PSOL quer procurador Mauro para disputar Assembleia, mas ele resiste

Marcos Magno é um dos defensores de que a sigla tenha alguém na Assembleia

procurador-mauro-(14).jpg

PSOL quer procurador Mauro para deputado estadual, mas ele resiste para continuar na majoritária

As convenções do PSOL, visando as eleições deste ano, irão começar em fevereiro. O partido vai colocar os nomes na mesa para montar a chapa pura na corrida do pleito, conforme o presidente municipal da sigla e candidato derrota das eleições de 2010, ao governo do Estado, Marcos Magno.  Até lá algumas correntes da agremiação irão tentar trabalhar o nome do procurador Mauro para concorrer uma vaga à Assembleia, “Apesar dele (procurador Mauro) não ser favorável a esta ideia”, ressalta o presidente.

O PSOL é uma sigla nanica, mas que, em toda campanha eleitoral, lança um candidato à majoritária, com discursos de oposição. A sigla nunca faz coligações e é “contra” todos os políticos que já ocuparam cargo eletivo, independente se são do PSDB, PT, PMDB etc.

O próprio Magno é um dos principais incentivadores dessa disputa a uma cadeira no Legislativo. “Essa questão já foi discutida nas eleições de 2010, quando o procurador acabou saindo à Senatória”, relembra. Um dos argumentos sustentado pelo presidente é que depois do grande número de votos que o procurador recebeu nas últimas eleições de 2010 e 2012, as chances de conseguir uma cadeira como deputado estadual e o PSOL ter representatividade são grandes.

Em 2012, por exemplo, o candidato à prefeitura de Cuiabá pela sigla, o procurador Mauro, ficou em terceiro lugar, com mais de 16,9 mil votos, ficando atrás apenas de Lúdio Cabral (PT) e Mauro Mendes (PSB). Já quando saiu ao Senado, em 2010, procurador Mauro obteve mais de 97, 9 mil votos, o que daria uma vaga no Legislativo, e ainda como o mais votado. O primeiro colocado, à época, foi o deputado estadual José Riva (PSD), com 93,5 mil.

Magno, no entanto, ressalta que o procurador resiste a essa hipótese pelo partido ter poucos nomes à disposição. “Do meu ponto de vista seria a melhor alternativo, porém, não decido sozinho”, enfatiza. Outra questão poderá influenciar são as manifestações que aconteceram em junho do ano passado, cujas principais reivindicações da população era a renovação política. Com isso, o nome do dirigente do PSOL pode ser um voto de “protesto” contra os nomes conhecidos que tentarão reeleição de deputado estadual.

Fazendo politicagem sobre Covid-19

rubia fernanda 400 curtinha   A tenente-coronel Rúbia Fernanda, pré-candidata ao Senado pelo Patriota, não só ignora medidas protetivas em relação à Covid-19, como isolamento social, mantendo agenda de visitas e reuniões, como passou a fazer politicagem com coisa séria. Numa...

Punição a 2 ex-presidentes da Câmara

haroldo curtinha 400   Apesar de ter julgado regulares as contas de gestão de 2016 da Câmara de Cuiabá, ano em que teve dois presidentes, o já falecido Júlio Pinheiro, entre janeiro e junho e, depois, Haroldo Kuzai (foto), de 20 de junho a 31 de dezembro, o conselheiro interino João Batista Camargo, em...

Guiratinga, frota sucateada e a farra

sinval vilela 400 curtinha   O vereador Sinval Vilela (foto), do DEM, disse que em Guiratinga, administrada por Humberto Domingos, o Bolinha, está havendo farra com dinheiro público. E lista descasos e atos de incompetência do prefeito. Conta que a prefeitura possui um caminhão pipa, mas está encostado no...

Verba a quem não tem litígio à União

emanuel pinheiro 400 curtinha   Apesar do governo estadual anunciar que está recebendo os R$ 359 milhões da União, essa verba oriunda do chamado Orçamento da Guerra (Emenda Constitucional 106) para ajuda no combate ao coronavírus só será liberada a partir do próximo dia 9 e para quem, seja...

Salgadinhos sim; caminhão pipa, não

humberto bolinha 400 curtinha   Em Guiratinga, o prefeito Humberto Domingos, o Bolinha (foto), resolveu homologar na última segunda, 1º de junho, processo licitatório para contratar uma empresa com vistas a fornecer salgadinhos nas 11 secretarias municipais. Vão ser gastos com salgados R$ 21,7 mil. No mesmo dia, Bolinha...

Nepotismo e demissão na gestão Pátio

leandro junqueira 400   Acuado pela notificação recomendatória do Ministério Público Estadual, o prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio, não teve outra saída senão exonerar a servidora Renata Castilho Moreno do cargo comissionado de gerente do Departamento de Engenharia e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.