Justiça Eleitoral

Prefeito Pátio pode ser cassado por infidelidade, diz advogado

Advogado Lauro da Mata
O assessor jurídico da Câmara de Cuiabá, Lauro da Matta, assegura que o prefeito de Rondonópolis, Zé Carlos do Pátio (PMDB), pode perder o mandato se deixar de cumprir as orientações partidárias, como o apoio à pré-candidatura do vice-governador Silval Barbosa (PMDB) ao Palácio Paiaguás. “A fidelidade partidária não se resume apenas em determinar a cassação dos mandatos dos políticos que mudam de partido. Ela também surgiu como norma de conduta, de diretrizes partidárias, para os integrantes de qualquer legenda”, analisa o advogado.

   Segundo ele, o PMDB ou o Ministério Público podem pedir a cassação de Pátio sob o argumento de que o prefeito não segue as diretrizes definidas democraticamente pelos membros da legenda. “Partido político é uma instituição de interesse público, com previsão orçamentária da União, normas e leis definidas. Os direitos e deveres têm que ser observados pelos militantes”, observa.

   O imbróglio envolvendo a possibilidade de cassação de Pátio deve-se ao fato do gestor rondonopolitano declarar publicamente que pedirá votos para o prefeito de Cuiabá, Wilson Santos (PSDB), na corrida ao governo do Estado. O pré-candidato do PMDB na disputa, porém, é Silval Barbosa, que se indispôs com Pátio na eleição de 2008.

   Enquanto cogita-se a expulsão de Pátio do PMDB, aliados do prefeito consideram remota a possibilidade dele perder o mandato por justa causa, já que não há precedentes no país. Até o momento, apenas detentores de cargos proporcionais foram punidos com a cassação devido à chamada lei de infidelidade partidária. O TSE entende que o mandato pertence ao partido político.

   Caso a determinação do TSE seja estendida ao Executivo, haverá desdobramentos nas normatizações. Isto porque em Rondonópolis, por exemplo, a vice-prefeita Marília Salles é filiada ao PSDB. Como em tese o mandato pertence ao PMDB, ainda não há um entendimento sobre quem assumiria o comando da prefeitura caso Pátio perca o mandato. “Depois de instalar um processo formal de expulsão, com a notificação do prefeito e demais procedimentos necessários, o partido deverá recorrer à Justiça Eleitoral para reaver o cargo. Neste caso, o Judiciário tem a obrigação de dar uma resposta e, com isso, consolidar um entendimento sobre o assunto”, analisa o advogado.

Governo "desmama" senador do Dnit

wellington fagundes 400   O Governo Bolsonaro conseguiu, enfim, "desmamar" Wellington Fagundes (foto) do Dnit. Há décadas, entra e sai governo e o ex-deputado federal por seis mandatos (24 anos) e no cargo de senador desde 2015 vinha indicando apadrinhados no cargo de superintendente regional do Dnit em MT. O último foi Orlando...

Ex-deputado demitido de assessoria

luiz soares 400   O ex-deputado Luiz Soares (foto), hoje com 63 anos, foi exonerado do cargo de assessor parlamentar do contemporâneo Wilson Santos. Ganhava quase R$ 10 mil brutos. Estava lotado no gabinete do deputado tucano havia quase dois anos. Soares é pensionista do extinto Fundo de Assistência Parlamentar, ganhando...

Arsec concede reajuste; prefeito veta

alexandro adriano arsec 400   No último dia 22, a diretoria-executiva colegiada da Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos Delegados de Cuiabá (Arsec), presidida por Alexandro Adriano Lisandro (foto), aprovou índice de reajuste de 2,21% nas tarifas de água e esgoto. E...

Novo ensaio do privilegiado Neurilan

neurilan fraga 400   Neurilan Fraga (foto) transformou mesmo a AMM não apenas num cabide de emprego, mas numa entidade para, em alguns casos, atender a seus interesses pessoais. Ali, investido no cargo de presidente, inclusive já pelo quarto mandato, mesmo não sendo mais prefeito, ele se articula politicamente o tempo todo....

Dobradinha no Podemos pela reeleição

claudinei 400 curtinha   Eleito deputado na onda Bolsonaro, o delegado de Polícia Claudinei de Souza Lopes (foto) resolveu deixar o PSL e vai se abrigar no Podemos. Sonha com a reeleição. Sua estratégia é trabalhar o que se chama de dobradinha eleitoral com o deputado federal José Medeiros, especialmente em...

Valtenir atrai lideranças para o MDB

valtenir pereira 400   Mesmo sem mandato eletivo, o ex-vereador pela Capital e ex-deputado federal Valtenir Pereira (foto) continua se articulando nos bastidores, agora pelo fortalecimento do seu partido, o MDB. Ele está convencendo algumas lideranças a se filiar na legenda emedebista. Dois líderes são prefeitos...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.