UCMMAT

Sucessão de Aluízio é acirrada; vereadores já buscam consenso

    As articulações para a eleição da nova Mesa Diretora da Ucmmat estão cada vez mais acirradas e a tendência é que candidatos "joguem a toalha". Enquanto o vereador pelo Vale do São Domingos Vanilton Ramos da Silva (PR), tem tentado formar uma chapa de consenso com Unírio Schirmer, o Ratinho (PR) e Marcos Júnior Mendonça, o Marquinhos (PTB), os dois últimos não abrem mão de encabeçar o grupo. Assim, se eles não se entenderem nos próximos dias, quando ocorrerá uma reunião, devem ser compostas pelo menos 2 chapas. A eleição ocorrerá em fevereiro.

   Tanto Ratinho, quanto Marquinhos, confirmam que foram procurados por  Vanilton, que também se articula para presidir a associação, mas, nos bastidores, não descarta a possibilidade de assumir outro cargo na diretoria. A proposta de Vanilton, seria que não houvesse disputa, mas, sim, que formassem uma chapa única e fossem distribuídos entre eles os cargos de presidente, vice, tesoureiro e secretário. “Acho excelente essa proposta. Temos que somar e não ficar disputando”, ponderou Ratinho.

   Confira como andam as articulações para a eleição da Ucmmat

       Marquinhos, por sua vez, perdeu a eleição passada por apenas 12 votos, e também confirmou ter sido procurado pelo vereador Vanilton. Conforme ele, a princípio a idéia de união é boa. Apesar disso, Marquinhos pondera que também não abre mão da presidência. “Eu tenho a proposta de mudar a Ucmmat. Na eleição passada trabalhei muito e por pouco não venci. Não faz sentido eu deixar a luta pela presidência. Se querem fazer chapa de consenso e desistirem da eleição, eu apoio, mas não deixo meu ideal", ressaltou o petebista.

    Ele argumenta ainda que todos os outros candidatos falam em renovação, mas que apenas ele realmente é diferente. "O Ratinho é tesoureiro da Aluízio (Lima), Gilvan (Rodrigues) faz parte do partido do presidente da Ucmmat e Vanilton apoiou o atual gestor na eleição passada”, argumenta. De todo modo, a tendência é as costuras ocorram após 20 de janeiro e que, assim como na disputa pela presidência da  Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), o apoio de lideranças políticas seja decisivo na definição. 

     Entre os que já definiram a sua plataforma de propostas está Marquinhos. Ele pondera que os vereadores precisam de uma melhor infraestrutura e neste sentido lembra que a nova sede será construída no Centro Político Administrativo da Capital. Além disso, o parlamentar promete  lutar pela construção de um hotel para os vereadores que vêm do interior do Estado. Afirmou também que vai pleitear a compra de um automóvel para o órgão e que pretende estreitar as relações da Ucmmat com o Tribunal de Contas. Além de garantir assistência jurídica aos vereadores.

      O curioso é que as idéias do petebista são muito semelhantes as do próprio Vanilton. Perguntado sobre a “coincidência”, Marquinhos argumenta que na última eleição já havia sido candidato e que de lá para cá suas propostas não mudaram. “Desde a eleição passada venho lutando por esses ideais e acredito que minhas propostas surtiram efeito em outros candidatos, que acabam utilizando minha ideias”, pondera.

   Ucmmat

   O sucessor de Aluízio Lima vai comandar um orçamento de aproximadamente R$ 500 mil. Hoje, 80 das 141 Câmaras são associadas, mas como os vereadores também podem integrar a associação fazendo contribuições individuais, atualmente dos 1.295 vereadores do Estado, 1 mil fazem parte da entidade. A mensalidade destinada à Ucmat varia entre R$ 300 e R$ 800.

Niuan de fora da suplência ao Senado

niuan ribeiro 400 curtinha   O deputado federal José Medeiros não conseguiu segurar o vice-prefeito de Cuiabá, Niuan Ribeiro (foto), como primeiro-suplente de sua chapa ao Senado. Há alguns dias, o filho do ex-vice-governador e ex-deputado Osvaldo Sobrinho vinha demonstrando desejo de pular fora, em meio a...

Jayme incomodado com Flávio em VG

jayme campos 400 curtinha   A candidatura a prefeito de Várzea Grande do empresário Flávio Frical (PSB), principal aposta da oposição, passou a incomodar a família Campos, que apoia o ex-vereador Kalil Baracat, concorrente ao Executivo pelo MDB. Em uma noite que seria de festa, em comemoração...

Acordo com Euclides partiu de Allan

allan kardec 400   Otaviano Pivetta, vice-governador licenciado por 30 dias para cuidar de problemas de saúde, disse que nada tem a ver com o tal acordo "costurado" pelo presidente regional do PDT, deputado Allan Kardec (foto), com Euclides Ribeiro, candidato a senador pelo Avante. Explica que só apresentou Euclides para Allan e...

Família Maia tenta retomar o poder

martha maia 400   O ex-prefeito de Alto Araguaia por quatro vezes, Maia Neto, não entrou na disputa de novo ao Executivo, mas lançou a irmã Martha Maia (foto), cuja filha Sylvia Maia é vereadora. Filiada ao PP, Martha entra como principal candidata da oposição ao prefeito Gustavo Melo, que vai à...

Welinton fará grande ato em Barra

welinton marcos 400 curtinha   Welinton Marcos (foto) lança sua candidatura a prefeito de Barra do Garças, na segunda (28), em um grande ato. Mesmo pelo sistema drive-in, devido à necessidade de adotar medidas sanitárias contra a Covid-19, são esperadas na solenidade cerca de mil pessoas, num espaço amplo,...

Irmão de Riva está na disputa em Juara

priminho riva 400 curtinha   O irmão do ex-deputado José Riva, Priminho Riva (foto), filiado ao PL, será mesmo candidato a prefeito em Juara, posto já ocupado por ele por duas vezes (1997/2004). Priminho pertence a uma famíliade políticos. Além de Riva, que foi prefeito e deputado, é...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.