Eleições 2010

Posso pedir votos para reeleição de cabeça erguida, diz Malheiros

   Candidato à reeleição, o deputado estadual João Malheiros (PR) disse em entrevista à Rádio Cidade que, por ter a convicção de ter cumprido seu dever na Assembleia, pode pedir votos de cabeça erguida. “Fizemos tudo o que prometemos em campanha. Nós cumprimos fielmente todos os nossos compromissos. Em todos os locais que passamos, vendo aquilo que era anseio da população e o que poderíamos dizer que faríamos se eleito, nós fizemos”, destacou.

   Representante da Baixada Cuiabana, ele ainda conta com o apoio dos eleitores do Vale do Araguaia para tentar seu terceiro mandato no Legislativo estadual. De acordo com o deputado, a maioria de suas emendas foi destinada à região.“O que eles tinham era falta de carinho, falta de entendimento, não como um vale dos esquecidos, mas como uma região que pode ajudar e dar muitas oportunidades a Mato Grosso”, comentou sobre o fato de ter sido um dos deputados mais bem votados nos municípios da localidade.

   “Conseguimos essa façanha no Araguaia onde há um pensamento igual ao do cuiabano, visando a integração. No Norte do Estado temos mais dificuldade nesse sentido”, explicou. Ele também não espera conseguir votos dos rondonopolitanos. “Rondonópolis é nossa vizinha, mas a população de lá só vota nos candidatos do município”, justificou.

   Em relação ao seu colégio eleitoral, Malheiros defende que deve ter certa vantagem em relação aos candidatos que chegaram há pouco tempo na Capital, onde foi vereador por 4 mandatos. “Temos tentado fazer com que nosso mandato seja do povo mato-grossense como um todo, mas precisamos lutar e brigar pela nossa terra e isso significa, em primeiro lugar, lutar pela Baixada Cuiabana”, pontuou.

   O deputado ainda ressaltou que a escola mais estruturada de Cuiabá – Diva Hugueney - é resultado de uma emenda sua. No entanto, o maior motivo de seu orgulho é outro projeto: o que institui a data do aniversário de Mato Grosso. “Tem uma coisa que me enche de orgulho e que vai fazer com que eu passe pelo povo mato-grossense deixando uma marca que até a quinta geração vão lembrar que esse feito da comemoração do aniversário do Estado em 9 de maio, foi edificado por mim”, contou satisfeito.

PTB perdeu uns, mas ganhou outros

emanuelzinho 400   Em Várzea Grande, enquanto alguns militantes do PTB, puxados pelo secretário jaymista Silvio Fidelis foram para os braços do candidato a prefeito Kalil Baracat (MDB), que tem Hazama (DEM) de vice, militantes de outras legendas decidiram abraçar a candidatura do petebista Emanuelzinho (foto). São...

PT de Cuiabá passivo; ROO, autêntico

kleber amorim 400 curtinha   O PT de Rondonópolis se organizou melhor, mobilizou a militância, se tornando mais autêntico do que o núcleo petista de Cuiabá. Para se ter ideia, o partido, numa posição de coragem e levando preocupação ao prefeito Zé do Pátio, que tinha...

DEM é "suprapartidário" em Cuiabá

wilson santos, 400 curtinha   Para uns, o DEM de Cuiabá se tornou "suprapartidário". Para outros, um partido de aluguel. Além de não ter cabeça de chapa para prefeito, o partido do governador Mauro e dos irmãos Júlio e Jayme Campos enfrenta uma situação inusitada de concorrentes...

Diretório do Podemos-VG dissolvido

mara podemos curtinha 400   A direção estadual do Podemos, sob o deputado José Medeiros, destituiu o diretório municipal de Várzea Grande e anulou o encaminhamento para apoio a Kalil Baracat a prefeito. Agora sob comando provisório da professora Wilcimara Carnelós, a Mara (foto), que está na...

Silvio provoca debandada no PTB-VG

silvio fidelis 400 curtinha   Silvio Fidélis (foto), afilhado político de Chico Galindo e que se tornou fiel escudeiro da prefeita várzea-grande Lucimar Campos, de cuja gestão é secretário de Educação, provocou debandada geral no PTB local. Inconformado com a decisão de Emanuelzinho de...

PTB tem 25 e deve eleger 2 à Câmara

misael galvao 400 curtinha   O PTB lançou 25 nomes a vereador em Cuiabá. E a tendência é de eleger entre um e dois. As maiores apostas são os seus próprios vereadores: Misael Galvão (foto) e Adevair Cabral, respectivamente, presidente e primeiro-secretário da Mesa Diretora da Câmara....

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.