CONJECTURAS

Pré-candidatos ao Paiaguás fazem "mistério" antes de anunciar vice

   Os três principais pré-candidatos ao Palácio Paiaguás, Silval Barbosa (PMDB), Wilson Santos (PSDB) e Mauro Mendes (PSB), adiam o anúncio dos nomes dos candidatos a vice para a quarta (30), último dia para realização das convenções. O peemedebista, por exemplo, pode revelar quem vai compor com ele a chapa majoritária até mesmo após o dia 30 e não no dia da convenção, que acontece neste sábado (26). Ele prioriza as negociações com os aliados PT, PR e PC do B. Esses dois partidos, por sua vez, já disseram abrir mão da indicação do nome do pretenso vice para que a chapa tenha mais poder de barganha. Um convite chegou a ser feito à senadora Serys Marly (PT), que agradeceu, mas recusou a proposta. Na bronca com seu partido, ela chegou a anunciar apoio ao empresário socialista Mauro Mendes, adversário de Silval. Em seguida, o PMDB abriu conversação com o PP, que nega ter interesse na vaga.Há grande chance do peemedebista escolher uma pessoa da Baixada Cuiabana com o intuito de contrapor o fato de ser mais conhecido no interior.

   Wilson Santos promete noticiar seu vice exatamente no dia 30. Quanto ao nome, em princípio seria uma indicação do DEM. Vários nomes foram ventilados, entre eles o da esposa do senador Jayme Campos, Lucimar Sacri de Campos. Contudo, o PSDB, que tem como cabeça de chapa o ex-prefeito de Cuiabá, sinaliza abrir espaço para o PPS, como forma de atrair o partido. Diante dessa possibilidade, surge o nome do banqueiro e suplente de deputado federal, Eduardo Moura.

   Mendes também adia a comunicação, mesmo porque precisa antes resolver a “confusão” interna entre os partidos aliados. Apesar de divergências internas, lideranças do PSB, PDT, PPS e PV garantem manter o apoio e, portanto, ocupar a vaga na majoritária ao seu lado. O nome do presidente do PPS Percival Muniz chegou a ser jogado na roda de discussões, mas a ideia esfriou. O mesmo ocorreu com o presidente do PDT, Otaviano Pivetta, que logo depois das especulações descartou a possibilidade, declarando sua intenção de buscar a reeleição ou então tentar uma vaga na Câmara Federal.

   No mapa das candidaturas majoritárias também existe outros dois nomes. São eles: o procurador Mauro (PSol) e ainda o presidente do sindicato que representa os postos de combustíveis, o Sindipetróleo, Aldo Locatelli (PRB), cujos vices também são desconhecidos.

MPE vê prefeita de Torixoréu inelegível

ines 400 curtinha torixoreu   Para o Ministério Público Eleitoral, a prefeita de Torixoréu, Inês Mesquita Moraes Coelho (foto), que se lançou à reeleição pelo DEM, está inelegível. Numa ação de impugnação de registro de candidatura, o promotor...

Candidato amarga derrota na Justiça

adilson gon�alves 400 curtinha   O candidato a prefeito de Barra do Garças, delegado Adilson Gonçalves (foto), tentou, sem êxito na Justiça, censurar o Rdnews na publicação de matérias sobre o pleito eleitoral no município. Numa ação impetrada junto à...

Com certidão pra disputar 1ª suplência

dito lucas 400 curtinha   Filiado ao Podemos, Dito Lucas (foto), que entrou de última hora como primeiro-suplente da chapa ao Senado encabeçada por José Medeiros, assegura que vai apresentar novamente sua certidão junto à Justiça Eleitoral, de modo a provar que sua candidatura é legítima....

Um novo embate entre Diane x Adair

diane alves 400 curtinha   Adair José Alves Moreira, que vinha atuando na assessoria do vice-governador Otaviano Pivetta, decidiu mesmo concorrer de novo à Prefeitura de Alto Paraguai. Ele já foi prefeito por duas vezes. Adair será o principal nome da oposição à prefeita democrata Diane Alves (foto),...

Taques ofuscado e sob mira do MPE

pedro taques 400 curtinha   Pedro Taques (foto) achou que o recall dos tempos de senador e governador, ajudando-o a se posicionar de forma razoável nas pesquisas, bem antes do início da campanha, o manteria como favorito na corrida ao Senado. Ledo engano. Não levou em consideração o alto índice de...

2 caciques não disputam Alto Garças

roland trentini 400 curtinha   Após décadas de rixas, de campanhas ostentadoras, rachas e brigas eleitorais intermináveis em Alto Garças, os ex-prefeitos Rolando Trentini (foto) e Júnior Pitucha resolveram não mais concorrer ao Executivo. Mas, um deles segue se movimentando nos bastidores. Pela...