RUMO ÀS URNAS

Não bato-boca com homem destemperado, reage Pivetta

Otaviano Pivetta   O deputado estadual e candidato a vice de Mauro Mendes (PSB), Otaviano Pivetta (PDT) preferiu não comentar as “ferrenhas” criticas feitas pelo colega de parlamento Adalto de Freitas (PMDB), o Daltinho. “ Não vou bater boca com um cara que vai parar na delegacia por ter agredido a mulher e é processado pela lei Maria da Penha. É um homem destemperado”, reagiu o pedetista, numa referência a uma briga entre Daltinho e sua ex-mulher dele, Lilian Karla, que o acusa de tê-la agredido fisicamente. Após o incidente ela ingressou com uma ação contra o parlamentar, que jura inocência. Os dois se separaram e hoje Lilian é candidata a Assembleia.

  Nesses últimos dias de eleição, o candidato ao governo Mauro Mendes (PSB) e pessoas ligadas a ele têm tecido duas críticas ao governador Silval Barbosa (PMDB). Daltinho, por sua vez, nesta segunda (20), saiu em defesa de Silval e resolveu atacar Mendes e Pivetta. Ele afirmou, por exemplo, que o pedetista não têm autoridade ou moral para criticar Silval, tendo em vista que o fato dele ter o nome envolvido no escândalo da Cooperlucas, que implicou num calote de R$ 200 milhões ao Banco do Brasil.

  “Acho oportuno lembrar que embora justifique que não foi diretor da Cooperlucas, os inquéritos apontam que grãos depositados na mencionada cooperativa foram entregues à Cooperativa Agropecuária e Industrial Luverdense, na época controlada por Pivetta”, atacou Daltinho – veja mais aqui. Não escondendo a irritação com as afirmações de Daltinho, Pivetta, se limitou a dizer que o peemedebista o ataca a mando do próprio Silval Barbosa devido a questões políticas.

  Ele pondera que devido ao "destempero" do peemedebista, prefere não rebater às acusações. “Não vou discutir ou bater boca. Certamente é um sujeito de recado”, reagiu. Apesar que não querer "rebater" Daltinho, Pivetta pondera que todos os envolvidos no caso Cooperlucas já foram condenados e que ele não tem nada a ver com o caso.

Um novo embate entre Diane x Adair

diane alves 400 curtinha   Adair José Alves Moreira, que vinha atuando na assessoria do vice-governador Otaviano Pivetta, decidiu mesmo concorrer de novo à Prefeitura de Alto Paraguai. Ele já foi prefeito por duas vezes. Adair será o principal nome da oposição à prefeita democrata Diane Alves (foto),...

Taques ofuscado e sob mira do MPE

pedro taques 400 curtinha   Pedro Taques (foto) achou que o recall dos tempos de senador e governador, ajudando-o a se posicionar de forma razoável nas pesquisas, bem antes do início da campanha, o manteria como favorito na corrida ao Senado. Ledo engano. Não levou em consideração o alto índice de...

2 caciques não disputam Alto Garças

roland trentini 400 curtinha   Após décadas de rixas, de campanhas ostentadoras, rachas e brigas eleitorais intermináveis em Alto Garças, os ex-prefeitos Rolando Trentini (foto) e Júnior Pitucha resolveram não mais concorrer ao Executivo. Mas, um deles segue se movimentando nos bastidores. Pela...

Um ex-prefeito inelegível em Poconé

clovis martins 400   Dificilmente o ex-prefeito petebista Clovis Damião Martins (foto) terá registro de candidatura a prefeito de Poconé deferido pela Justiça Eleitoral. O promotor de Justiça, Mário Anthero, já pediu impugnação do registro do petebista por inelegibilidades. Clovis, que...

Briga em Sinop entre Juarez e Dorner

juarez costa 400 curtinha   Em Sinop, a briga eleitoral caminha para tensão e acirramento entre o emedebista Juarez Costa (foto) e Roberto Dorner (Republicanos). Hoje, o ex-prefeito seria eleito, mas Dorner vem crescendo nas adesões, com ajuda do vice de sua chapa, ex-vereador Dalton Martini (Patriota). O apoio da prefeita Rosana...

França elegível; CNJ desatualizado

roberto franca 400 curtinha   O advogado Rodrigo Cirineu, que assumiu a assessoria jurídica da campanha a prefeito de Cuiabá de Roberto França (foto), assegura que o ex-prefeito está elegível. Explica que o cadastro de inelegibilidades do Conselho Nacional de Justiça, constantando ainda o nome de...