DIVERGÊNCIA

Percival perdeu na votação e PPS não está liberado, contrapõe Ivan

Ivan EvangelistaPercival Muniz   O vice-presidente da Executiva estadual do PPS, vereador Ivan Evangelista, chama o deputado estadual Percival Muniz, presidente regional, de mentiroso e ameaça denunciá-lo por infidelidade partidária. Segundo o vereador, as declarações feitas por Percival, de que o diretório regional tem liberdade para negociar o apoio à candidatura ao governo do empresário Mauro Mendes, não condizem com a decisão tomada em Brasília, nesta sexta (10), quando as executivas estaduais e nacional formataram a resolução do partido. Ivan garante que, entre as regras para as eleições deste ano, há a determinação de que a legenda suba no palanque de José Serra (PSDB), pré-candidato tucano à presidência da República. Com isso, em Mato Grosso o PPS estaria obrigado a apoiar o tucanato, do pré-candidato ao governo Wilson Santos, ex-prefeito de Cuiabá.

   A declaração de Ivan expõe as divergências internas no PPS. De um lado Percival afirma que a resolução partidária não restringe, em âmbito regional, a aliança com Mendes. “No nosso caso, já comunicamos nossa preferência e indicamos, inclusive, a data da reunião deliberativa no Estado”, disse - leia mais aqui. Na outra ponta, Ivan sustenta que o deputado desrespeita o PPS ao ignorar as regras. “Dizer que a nacional aprovou a aliança com Mauro Mendes é uma conversa fiada. Ele perdeu na votação e não está liberado a fazer o que bem entender. E mais, não me lembro de nenhum voto a favor dele”, reclamou Ivan para, em seguida avisar: “Se ele continuar com esse papinho, eu mesmo vou denunciá-lo por infidelidade partidária”.

   O vice-presidente da legenda aproveitou para criticar a caravana Mato Grosso Muito Mais, que reúne lideranças do PSB, PDT, PV, PPS e PRTB em visitas ao interior. “Esta gracinha que o Percival armou com Mauro Mendes tem que acabar. O presidente Percival não está respeitando o seu partido”, reclamou. O final do celeuma deve ficar mesmo para a convenção do PPS, que deve ocorrer entre 10 e 30 de junho. Se não houver acordo, restará à executiva nacional intervir no diretório de Mato Grosso.

Com Covid-19 e frequentando a AL

paulo araujo 400   O deputado Paulo Araújo (foto), do PP, está com reinfecção pelo Covid-19 e, mesmo assim, continua frequentando o prédio da Assembleia normalmente, como se não tivesse contaminado. Na primeira vez que foi infectado pelo vírus, também fez igual. Colegas parlamentares e...

2 abstenções e briga pela 4ª Secretaria

silvio favero 400   Dois deputados se abstiveram na eleição da Mesa Diretora da Assembleia desta terça cujo votação foi secreta. Nos bastidores, os comentários são de que as abstenções foram de Sílvio Fávero (foto), que se lançou à disputa e, sequer, teve...

Petista, incoerência e voto contrário

ludio cabral 400   O petista Lúdio Cabral (foto), daqueles parlamentares do morde e assopra, na tentativa de marcar posição, expõe cada vez mais suas incoerências em votação na Assembleia. Na sessão que antecedeu a eleição para a nova Mesa Diretora, provocada pela decisão...

Projeto sobre VI na Saúde está na AL

gilberto figueiredo 400 curtinha   Já está na Assembleia, para votação dos deputados, o projeto do governo que garante retomada do pagamento da verba indenizatória aos profissionais da Saúde que atuam na linha de frente do combate à Covid-19 nas unidades hospitalares, ambulatoriais e...

2 desembargadores vão para TRE-MT

carlos alberto tj 400 curtinha   O Pleno do Tribunal de Justiça define, na quinta (25), em votação secreta e por videoconferência, dois desembargadores que comporão os quadros de comando do TRE-MT pelos próximos dois anos. O ex-presidente do TJ, Carlos Alberto Alves da Rocha (foto), é um dos inscritos...

Primeira-dama pede retorno de auxílio

marcia_pinheiro_curtinha400 Primeira-dama de Cuiabá Márcia Pinheiro (foto), em visita à sede do Rdnews e entrevista ao Rdtv, pede que a bancada federal de MT se mobilize e vote favorável ao retorno do pagamento do auxílio emergencial às famílias em situação de vulnerabilidade. Márcia...