Indefinição

PR repudia imposição de prazos para definir entre a situação e a oposição

 

Rodinei Crescêncio

emanuel_pr_interna.jpg

Deputado Emanuel Pinheiro está "revoltado" com pressão dos partidos em cima do PR para que tomem uma posição

O prazo que os partidos do bloco situacionista (PT, PMDB, PCdoB, PSD, PRB e Pros) estabeleceram para o PR definir se permanece no Governo ou migra para oposição encerra hoje (15). Os dirigentes da base esperam que os republicanos comuniquem a decisão na reunião marcada para as 19h30 a fim de os aliados apresentarem critérios para escolha do pré-candidato do grupo, hoje com 4 nomes: o ex-vereador por Cuiabá Lúdio Cabral (PT), o vice-governador Chico Daltro (PSD), o ex-juiz federal Julier Sebastião (PMDB) e o ex-prefeito de Água Boa Maurição Tonhá (PR).

Acontece que o secretário-geral do PR, deputado estadual Emanuel Pinheiro, afirma que a legenda não se submete a prazos nem aceita imposições de outras forças políticas. “Os únicos prazos que respeitamos são da legislação eleitoral. Ninguém impõe normas ao PR”, dispara.

Segundo Emanuel, o PR vai participar da reunião com os governistas para avançar nas discussões sobre possível aliança sem o compromisso de assumir em qual lado estará nas eleições de outubro. Para ele, os acordos serão firmados somente no final de junho, às vésperas das convenções.

A indefinição do PR impede o bloco situacioniosta de avançar na formatação da chapa majoritária já que os republicanos reivindicam vaga ao Senado para o deputado Wellington Fagundes. Entretanto, a candidatura a senador será  disputada por militantes de outros partidos aliados caso o PR opte por migrar para o grupo oposicionista liderado pelo senador Pedro Taques (PDT).  

Oposição 

O PR também recebeu do grupo de oposição formado por PDT, PSDB, DEM, PSB, PPS, PV e outras legendas prazo até 26 de maio para definir se muda de lado. Além disso, os republicanos precisam decidir se a mudança significa abrir mão dos cargos que ocupam no governo Silval Barbosa (PMDB).  

PSD reforça nome de Flávio em VG

selleman mathias 400 curtinha psd vg   Chamou a atenção a presença do presidente do diretório do PSD, em Várzea Grande, Selleman Mathias (foto), no lançamento da candidatura do empresário Flávio Vargas (PSB) à sucessão da prefeita Lucimar Campos, nesta quarta. Ao que tudo...

Selo Amiga dos Animais pra empresas

misael galvao 400 curtinha   A Câmara de Cuiabá, sob Misael Galvão (foto), vai conceder o selo Amiga dos Animais para 20 empresas. Até o final do ano será realizada uma sessão solene para condecorar representantes dessas empresas. E também estão previstos a entrega da Ordem do Mérito...

Fecomércio vai à AL por menos ICMS

jose wenceslau 400 curtinha   O presidente da Fecomércio, José Wenceslau Souza Junior (foto), revelou nesta quarta, numa live ao RDTV, tv web do portal Rdnews, que vai procurar os deputados para reabrir o debate sobre a pesada carga tributária praticada em MT. Ele recorda que no final de 2019, o governo estadual alardeava que...

Gestores multados por irregularidades

arivaldo 400 curtinha   Dezenas de prefeitos e ex-gestores estão sendo multados por não enviar ao TCE prestação de contas periódica, informações e documentos obrigatórios, o que é considerado falha grave. Arivaldo Medeiros de Santana (foto), prefeito de São José do Povo,...

O "pai" da destruição de documentos

jose riva 400 curtinha   Na sua delação premiada, o ex-presidente da AL, José Riva (foto), acusa o presidente do TCE, Guilherme Maluf, de ter sumido com provas que incriminavam deputados quanto ao uso de suprimentos de fundos e verba indenizatória. Só que para o MPE, foi o próprio Riva quem organizou um...

DEM dividido e quase no colo de EP

emanuel pinheiro 400 curtinha   Num almoço na casa do prefeito Emanuel Pinheiro (foto), nesta quarta, lideranças da alta cúpula do DEM de Cuiabá e Várzea Grande discutiram possível apoio à reeleição do emedebista. Essa aproximação fere de morte o Palácio...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.