Eleições 2010

PSDB vai vencer forças políticas e econômicas em MT, diz Guerra


Antero Paes de Barros,Marisa Serrano, Arthur Virgílio, presidente do PSDB Sérgio Guerra, deputada federal Thelma de Oliveira e o secretário-geral do partido, Rodrigo Castro, avalizam pré-candidatura de Wilson Santos ao Paiaguás
Foto: Josinei Moreira

    O presidente da executiva nacional do PSDB, senador Sérgio Guerra, diz que acredita na vitória do partido na disputa pelo Palácio Paiaguás, tendo como candidato o prefeito da Capital Wilson Santos (PSDB) ou o senador Jayme Campos (DEM). Mesmo assim, pondera que para isso a sigla terá de vencer as forças políticas existentes e o poderio econômico delas. “Temos muita confiança na candidatura de Wilson. Ele tem o perfil adequado, assim como meu colega de parlamento Jayme Campos”, afirmou Guerra, durante entrevista coletiva a jornalistas no Hotel Palace Mato Grosso, instantes antes do início de um encontro com lideranças tucanas de todo o Estado.

   Além do presidente do PSDB, compareceram os senadores Arthur Virgílio, líder dos tucanos no Senado, Marisa Serrano (MS), primeira vice-presidente da executiva nacional, e o secretário-geral do PSDB e deputado federal Rodrigo de Castro (MG), que é tido como “braço-direito” do governador de Minas Gerais Aécio Neves. Ponderados, as lideranças reforçam que, por enquanto, o partido apenas se articula internamente e que nenhuma candidatura será imposta. Mesmo tendo apenas seis prefeitos e sete vice-prefeitos eleitos em 2008, os tucanos acreditam estar bem enraizados no Estado para assegurar a vitória. Segundo a presidente da sigla em Mato Grosso, deputada federal Thelma de Oliveira, hoje o PSDB tem 90 diretórios e 30 comissões especiais. Já o PSDB Mulher está presente em 15 cidades. “O partido se faz forte ao se interiorizar. Temos que conversar com os companheiros, discutir o que pensam. A eleição não será fácil, mas vamos mostrar o nosso diferencial”, ressaltou Marisa.

   Sérgio Guerra, por sua vez, se mostra bastante animado. Acredita em vitória nos Estados de Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. “Estamos em uma posição privilegiada nas regiões Sul e Sudeste e vamos enfrentar duros embates no Nordeste e no Norte”, avalia Guerra. Já o presidenciável José Serra, governador de São Paulo, não deve participar, ao menos por enquanto, das reuniões partidárias. “Ele tem que resolver os problemas do governo. São Paulo vive uma situação delicada por causa das chuvas. Ele deve vir a Mato Grosso após a oficialização de sua candidatura em abril", diz Rodrigo Castro.

Romoaldo, prescrição e elegibilidade

romoaldo junior 400 curtinha   Assim como Wilson Santos, o deputado Romoaldo Júnior (foto) assegura que hoje também está elegível porque uma condenação de dois anos e três meses de prisão, inclusive com perda do mandato, acabou prescrita. Ele disse que ainda não sabe se disputará...

Juca quer ex-deputado no Gabinete

roberto nunes 400   O presidente do Legislativo cuiabano, vereador Juca do Guaraná, disse que irá convidar o ex-vereador, ex-vice-prefeito e ex-deputado estadual Roberto Nunes (foto) para assumir a Chefia de Gabinete da Presidência. Enfatiza que Roberto é bem articulado politicamente, tem habilidade e experiência e,...

Governo "desmama" senador do Dnit

wellington fagundes 400   O Governo Bolsonaro conseguiu, enfim, "desmamar" Wellington Fagundes (foto) do Dnit. Há décadas, entra e sai governo e o ex-deputado federal por seis mandatos (24 anos) e no cargo de senador desde 2015 vinha indicando apadrinhados no cargo de superintendente regional do Dnit em MT. O último foi Orlando...

Ex-deputado demitido de assessoria

luiz soares 400   O ex-deputado Luiz Soares (foto), hoje com 63 anos, foi exonerado do cargo de assessor parlamentar do contemporâneo Wilson Santos. Ganhava quase R$ 10 mil brutos. Estava lotado no gabinete do deputado tucano havia quase dois anos. Soares é pensionista do extinto Fundo de Assistência Parlamentar, ganhando...

Arsec concede reajuste; prefeito veta

alexandro adriano arsec 400   No último dia 22, a diretoria-executiva colegiada da Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos Delegados de Cuiabá (Arsec), presidida por Alexandro Adriano Lisandro (foto), aprovou índice de reajuste de 2,21% nas tarifas de água e esgoto. E...

Novo ensaio do privilegiado Neurilan

neurilan fraga 400   Neurilan Fraga (foto) transformou mesmo a AMM não apenas num cabide de emprego, mas numa entidade para, em alguns casos, atender a seus interesses pessoais. Ali, investido no cargo de presidente, inclusive já pelo quarto mandato, mesmo não sendo mais prefeito, ele se articula politicamente o tempo todo....

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.