Eleições 2010

Rumo ao Senado, candidatos gastam 4 vezes o valor de 2006

Blairo Maggi (PR)    A previsão de gastos de campanha dos 7 candidatos a uma vaga no Senado no pleito deste ano é praticamente o quádruplo do valor apresentado pelos políticos que pleitearam a vaga em 2006. O total saltou de R$ 13,9 milhões para R$ 54 milhões. Os candidatos da coligação "Mato Grosso em Primeiro Lugar", Blairo Maggi (PR) e Carlos Abicalil (PT), são os que mais devem "torrar" dinheiro para realizar as campanhas. Cada um fez previsão de gastos de R$ 15 milhões.

Carlos Abicalil (PT)   O republicano, que figura em primeiro lugar nas pesquisas de intenção de voto, foi eleito governador em 2006, mas abriu mão do último ano de mandato para contemplar o vice Silval Barbosa (PMDB), que vai à reeleição, e encarar a briga pelo Senado. Já Abicalil registrou sua candidatura nesta segunda (5) junto ao Tribunal Regional Eleitoral após protagonizar uma verdadeira "guerra" contra a senadora Serys Marly (PT), que tentava obter a chance de tentar a reeleição. Após votação dos militantes, no entanto, o petista foi escolhido e fará uma campanha milionária.

   O ex-senador Antero Paes de Barros (PSDB) e o senador Jorge Yanai (DEM) também fizeram a mesma estimativa: R$ 7 milhões devem ser gastos individualmente. Os dois fazem parte da coligação "Jonas Pinheiro", encabeçada por Wilson Santos (PSDB). Em seguida está o ex-procurador da República Pedro Taques (PDT), que estima gastar R$ 6 milhões na campanha eleitoral deste ano. O pedetista nunca disputou qualquer cargo eletivo e enfrentou pressão para não viabilizar seu nome. Os mais "humildes" na briga por uma cadeira no Senado são Naildo Lopes (PV) e Mauro Lara (Psol), que apresentaram previsões de gastos de R$ 3 milhões e R$ 1 milhão, respectivamente. 

   Em 2006, Jayme Campos fez uma campanha vitoriosa rumo ao Senado. "Torrou" R$ 4 milhões, valor inferior ao apresentado por Rogério Salles, que acabou derrotado mesmo com a previsão orçamentária de campanha de R$ 5 milhões. Na ocasião, a então candidata Cleuza Leite fez a campanha mais "modesta" com apenas R$ 50 mil.  

 

Inaugurados 67 km de asfalto da 020

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro Mendes (foto) inaugurou nesta 5ª a pavimentação de 67,5 km da MT-020, entre Paranatinga e Canarana. Essa estrada faz parte do pacote de obras que foi retomado e já concluído nesta gestão. Foram investidos R$ 45 milhões do governo estadual. O...

Saggin critica "ditadura" e apoia Raye

paulo raye 400 curtinha   O empresário e advogado Sandro Saggin, que desistiu da candidatura a prefeito de Barra do Garças e agora apoia Paulo Raye (foto), do Pros, explica que em nenhum momento os diretórios estadual e nacional do Podemos, de cujo partido é filiado, encaminharam qualquer orientação aos...

Pode abandona Raye e pune Saggin

sandro saggin curtinha 400   Sandro Saggin (foto) amargou outra derrota em Barra do Garças. Inicialmente, seria candidato a prefeito pelo Podemos. Mas resolveu, por conta própria, levar o partido para uma coligação com partidos de esquerda que lançaram o ex-prefeito Paulo Raye, apoiado pelo PC do B, PT e Pros. A...

Ex-vereador recua para apoiar primo

divino 400 barra do bugres   Ex-vereador, ex-presidente da Câmara e empresário bem sucedido, Chico Guarnieri (PTB) não será candidato a prefeito de Barra do Bugres nas eleições deste ano. Guarnieri, que disputou a prefeitura em 2016, até ensaiou, mas recuou ao ver que o primo, pedetista Doutor Divino...

3 ex-prefeitos viram cabos eleitorais

percival muniz 400 curtinha   Dois candidatos de oposição em Rondonópolis têm ex-prefeitos como principais cabos eleitorais. O empresário Luiz Fernando, o Luizão (Republicanos), conta com apoio de Adilton Sachetti, que já comandou o município e perdeu na tentativa de reeleição, e...

3 candidatos competitivos em Sinop

roberto dorner 400   Apesar da "inflação" de candidatos a prefeito de Sinop, com cinco no páreo, a disputa tende a se acirrar mesmo entre o empresário Roberto Dorner (foto), do Republicanos e apoiado pela prefeita Rosana Martinelli (PL), o ex-prefeito e deputado Juarez Costa, que atraiu 10 partidos para o palanque, e o...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.