Sachetti se diz lisonjeado, mas alega que ainda é cedo para definir o vice


de Rondonópolis

.

adilton Sachetti

Adilton Sachetti é cotado para ser vice de Taques

O ex-prefeito de Rondonópolis Adilton Sachetti (PSB), em entrevista ao RDNews, disse que ficou orgulhoso por ter sido lembrado pelo senador Pedro Taques (PDT) como opção para o posto de vice-governador nas eleições deste ano. “Pessoalmente fiquei bastante lisonjeado por ter sido lembrado”, disse. Apesar de não esconder a empolgação, o socialista pondera que ainda não é o momento para se discutir nomes.

Pontua que agora o debate deve estar centrado na definição de ações que possam contribuir para o desenvolvimento do Estado.  O ex-prefeito cita como prioridades os problemas relacionados à logística, saúde e educação. “É necessário colocar para a sociedade como se vai agir daqui para a frente para que Mato Grosso possa se tornar um Estado mais desenvolvido e com melhor qualidade de vida para a população”, afirmou.

A possível indicação de Sachetti para o cargo teria provocado desconforto dentro do grupo dos 5 (DEM, PSDB, PPS, PDT e PSB). Acontece que o prefeito de Rondonópolis Percival Muniz (PPS) estaria se articulando para indicar a esposa e secretária de Educação Ana Carla Muniz para o posto. Nos bastidores, a informação é de que Taques não quer Ana Carla por questões financeiras. O nome de Sachetti teria surgido justamente porque o empresário poderá ajudar a angariar fundos e contribuir mais para o financiamento da campanha.

O socialista, por sua vez, disse que ainda é muito cedo para formar opinião e que pretende ouvir o que cada um dos partidos tem a dizer para chegar a uma conclusão definitiva sobre a coligação e candidatura. “Somente daqui a uns três meses é que vamos ter uma definição. Por enquanto, não adianta ficar especulando. Como eu disse, é preciso discutir sim o desenvolvimento do Estado. A partir das propostas dos possíveis candidatos é que a sociedade deve escolher o voto”, desconversa.

Taques pode ter Sachetti como vice

 

Prorrogação de mandatos até 2022

Muitos prefeitos e vereadores já trabalham com a hipótese de ganharem mais dois anos de mandato, "esticando" o atual para 2022. O Senado está prestes a aprovar uma PEC para tornar coincidentes os mandatos eletivos. Nesse caso, mandato dos prefeitos, vice e dos vereadores, eleitos em 2016, teria duração de seis anos. E, a partir das urnas de 2022, as eleições passariam a ser gerais para presidente, governadores, prefeitos, senadores, deputados e...

"Cenário apocalíptico" e respiradores

z� do patio 400 curtinha   Um mês depois do escândalo sobre a compra e pagamento de quase R$ 4 milhões por 22 respiradores falsificados, o prefeito Zé do Pátio (foto), de Rondonópolis, tomou duas decisões, mas nenhuma delas no sentido de investigar eventuais falhas de servidor da...

Binotti, a popularidade e a oposição

luiz binotti 400 curtinha   O grupo político do hoje vice-governador Otaviano Pivetta, que comandou Lucas do Rio Verde por mais de duas décadas, terá dificuldades para reconquistar o comando local no pleito deste ano. O pré-candidato Marino Franz, que foi vice de Pivetta e depois prefeito, será o...

Um mês no Senado e com um projeto

carlos favaro 400 curtinha   Em um mês como senador, Carlos Fávaro (foto), oficialmente com 12 assessores, por enquanto, fez dois pronunciamentos da tribuna, não atua na relatoria de nenhuma propositura e apresentou um projeto, justamente o que pede socorro financeiro a um dos setores do agronegócio, o algodoeiro. Na...

Desagregador luta pra retornar à Ager

fabio calmon 400   Fábio Calmon (foto), que foi adjunto da Sinfra no Governo Taques e depois nomeado presidente da Ager-MT, não desiste da Agência, mesmo sabendo que ali se tornou uma pessoa non grata por uma série de situações. Foi carimbado de incompetente, burocrata, arrogante e desagregador. O governador...

Oportunismo e na defesa de Bolsonaro

niuan ribeiro curtinha 400   Niuan Ribeiro (foto), presidente do Podemos em MT, agora virou defensor do Governo Bolsonaro. Eis o que o vice-prefeito de Cuiabá escreveu no Instagram, em postagem acompanhada de sua foto, sobre o conteúdo da reunião ministerial de 22 de abril que expôs várias faces do governo. "Apesar...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.