Eleição

PSDB vai priorizar proporcional para recuperar espaço perdido sem Dante

A baixa representatividade dos tucanos em cargos eletivos, reflexo da “consolidação” do governo petista à frente do país nos últimos 11 anos e da morte do líder Dante de Oliveira, obriga o PSDB em Mato Grosso lutar por mais espaço. Hoje a sigla possui apenas um deputado federal, Nilson Leitão, e um estadual, Guilherme Maluf. A prioridade será eleger deputados federais e estaduais, já que na majoritária a sigla apoia a candidatura ao Governo do senador Pedro Taques (PDT). Ao Senado, por sua vez, os tucanos não têm nenhum nome forte que se proponha a disputar o posto.

Com vistas à Câmara Federal, o PSDB faz um balanço dos nomes que podem concorrer. Entre as opções, até agora, estão os nomes do atual vice-prefeito de Rondonópolis, Rogério Salles, da vice-prefeita de Cáceres, Eliene Liberato, do vereador por Barra do Garças e ex-presidente da Câmara, Júlio César, além da candidatura à reeleição de Leitão. Também figura como alternativa um vereador cuiabano da sigla, indefinido entre Ricardo Saad e Maurélio Ribeiro.

Salles é um dos que tem mais peso nesse cenário. Ele foi vice-governador tucano e assumiu o governo estadual em abril de 2002, substituindo o governador correligionário Dante de Oliveira, que deixou o mandato para se candidatar ao Senado. Em 2010, tentou ser deputado federal e obteve expressiva aceitação com 42.527 votos, mas ficou na suplência de Júlio Campos (DEM). Salles, contudo, já chegou a descartar possibilidade de entrar no páreo em 2014.

Assembleia

Para o Legislativo estadual, o diretório tucano vai buscar composições “Teremos candidatos a deputados estaduais de todas as regiões do Estado, e já fechamos praticamente a nossa chapa, com certeza esse período de reestruturação do PSDB dará resultados já nas eleições deste ano”, acredita Leitão, presidente estadual da legenda.

A intenção, no entanto, pode esbarrar no quociente eleitoral que este ano é de aproximadamente 70 mil votos e que precisam ser obtidos pelo candidato e/ou coligação. As opções com maior reconhecimento dentro da sigla são, além do deputado estadual Guilherme Maluf que tentará a reeleição, o suplente e presidente do diretório cuiabano do partido, Carlos Avalone, e o ex-prefeito de Cuiabá, Wilson Santos.

 O PSDB se destacava no cenário político do Estado no governo de Dante de Oliveira. À época, a sigla possuía a maioria dos prefeitos, mas quando Dante foi derrotado ao Senado, houve a migração de tucanos para outras siglas, pois ainda não existia a lei de fidelidade partidária, que impede essa prática atualmente, sob pena de perda de mandato. Agora em 2014, PSDB corre para retomar o espaço perdido ao longo dos anos.

PT-Cuiabá sugere disputa ao Senado

bob pt 400 curtinha   Em resolução do diretório de Cuiabá, aprovada nesta quinta após discussões ampliadas, o PT municipal, presidido por Bob Almeida (foto), decidiu recomendar à Executiva Estadual o projeto de candidatura própria ao Senado. O documento dispara críticas tanto ao Governo...

Prefeituras agora pagam 27% de TIP

neurilan fraga 400 curtinha   A reforma tributária do governo estadual, aprovada pelos deputados, incluiu 27% de taxa de iluminação pública. Antes eram isentos. Com a cobrança do tributo, a conta de energia das prefeituras vai às alturas. A fatura de Cuiabá vencida em 28 de dezembro, por exemplo, foi...

Vereadores, Tapurah, reajuste e férias

odair tapurah vereador curtinha 400   Em Tapurah, no Nortão, com menos de 15 mil habitantes, seus nove vereadores iniciam o 2020 com salário reajustado em 4,48%, seguindo a tabela do INPC. Mesmo ainda em férias, eles vão receber já na folha de janeiro R$ 5,8 mil cada. No caso do presidente Odair César Nunes...

Vereador, reunião e apoio a músicos

diego guimaraes curtinha 400   Músicos e representantes da Prefeitura de Cuiabá sentaram à mesa nesta quinta, na Câmara Municipal, para tentar resolver impasse sobre horário de funcionamento e volume do som nos estabelecimentos e também estudar ajustes na lei do Disk-Silêncio. O presidente da...

Antes, durante e depois de Bolsonaro

wilson kero-kero 400 curtinha   O vereador pela Capital, Wilson Kero-Kero (foto), que era do SD e se filiou ao PSL em 2015, muito antes da chegada do hoje presidente Bolsonaro, vai aproveitar a janela de março e pular para o Podemos. Isso não quer dizer que ele deixará de defender o governo do capitão. Assegura que...

Entrevistando uma aliada vitimizada

dito lucas 400 curtinha   Selma Arruda aceitou gravar entrevista para o programa Roda de Conversa, apresentado por Dito Lucas (foto) e que estreia hoje à noite, na TV Gazeta de Cuiabá, desde que fosse em sua casa, em Chapada dos Guimarães. E assim foi feito. A senadora cassada ficou bem à vontade para falar o que quis....

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O governador Mauro Mendes acaba de encerrar o 1º dos quatro anos de mandato. Na sua opinião, como está indo a administração?

ótima

boa

regular

ruim

péssima

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.