Debate

Mendes pede para que não haja aglomeração durante o debate

Mauro Mendes (PSB)   Há três dias do primeiro debate na TV entre os candidatos ao Palácio Paiaguás, Mauro Mendes (PSB) se posiciona contrário ao espaço reservado para carros de som e cabos eleitorais. “Isso não contribui para democracia”, disse, ao tentar convencer o diretor de jornalismo da TV Cidade Verde, filiada à Rede Bandeirantes, José Roberto Amador, o Bebeto, a proibir a concentração dessas pessoas em frente a emissora que vai colocar um telão do lado de fora e fechar a rua durante o debate desta quinta (12), às 21h15. “Não contribui para grandiosidade do debate”, voltou a argumentar, lembrando de alguns incidentes, como o do cinegrafista da TV Record Eliseu Isaías, que em 2008, durante o debate dos candidatos à Prefeitura de Cuiabá, foi atingido no olho por disparos de chumbinhos efetuados por um policial militar que fazia a segurança em frente a emissora. “Isso não é bom para nós e nem para a televisão”.

   Candidato derrotado nas urnas pelo tucano Wilson Santos (PSDB) que se reelegeu prefeito da Capital em 2008 com 60,47% dos votos, Mendes, que teve 39,53% na época, se vê mais preparado para a disputa deste pleito. “A experiência contribui para melhor dimensão do profissional. Com certeza estou mais preparado não só para o debate como para administrar o Estado”, afirmou. “No debate não existe vencedor”, conclui Mendes, que não obteve sucesso em sua solicitação e terá que enfrentar a aglomeração em frente à emissora. 

   Mendes, Wilson Santos (PSDB), Silval Barbosa (PMDB) e Marcos Magno (Psol) devem aproveitar a oportunidade desta quinta para apresentar propostas e questionar um ao outro sobre temas polêmicos. Serão duas horas de "embate", em cinco blocos, com perguntas de quatro jornalistas da casa e mediado pela apresentadora Silvia Poppovic. O clima promete ser tenso.   

Câmara chama secretária para vaga

chico 2000 curtinha   Após a destituição de Ralf Leite (MDB) da vaga de Chico 2000 (foto), licenciado, por força de decisão judicial. a Câmara de Cuiabá convocou a primeira suplente Luciana Zamproni, para assumir mandato temporário no Legislativo.  Ela atua como secretária da...

PTB perdeu uns, mas ganhou outros

emanuelzinho 400   Em Várzea Grande, enquanto alguns militantes do PTB, puxados pelo secretário jaymista Silvio Fidelis foram para os braços do candidato a prefeito Kalil Baracat (MDB), que tem Hazama (DEM) de vice, militantes de outras legendas decidiram abraçar a candidatura do petebista Emanuelzinho (foto). São...

PT de Cuiabá passivo; ROO, autêntico

kleber amorim 400 curtinha   O PT de Rondonópolis se organizou melhor, mobilizou a militância, se tornando mais autêntico do que o núcleo petista de Cuiabá. Para se ter ideia, o partido, numa posição de coragem e levando preocupação ao prefeito Zé do Pátio, que tinha...

DEM é "suprapartidário" em Cuiabá

wilson santos, 400 curtinha   Para uns, o DEM de Cuiabá se tornou "suprapartidário". Para outros, um partido de aluguel. Além de não ter cabeça de chapa para prefeito, o partido do governador Mauro e dos irmãos Júlio e Jayme Campos enfrenta uma situação inusitada de concorrentes...

Diretório do Podemos-VG dissolvido

mara podemos curtinha 400   A direção estadual do Podemos, sob o deputado José Medeiros, destituiu o diretório municipal de Várzea Grande e anulou o encaminhamento para apoio a Kalil Baracat a prefeito. Agora sob comando provisório da professora Wilcimara Carnelós, a Mara (foto), que está na...

Silvio provoca debandada no PTB-VG

silvio fidelis 400 curtinha   Silvio Fidélis (foto), afilhado político de Chico Galindo e que se tornou fiel escudeiro da prefeita várzea-grande Lucimar Campos, de cuja gestão é secretário de Educação, provocou debandada geral no PTB local. Inconformado com a decisão de Emanuelzinho de...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.