Eleições

Pré-candidato ao governo avalia atual gestão e diz que dívidas preocupam

O pré-candidato ao Governo Maurício Magalhães (PSDB) afirma que os próximos governadores terão dificuldades para reajustar as contas do Estado, especialmente devido aos empréstimos bilionários feitos pelo governador Silval Barbosa (PMDB), com vistas para as obras da Copa do Mundo deste ano. De acordo com o tucano, são R$ 3 bilhões referentes às novas dívidas. “Isso é muito preocupante”.

O endividamento, conforme avalia, “vai longe”, de forma que os próximos gestores terão que assumir os débitos. Por isso, pontua que a situação deve ser “fiscalmente reajustada”. Para ele, “não é que Mato Grosso piorou, mas continuou a crescer em uma velocidade menor nos últimos anos”.

Magalhães foi secretário de Administração e da Casa Civil na gestão do ex-governador Dante de Oliveira (PSDB), falecido em 2006. Ao comparar a administração da qual fez parte com a atual, observa que o líder tucano iniciou o mandato em um momento de crise na década de 90 e que teve força para enfrentar o período de provação.

“Conseguimos renegociar as dívidas e ele [Dante] fez questão de governar não como governador, mas sim como estadista, de forma que preparou o Estado para crescer de maneira sustentável, ter maior participação no PIB nacional e melhor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), além de ter preparado para ser o maior produtor de soja e de algodão”.

Diante disso, o pré-candidato garante que a política de Dante foi adotada por seus sucessores, mas sem transformações efetivas. De acordo com Magalhães, o tucano é responsável pela maior mudança institucional e estrutural e colocou o Estado do tamanho que deveria ser. “Outros governadores tiveram um verdadeiro céu de brigadeiro para governar”. Em contrapartida, não economiza críticas ao afirmar que os administradores posteriores a Dante pecaram no que diz respeito à gestão fiscal. Não conseguiram, segundo Magalhães, levar a proposta do líder tucano adiante, tornando a situação mais crítica por conta do endividamento cada vez maior. 

Como pré-candidato ao Governo, salienta que prefere não se aprofundar em críticas às gestões passadas. Por outro lado, assume que pretende avaliar os governos passados caso o PSDB confirme seu nome ao Palácio Paiaguás. Embora o partido faça parte do grupo de oposição encabeçado pelo senador e pré-candidato a governador, Pedro Taques (PDT), a decisão deve se dar após o Carnaval, durante reunião da Executiva estadual da sigla. O curioso é que o pré-candidato, após a morte de Dante, esteve afastado do cenário político, ressurgindo agora, em ano eleitoral. Além disso, o próprio partido tem tratado com "frieza" a sua pré-candidatura.

Ex-secretário de Dante diz que pré-candidatura foi recebida com frieza

Apto, ex-prefeito vai disputar Chapada

gilberto mello 400 curtinha   O ex-prefeito de Chapada dos Guimarães, Gilberto de Mello (foto), contesta registro no Curtinhas, citando que ele estaria inelegível por responder a alguns processos e ter amargado condenações pela Justiça - saiba mais aqui. Filiado ao PL e disposto a ir à...

PT-Cuiabá sugere disputa ao Senado

bob pt 400 curtinha   Em resolução do diretório de Cuiabá, aprovada nesta quinta após discussões ampliadas, o PT municipal, presidido por Bob Almeida (foto), decidiu recomendar à Executiva Estadual o projeto de candidatura própria ao Senado. O documento dispara críticas tanto ao Governo...

Prefeituras agora pagam 27% de TIP

neurilan fraga 400 curtinha   A reforma tributária do governo estadual, aprovada pelos deputados, incluiu 27% de taxa de iluminação pública. Antes eram isentos. Com a cobrança do tributo, a conta de energia das prefeituras vai às alturas. A fatura de Cuiabá vencida em 28 de dezembro, por exemplo, foi...

Vereadores, Tapurah, reajuste e férias

odair tapurah vereador curtinha 400   Em Tapurah, no Nortão, com menos de 15 mil habitantes, seus nove vereadores iniciam o 2020 com salário reajustado em 4,48%, seguindo a tabela do INPC. Mesmo ainda em férias, eles vão receber já na folha de janeiro R$ 5,8 mil cada. No caso do presidente Odair César Nunes...

Vereador, reunião e apoio a músicos

diego guimaraes curtinha 400   Músicos e representantes da Prefeitura de Cuiabá sentaram à mesa nesta quinta, na Câmara Municipal, para tentar resolver impasse sobre horário de funcionamento e volume do som nos estabelecimentos e também estudar ajustes na lei do Disk-Silêncio. O presidente da...

Antes, durante e depois de Bolsonaro

wilson kero-kero 400 curtinha   O vereador pela Capital, Wilson Kero-Kero (foto), que era do SD e se filiou ao PSL em 2015, muito antes da chegada do hoje presidente Bolsonaro, vai aproveitar a janela de março e pular para o Podemos. Isso não quer dizer que ele deixará de defender o governo do capitão. Assegura que...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O governador Mauro Mendes acaba de encerrar o 1º dos quatro anos de mandato. Na sua opinião, como está indo a administração?

ótima

boa

regular

ruim

péssima

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.