ESTADO

Serviço de Geologia desmente Silval sobre jazida e vê "chute"

Silval Barbosa (PMDB)   O anúncio precipitado do governo estadual daquilo que seria uma megajazida encontrada na serra do Caeté, em Mirassol D'Oeste, começa a ser considerado um evento político no momento em que o governador Silval Barbosa (PMDB) tenta sua reeleição. O enfoque sobre esta contradição foi destaque do jornal Valor Econômico. O peemedebista chegou a anunciar que, com a exploração do local descoberto, Mato Grosso passaria da condição de importador para exportador de minérios. De acordo com a publicação, o que poderia ter sido a confirmação de uma das maiores províncias minerais do mundo, acabou por ser desmentido pelo Serviço Geológico do Brasil (CPRM) do Ministério de Minas e Energia.

   Na última quarta, 1º de setembro, ao divulgar a descoberta de depósitos de fosfato e minério de ferro em Mirassol D'Oeste, Silval chegou a dizer que as jazidas eram o “pré-sal de Mato Grosso”. O depósito de ferro é estimado em 11 bilhões de toneladas, com teor de 41%, já o de fosfato tem cerca de 428 milhões de toneladas, com teor de 6%, que deixam o Estado como segundo colocado no país, perdendo apenas para Minas Gerais, cuja reserva é estimada em 1 bilhão de toneladas.

   Atualmente, Mato Grosso, que consome cerca de 610 toneladas de fosfato por ano, importa o nutriente, utilizado na fabricação de fertilizantes, de estados vizinhos e até de outro país, Israel. A jazida mato-grossense equivaleria a 700 anos do consumo do Estado.

   No entanto, ao Valor Econômico, a CPRM afirmou ter encontrado apenas teores positivos de ferro entre 30% e 40% e altos teores de até 6% em alfloramentos de fosfato. “Não temos esses dados e não podemos corroborar as afirmações do governo de Mato Grosso”, declarou o presidente da empresa pública, Agamenon Dantas, ao jornal.

   A reserva provocou confusão no Governo. O superintendente de Minas e Mineração da secretaria, Joaquim Moreno, admitiu que não é possível estimar o depósito de ferro e fosfato no Estado. "Eles estão certos em dizer que não é possível estimar. Não é uma jazida. É um depósito ainda", disse.

   Ainda segunda o jornal, uma fonte ligada à empresa GME-4, dona da área pesuiqsada e controlada pelo grupo Opportunity, afirmou que os números divulgados pelo governo são "chutes" e que houve um "evento político", já que as pesquisas ainda estão em fase inicial.

Patriota, vários evangélicos e cantor

oscemario daltro 400 curtinha   O nanico Patriota, hoje sem um assento na Câmara de Cuiabá, lançou chapa completa para vereador, com 38 nomes. E pode eleger até dois. A proporcional acaba se fortalecendo porque o partido tem cabeça de chapa ao Executivo, o ex-prefeito por dois mandatos Roberto França. Entre...

Colíder com 2 candidatos desgastados

jaiminho 400 curtinha   Em Colíder, duas figuras bastante desgastadas politicamente estão na disputa pelo Executivo, sendo o prefeito Noboru Tomiyoshi, que fechou aliança com apenas três partidos (DEM, PSD e SD), e o ex-prefeito Jaime Marques (foto), que concorre pelo PSC numa coligação que agrega DEM e...

PP com 25 a vereador projeta 3 vagas

orivaldo da farmacia 400 curtinha   O PP, da base aliada do prefeito Emanuel, conta com 25 candidatos a vereador pela Capital. Deve conquistar entre duas e três vagas. Os principais concorrentes são os já vereadores Orivaldo da Farmácia (foto), Marcrean Santos e Luis Cláudio, além do ex-vereador...

MPE vê prefeita de Torixoréu inelegível

ines 400 curtinha torixoreu   Para o Ministério Público Eleitoral, a prefeita de Torixoréu, Inês Mesquita Moraes Coelho (foto), que se lançou à reeleição pelo DEM, está inelegível. Numa ação de impugnação de registro de candidatura, o promotor...

Candidato amarga derrota na Justiça

adilson gon�alves 400 curtinha   O candidato a prefeito de Barra do Garças, delegado Adilson Gonçalves (foto), tentou, sem êxito na Justiça, censurar o Rdnews na publicação de matérias sobre o pleito eleitoral no município. Numa ação impetrada junto à...

Com certidão pra disputar 1ª suplência

dito lucas 400 curtinha   Filiado ao Podemos, Dito Lucas (foto), que entrou de última hora como primeiro-suplente da chapa ao Senado encabeçada por José Medeiros, assegura que vai apresentar novamente sua certidão junto à Justiça Eleitoral, de modo a provar que sua candidatura é legítima....