Rumo às urnas

PT racha entre Lúdio e Julier, mas já tenta impedir crise igual a de 2010

Embora algumas lideranças minimizem a situação, o PT, assim como em 2010, vive racha interno, e os petistas buscam evitar que a briga partidária possa prejudicar o projeto político da sigla, que precisa montar um forte palanque em Mato Grosso para dar sustentação à presidente Dilma Rousseff (PT), que busca a reeleição. Hoje a cúpula está dividida entre dois pré-candidatos: Lúdio Cabral (PT) e o juiz federal Julier Sebastião da Silva, que precisa decidir se vai deixar ou não a magistratura para encarar as urnas.

Enquanto Lúdio já visita as cidades, se reúne com lideranças de outros partidos, especialmente o presidente do PMDB, Carlos Bezerra, Júlier também faz uma série de reuniões e tem reiterado a vontade em concorrer ao Palácio Paiaguás, caso tenha apoio. Recentemente, inclusive, o presidente do PT Willian Sampaio chegou a declarar que  havia 100% de chances de Julier se filiar ao PT e que, neste caso, Lúdio seria candidato a deputado federal. Depois, foi à vez de Ságuas sair em defesa de Lúdio. Segundo ele, os militantes do PT pedem Lúdio e seu nome está cada dia mais sendo lembrado pela população. “Ele (Julier) tem consciência de que encontrará um pré-candidato no partido”, diz Lúdio sobre o juiz.

Embora a proporção do racha, por enquanto, seja menor do que 2010, os petistas terão que ter muita sabedoria para não repetir o mesmo prato indigesto. À época a então senadora Serys Marly (hoje PTB) brigava pela reeleição enquanto o ex-presidente do PT, Carlos Abicalil, se mobilizava para viabilizar seu nome ao Senado. Abicalil levou a melhor, mas o partido se dividiu ao ponto de prejudicar ele e Serys, que recuou da majoritária e se candidatou a deputada federal. Ambos saíram derrotados e a briga se estendeu ao ponto de Serys quase ser expulsa da sigla e, posteriormente, se desfilar do PT.

Desta vez, há uma resolução interna que prioriza a pré-candidatura de Lúdio a governador, mas também possibilita e reforça a ida de Julier para o PT. Diante disso, o assunto ainda deve ser amplamente debatido. Por mais que reconheça a existência de dois lados dentro do partido, para Lúdio não existe hipótese alguma de haver brigas internas neste ano. “2010 serviu como aprendizado, as relações estão tranquilas”, afirma. O deputado estadual Alexandre César, por sua vez, lembra que o projeto político inicial da sigla era Julier e que continua sendo. De acordo com ele, Lúdio é plano B. “Agora, com o afunilamento do projeto, temos posicionamentos distintos”, diz e ressalta que o correligionário era para ser candidato a deputado federal. “Temos o privilégio de ter dois nomes”, completa.

Conjecturas

Paralela à briga petista, o grupo dos 9 (PMDB, PT, PR, PSD, PP, PCdoB, PROS, PRB e PSC) debate qual será o candidato da base governista ao governo. Sendo assim, Lúdio e Julier não tem apenas que convencer os petistas, mas também as outras siglas. Também se apresentaram como possibilidades Maurição Tonhá (PR) e o vice-governador Chico Daltro (PSD). Alguns ainda sonham com a possibilidade de lançar o senador Blairo Maggi (PR), que governou o Estado por dois mandatos. Nos bastidores, a informação é de que ele não estaria mais tão avesso a possibilidade.

Queda-de-braço em Alto Araguaia

gustavo melo 400 curtinha   O prefeito de Alto Araguaia, Gustavo de Melo (foto), enfrenta uma queda-de-braço com os vereadores. Recentemente, oito dos 11 parlamentares encaminharam ofício ao chefe do Executivo, inclusive com cópia para o MPE, considerando inoportuna, descabida e suspeita, neste momento de pandemia, fazer obra...

Estado amplia leitos de UTI no Sul

gilberto figueiredo 400 curtinha   O secretário estadual de Saúde Gilberto Figueiredo (foto) reclama, sem citar nome, da forma como a prefeitura rondonopolitana está encarando a pandemia da Covid-19. Mesmo o governo federal já tendo pago diárias antecipadamente e, inclusive por três meses, de 10 leitos de...

Briga inconsequente com Santa Casa

z� do patio 400 curtinha   Acuado pela consequência da falta de planejamento e de gestão, o prefeito Zé do Pátio (foto), de Rondonópolis, está numa luta descabida de tentar encontrar culpados pelo avanço da Covid-19 no município. A prefeitura não construiu, sequer,...

2 secretários acionados sobre compras

ozenira 400 curtinha   Os secretários municipais de Cuiabá, Luiz Antonio Possas de Carvalho (Saúde) e Ozenira Félix Soares (foto), de Gestão, têm 48 horas para prestar esclarecimentos sobre compras, sem licitação, de óculos de proteção e macacões destinados a...

Valdir, conta rejeitada e pedido negado

valdirzinho 400 curtinha   Valdir Pereira de Castro, o Valdirzinho (foto), prefeito de Santo Antonio de Leverger, ingressou com pedido de revisão no TCE sobre o parecer contra aprovação das contas de 2018. O Tribunal apontou uma série de irregularidades, entre elas registros contábeis incorretos, abertura de...

Stopa vira trunfo do prefeito Emanuel

jos� roberto stopa 400   Filiado histórico do PV, José Roberto Stopa (foto) se tornou espécie de trunfo do prefeito Emanuel Pinheiro. Se o emedebista resolver buscar a reeleição, o que seria o caminho natural, Stopa pode entrar na chapa como candidato a vice ou simplesmente ficar de fora do...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a administração Emanuel Pinheiro em Cuiabá

excelente

boa

regular

ruim

péssima

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.