Rumo às urnas

PT racha entre Lúdio e Julier, mas já tenta impedir crise igual a de 2010

Embora algumas lideranças minimizem a situação, o PT, assim como em 2010, vive racha interno, e os petistas buscam evitar que a briga partidária possa prejudicar o projeto político da sigla, que precisa montar um forte palanque em Mato Grosso para dar sustentação à presidente Dilma Rousseff (PT), que busca a reeleição. Hoje a cúpula está dividida entre dois pré-candidatos: Lúdio Cabral (PT) e o juiz federal Julier Sebastião da Silva, que precisa decidir se vai deixar ou não a magistratura para encarar as urnas.

Enquanto Lúdio já visita as cidades, se reúne com lideranças de outros partidos, especialmente o presidente do PMDB, Carlos Bezerra, Júlier também faz uma série de reuniões e tem reiterado a vontade em concorrer ao Palácio Paiaguás, caso tenha apoio. Recentemente, inclusive, o presidente do PT Willian Sampaio chegou a declarar que  havia 100% de chances de Julier se filiar ao PT e que, neste caso, Lúdio seria candidato a deputado federal. Depois, foi à vez de Ságuas sair em defesa de Lúdio. Segundo ele, os militantes do PT pedem Lúdio e seu nome está cada dia mais sendo lembrado pela população. “Ele (Julier) tem consciência de que encontrará um pré-candidato no partido”, diz Lúdio sobre o juiz.

Embora a proporção do racha, por enquanto, seja menor do que 2010, os petistas terão que ter muita sabedoria para não repetir o mesmo prato indigesto. À época a então senadora Serys Marly (hoje PTB) brigava pela reeleição enquanto o ex-presidente do PT, Carlos Abicalil, se mobilizava para viabilizar seu nome ao Senado. Abicalil levou a melhor, mas o partido se dividiu ao ponto de prejudicar ele e Serys, que recuou da majoritária e se candidatou a deputada federal. Ambos saíram derrotados e a briga se estendeu ao ponto de Serys quase ser expulsa da sigla e, posteriormente, se desfilar do PT.

Desta vez, há uma resolução interna que prioriza a pré-candidatura de Lúdio a governador, mas também possibilita e reforça a ida de Julier para o PT. Diante disso, o assunto ainda deve ser amplamente debatido. Por mais que reconheça a existência de dois lados dentro do partido, para Lúdio não existe hipótese alguma de haver brigas internas neste ano. “2010 serviu como aprendizado, as relações estão tranquilas”, afirma. O deputado estadual Alexandre César, por sua vez, lembra que o projeto político inicial da sigla era Julier e que continua sendo. De acordo com ele, Lúdio é plano B. “Agora, com o afunilamento do projeto, temos posicionamentos distintos”, diz e ressalta que o correligionário era para ser candidato a deputado federal. “Temos o privilégio de ter dois nomes”, completa.

Conjecturas

Paralela à briga petista, o grupo dos 9 (PMDB, PT, PR, PSD, PP, PCdoB, PROS, PRB e PSC) debate qual será o candidato da base governista ao governo. Sendo assim, Lúdio e Julier não tem apenas que convencer os petistas, mas também as outras siglas. Também se apresentaram como possibilidades Maurição Tonhá (PR) e o vice-governador Chico Daltro (PSD). Alguns ainda sonham com a possibilidade de lançar o senador Blairo Maggi (PR), que governou o Estado por dois mandatos. Nos bastidores, a informação é de que ele não estaria mais tão avesso a possibilidade.

Reunião pra debater viabilidade do VLT

wellington 400 curtinha   Após participar de uma reunião na Secretaria Nacional de Mobilidade Urbana, o senador Wellington (foto) revelou que no próxmo dia 10 vai ser realizado encontro com o secretário José Carlos Medalia e com integrantes do Governo de MT para discutir a viabilidade do VLT, cujas obras...

Estado reduz número de homicídios

alexandre bustamante curtinha 400   O secretário Alexandre Bustamante (foto), de Segurança Pública, está comemorando a redução do número de crimes em MT.  O Estado fechou 2019 com a menor taxa de homicídios dos últimos 10 anos. Nos 12 meses do ano passado foram contabilizados...

Acerto pra Pivetta se filiar ao Podemos

alvaro dias curtinha   Mais uma demonstração de que o senador Álvaro Dias (foto), líder do Podemos no Congresso, está ignorando a pré-candidatura ao Senado do seu próprio colega de partido, deputado José Medeiros. Álvaro já acertou com Pivetta apoio na disputa à...

Critério para definir candidatura em VG

fabio tardin 400 curtinha   O presidente da Câmara de Várzea Grande e filiado ao DEM, Fabinho Tardin (foto), sonha com a cadeira de prefeito, mas não tem apoio dos Campos para concorrer à sucessão municipal. Como Lucimar Campos não pode buscar o terceiro mandato seguidamente, o grupo liderado pelo senador...

Prefeito de Lacerda, projeto e derrota

alcino curtinha 400 pontes e lacerda   O prefeito de Pontes e Lacerda, Alcino Pereira Barcelos (foto), resolveu dar de ombro para a Câmara Municipal sobre um projeto de grande alcance social e perdeu feio na queda-de-braço. Contrariando a vontade do prefeito, os vereadores aprovaram a proposta, apresentada pelos colegas Pedro Vieira e...

MPE antes e depois de Maluf no TCE

jose antonio borges 400 curtinha   Antes, membros do MPE fizeram esforço para impedir a nomeação de Guilherme Maluf como conselheiro do TCE, sob argumento de que não detinha notório saber jurídico, contábil, econômico e financeiro e ainda carrega vários processos judiciais nos ombros....

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Sobre a senadora Selma Arruda, que teve mandato cassado por caixa 2 e abuso de poder econômico, você acha que ela foi...

ingênua

corrupta

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.