Cota para mulheres

TSE fecha cerco contra candidatas laranjas; partidos citam dificuldades

A Justiça Eleitoral está mais rígida, nestas eleições, no quesito cota de 30% de mulheres candidatas. Isso porque o presidente do TSE, Marco Aurélio Mello, quer punições aos partidos que não cumprirem com a lei. Ele tem reclamado das “candidatas laranjas” e alerta que haverá mais fiscalização. Neste sentido, segundo Suzana Rondon, responsável pelo Núcleo das Mulheres do PDT, os 30% da cota para candidatas é considerável, no entanto, para ela, o justo seria 50%, tendo em vista que em Mato Grosso metade do eleitorado é feminino, sendo 49,15%. Acredita que não adianta ter a cota somente para concorrer.

Suzana defende que os partidos devem se atentar na qualidade das candidatas e não somente preencher as vagas. “Hoje é conquista quando o Estado combate as laranjas, porque vão continuar existindo. O problema é que a realidade das laranjas vem se arrastando desde que a lei exigiu cota para mulheres. Haverá mudança a partir da alteração da lei”.

Para a deputada estadual e vice-presidente do PSB, Luciane Bezerra, a lei da cota é uma vitória para as mulheres, pois ganharam mais espaço na política. Em contrapartida, reconhece a preocupação dos partidos para preencher as vagas com qualidade. Isso, segundo ela, se deve pela falta de iniciativa do público feminino em ser mais ativo no meio político. “Apesar de ainda existirem as laranjas, não é culpa dos partidos, porque é difícil conseguir que a mulher ingresse por livre e espontânea vontade na política. Ainda há dificuldade das mulheres em largar a vida cotidiana para pensar em política, em fazer a diferença”. Além de Luciane, há apenas mais uma deputada em Mato Grosso: Teté Bezerra (PMDB).

O deputado Zeca Viana, presidente do PDT, avalia que a maior dificuldade hoje é notar que as mulheres não se interessam em participar da política. Conforme o pedetista, os partidos têm que implorar para elas entrarem na disputa. Diz que são poucas as que iniciam com disposição de enfrentar os desafios no meio político. “Dificuldade todos partidos têm. As mulheres devem participar sim, isso é muito importante. Mas o que vemos é que elas não querem”.

Na ótica do deputado José Riva, secretário-geral do PSD, a mulher ainda não está conscientizada para cumprir o papel na política. O social-democrata ressalta que o PSD é um dos partidos que mais tem candidatas. Conta que para este pleito são 3 a deputada estadual, entre elas a filha de Riva, Janaína Riva. Além disso, tem maior número de mulheres prefeitas no Estado, sendo 7. Diante do cenário, Riva admite que os partidos, em geral, ainda têm dificuldade de ter mulheres ingressando na política. Diz que vai demorar bastante para que elas se firmem no meio a fim de reverter o quadro. Destaca que apesar das dificuldades, a mulher foi conquistando seu espaço, começou com o voto, depois com o direito de ser candidata. “Vivemos num mundo extremamente machista. Aos poucos as mulheres vão quebrando este paradigma”.

Estímulo

A lei eleitoral fixa o mínimo de 30% de candidatos de cada sexo, mas não estabelece sanções para os partidos que não atingirem o percentual. Neste sentido, para incentivar a participação feminina, foi lançada nesta semana, no Senado, a campanha “Mulher na Política”, com o objetivo de estimular candidaturas de mulheres.

Queda-de-braço em Alto Araguaia

gustavo melo 400 curtinha   O prefeito de Alto Araguaia, Gustavo de Melo (foto), enfrenta uma queda-de-braço com os vereadores. Recentemente, oito dos 11 parlamentares encaminharam ofício ao chefe do Executivo, inclusive com cópia para o MPE, considerando inoportuna, descabida e suspeita, neste momento de pandemia, fazer obra...

Estado amplia leitos de UTI no Sul

gilberto figueiredo 400 curtinha   O secretário estadual de Saúde Gilberto Figueiredo (foto) reclama, sem citar nome, da forma como a prefeitura rondonopolitana está encarando a pandemia da Covid-19. Mesmo o governo federal já tendo pago diárias antecipadamente e, inclusive por três meses, de 10 leitos de...

Briga inconsequente com Santa Casa

z� do patio 400 curtinha   Acuado pela consequência da falta de planejamento e de gestão, o prefeito Zé do Pátio (foto), de Rondonópolis, está numa luta descabida de tentar encontrar culpados pelo avanço da Covid-19 no município. A prefeitura não construiu, sequer,...

2 secretários acionados sobre compras

ozenira 400 curtinha   Os secretários municipais de Cuiabá, Luiz Antonio Possas de Carvalho (Saúde) e Ozenira Félix Soares (foto), de Gestão, têm 48 horas para prestar esclarecimentos sobre compras, sem licitação, de óculos de proteção e macacões destinados a...

Valdir, conta rejeitada e pedido negado

valdirzinho 400 curtinha   Valdir Pereira de Castro, o Valdirzinho (foto), prefeito de Santo Antonio de Leverger, ingressou com pedido de revisão no TCE sobre o parecer contra aprovação das contas de 2018. O Tribunal apontou uma série de irregularidades, entre elas registros contábeis incorretos, abertura de...

Stopa vira trunfo do prefeito Emanuel

jos� roberto stopa 400   Filiado histórico do PV, José Roberto Stopa (foto) se tornou espécie de trunfo do prefeito Emanuel Pinheiro. Se o emedebista resolver buscar a reeleição, o que seria o caminho natural, Stopa pode entrar na chapa como candidato a vice ou simplesmente ficar de fora do...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.