Serys espera consenso

.

ok_montagem_serys_jayme.jpg

Serys Marly deve "competir" com Jayme Campos, que busca a reeleição, por uma vaga no Senado

Mesmo que o PTB já tenha se posicionado no sentido de ter maior interesse em firmar aliança com os partidos oposicionista, que comporta o pré-candidato ao governo, Pedro Taques (PDT), a ex-senadora Serys Marly pondera que as discussões ainda estão abertas e que o jogo pode virar. A petebista reafirma o desejo da sigla de compor uma chapa com Taques, mas ressalta que o martelo ainda não foi batido. “O que temos conversado até agora é isso e esperamos que seja possível. Se não for, vamos tentar outras possibilidades”.

A ex-senadora também enfrenta outra questão. Na coligação formada pelo PDT, PSB, PPS, PV, DEM e PSDB, o senador Jayme Campos afirma que tentará a reeleição, projeto que esbarra nas intenções da petebista de tentar uma vaga no Senado. Quanto a isso, Serys admite que este pode ser um fator determinante em relação ao futuro da coligação e classifica como “dificuldade”, que precisa ser superada.

Ocorre que o DEM também ensaia deixar o arco de alianças do grupo de oposição sob o argumento de que estaria sendo preterido, uma vez que, além de Serys, o deputado federal Wellington Fagundes (PR), cujo partido pode se coligar com Taques, também é uma opção ao Senado. Neste cenário, haveria três candidatos ao Congresso Nacional numa mesma composição.

Se a tendência atual se confirmar, isto é, se o PTB firmar aliança com os partidos de oposição para estas eleições, Serys pode ter que enfrentar um desafio pessoal, tendo em vista que estaria contra o grupo de apoio à reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT), com quem mantém relação de proximidade. A petebista, porém, descarta qualquer problema desta natureza. “Nacionalmente o PTB está com a Dilma. Como isso se dará no Estado, ainda não sabemos. Espero que achemos uma saída. É uma presidente que tem problemas, mas que está respondendo positivamente”.

Racha no PT

Em 2011, Serys foi expulsa do PT sob a acusação de ter cometido infidelidade partidária na eleição de 2010. Isso porque rompeu com o ex-deputado Carlos Abicalil (PT), após ter perdido para ele as prévias que definiram o candidato do partido ao Senado. Serys, então, se recusou a fazer campanha para o correligionário.

Já em 2014, a história parece se repetir. Percebe-se a existência de um “racha” interno quando o assunto é definir quem deve ser o candidato da sigla a tentar o cargo de sucessão a Silval Barbosa (PMDB). Há divergências entre as lideranças se a melhor opção é o ex-vereador Lúdio Cabral ou o juiz federal Julier Sebastião. A ex-senadora, no entanto, evita comentar o assunto, mas faz objeções. “Hoje estou em outro partido, não cabe a mim avaliar. Se vai ter racha, não cabe a mim. O que faço são votos para que a história não se repita. Que as forças internas do partido não revivam 2010. É ruim para a sigla e para o processo”, avalia.

À época, além de Serys, Lúdio, um de seus apoiadores, também quase foi expulso do PT. A petebista, no entanto, afirma que o caso foi superado e que ainda, atualmente, mantém uma boa relação pessoal com o ex-vereador por Cuiabá. “Não só o Lúdio, tenho grandes amigos no partido. É uma base guerreira, de luta, de maior grandeza. O que existe são problemas na direção”.

França, convite do Pode e suspense

roberto franca 400 curtinha   Roberto França (foto), que exerceu vários mandatos eletivos, entre eles de vereador e de prefeito de Cuiabá, ficou empolgado com o convite para se filiar ao Podemos, inclusive com abertura para concorrer novamente ao Palácio Alencastro. Para evitar conflitos, antes de fazê-lo, o...

Neurilan critica Pivetta e faz campanha

otaviano pivetta 400 curtinha   Em discurso em Tangará da Serra, num evento promovido pela AMM que serviu de palanque eleitoral, Neurilan Fraga disparou críticas ao vice-governador Pivetta (foto), que também pretende concorrer ao Senado. Disse que Pivetta não aceita nem discutir o valor repassado hoje aos...

Evento da AMM para pré-candidatura

neurilan fraga 400   Neurilan Fraga (foto), que aproveita o trunfo de presidente da AMM para tentar projeção política, insiste na pré-candidatura ao Senado, mesmo com a filiação oficial ao PL fora do prazo exigido pela legislação, o que ensejará no indeferimento do registro. E...

Selma, carreata e "ciúmes políticos"

selma arruda 400 curtinha   Quem vê Selma Arruda (foto), senadora cassada por crimes eleitorais, e o ex-senador e federal José Medeiros afinados no Podemos, nem imagina que no pleito de 2018 ela optou por distanciá-lo motivada simplesmente por "ciúmes políticos". Selma carregava o slogan de "Senadora de Bolsonaro"....

Reunião pra debater viabilidade do VLT

wellington 400 curtinha   Após participar de uma reunião na Secretaria Nacional de Mobilidade Urbana, o senador Wellington (foto) revelou que no próxmo dia 10 vai ser realizado encontro com o secretário José Carlos Medalia e com integrantes do Governo de MT para discutir a viabilidade do VLT, cujas obras...

Estado reduz número de homicídios

alexandre bustamante curtinha 400   O secretário Alexandre Bustamante (foto), de Segurança Pública, está comemorando a redução do número de crimes em MT.  O Estado fechou 2019 com a menor taxa de homicídios dos últimos 10 anos. Nos 12 meses do ano passado foram contabilizados...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Sobre a senadora Selma Arruda, que teve mandato cassado por caixa 2 e abuso de poder econômico, você acha que ela foi...

ingênua

corrupta

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.