Justiça Eleitoral

Prefeito Pátio pode ser cassado por infidelidade, diz advogado

Advogado Lauro da Mata
O assessor jurídico da Câmara de Cuiabá, Lauro da Matta, assegura que o prefeito de Rondonópolis, Zé Carlos do Pátio (PMDB), pode perder o mandato se deixar de cumprir as orientações partidárias, como o apoio à pré-candidatura do vice-governador Silval Barbosa (PMDB) ao Palácio Paiaguás. “A fidelidade partidária não se resume apenas em determinar a cassação dos mandatos dos políticos que mudam de partido. Ela também surgiu como norma de conduta, de diretrizes partidárias, para os integrantes de qualquer legenda”, analisa o advogado.

   Segundo ele, o PMDB ou o Ministério Público podem pedir a cassação de Pátio sob o argumento de que o prefeito não segue as diretrizes definidas democraticamente pelos membros da legenda. “Partido político é uma instituição de interesse público, com previsão orçamentária da União, normas e leis definidas. Os direitos e deveres têm que ser observados pelos militantes”, observa.

   O imbróglio envolvendo a possibilidade de cassação de Pátio deve-se ao fato do gestor rondonopolitano declarar publicamente que pedirá votos para o prefeito de Cuiabá, Wilson Santos (PSDB), na corrida ao governo do Estado. O pré-candidato do PMDB na disputa, porém, é Silval Barbosa, que se indispôs com Pátio na eleição de 2008.

   Enquanto cogita-se a expulsão de Pátio do PMDB, aliados do prefeito consideram remota a possibilidade dele perder o mandato por justa causa, já que não há precedentes no país. Até o momento, apenas detentores de cargos proporcionais foram punidos com a cassação devido à chamada lei de infidelidade partidária. O TSE entende que o mandato pertence ao partido político.

   Caso a determinação do TSE seja estendida ao Executivo, haverá desdobramentos nas normatizações. Isto porque em Rondonópolis, por exemplo, a vice-prefeita Marília Salles é filiada ao PSDB. Como em tese o mandato pertence ao PMDB, ainda não há um entendimento sobre quem assumiria o comando da prefeitura caso Pátio perca o mandato. “Depois de instalar um processo formal de expulsão, com a notificação do prefeito e demais procedimentos necessários, o partido deverá recorrer à Justiça Eleitoral para reaver o cargo. Neste caso, o Judiciário tem a obrigação de dar uma resposta e, com isso, consolidar um entendimento sobre o assunto”, analisa o advogado.

Recuo do DEM e agora no Republicano

gabriel guilherme 400 curtinha   O DEM terá de excluir da lista de pré-candidatos a vereador pela Capital o nome do jovem Gabriel Guilherme (foto), de 22 anos. Ele optou por se filiar ao Republicano. Lotado na Assembleia como assistente da Secretaria de Orçamento e Finanças e filho do ortopedista Paulo Fonseca...

Galvan vai deixar PDT e ir pra o PRTB

antonio galvan 400 curtinha   Embora não tenha perdido de vistas o Aliança pelo Brasil, partido que está sendo criado por Bolsonaro, Antonio Galvan (foto), presidente da Aprosoja e que acabou levado à frigideira dentro do PDT em meio ao embate por tentativa de candidatura ao Senado, se mostra disposto a ingressar no...

"Pátio igual gato, comendo e miando"

jose medeiros 400 curtinha   O deputado José Medeiros (Podemos), vice-líder do Governo Bolsonaro na Câmara, disse que o prefeito Zé do Pátio, de Rondonópolis, está parecendo gato, comendo e miando, pois recebe recursos federais, inclusive de programas habitacionais e, mesmo assim, ainda alardeia nos...

Adair lançará ex-vice em Alto Paraguai

adair 400 curtinha   O ex-prefeito de Alto Paraguai, advogado emedebista Adair José Alves Moreira (foto), não vai disputar novamente, apesar da insistência do seu grupo. A tendência é de apoiar o seu ex-vice Luiz Figueiredo, com quem administrou a cidade de 2013 a 2016. Luiz também é do MDB e...

Deputado bolsonarista critica prefeito

claudinei deputado curtinha 400   O deputado Claudinei Lopes (foto), morador em Rondonópolis, ficou na bronca com o discurso populista do prefeito Zé do Pátio, para quem o povo nordestino votou em massa no PT e que não tem conseguido construir mais casas populares porque, diferente dos governos petistas, o presidente...

Sem Senado e tudo pela Mesa da AL

max russi curtinha 400   Presidente regional do PSB-MT, o deputado Max Russi (foto) tem participado das discussões para definição de candidaturas ao Senado, na suplementar de abril, mas não mais como pré-candidato. Seu desafio é outro. A prioridade é a busca da reeleição como...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.