinhos Siqueira, que também ratificou o apoio da sigla ao seu nome. “O sonho de todo partido é ter um candidato ao governo. Tenho certeza que estou preparado para isso e tenho a maturidade necessária para assumir esse papel”.

Jayme incomodado com Flávio em VG

jayme campos 400 curtinha   A candidatura a prefeito de Várzea Grande do empresário Flávio Frical (PSB), principal aposta da oposição, passou a incomodar a família Campos, que apoia o ex-vereador Kalil Baracat, concorrente ao Executivo pelo MDB. Em uma noite que seria de festa, em comemoração...

Acordo com Euclides partiu de Allan

allan kardec 400   Otaviano Pivetta, vice-governador licenciado por 30 dias para cuidar de problemas de saúde, disse que nada tem a ver com o tal acordo "costurado" pelo presidente regional do PDT, deputado Allan Kardec (foto), com Euclides Ribeiro, candidato a senador pelo Avante. Explica que só apresentou Euclides para Allan e...

Família Maia tenta retomar o poder

martha maia 400   O ex-prefeito de Alto Araguaia por quatro vezes, Maia Neto, não entrou na disputa de novo ao Executivo, mas lançou a irmã Martha Maia (foto), cuja filha Sylvia Maia é vereadora. Filiada ao PP, Martha entra como principal candidata da oposição ao prefeito Gustavo Melo, que vai à...

Welinton fará grande ato em Barra

welinton marcos 400 curtinha   Welinton Marcos (foto) lança sua candidatura a prefeito de Barra do Garças, na segunda (28), em um grande ato. Mesmo pelo sistema drive-in, devido à necessidade de adotar medidas sanitárias contra a Covid-19, são esperadas na solenidade cerca de mil pessoas, num espaço amplo,...

Irmão de Riva está na disputa em Juara

priminho riva 400 curtinha   O irmão do ex-deputado José Riva, Priminho Riva (foto), filiado ao PL, será mesmo candidato a prefeito em Juara, posto já ocupado por ele por duas vezes (1997/2004). Priminho pertence a uma famíliade políticos. Além de Riva, que foi prefeito e deputado, é...

PSB deve ficar fora da aliança de EP

max russi curtinha 400   O PSB, presidido pelo deputado Max Russi (foto), pulou mesmo do barco de Emanuel Pinheiro. Deve formalizar apoio à candidatura de Roberto França ao Alencastro. O PSB não consta na lista oficial de siglas que estão com o prefeito, que busca à reeleição. Os 11 que estão...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.