ARTICULAÇÃO

Wilson quer Lucimar na chapa para poder amarrar Jayme

DEM vai indicar vice de Wilson; tucano tem preferência por Lucimar

Lucimar Campos   Wilson Santos reiterou nesta sexta, após ter o nome apontado na pesquisa Ibope em primeiro lugar e anunciado pela tríplice-aliança PSDB-DEM-PTB como candidato a governador, que o seu agora aliado Jayme Campos tem a incumbência de escolher o vice da chapa. Afirmou que a vaga está aberta ao próprio senador. Já o cacique democrata declarou que escolherá um nome dentro de uma discussão partidária. “Eu não. Vou definir isso com meu partido”, ponderou Jayme, rejeitando inicialmente o cargo de vice. Ambos concederam entrevista para comentar os números das pesquisas Ibope e Vox Populi que foram decididos para definição do nome que represetará o bloco na corrida ao Palácio Paiaguás.

   O presidente da Executiva Estadual do DEM, Oscar Ribeiro, adiantou que o debate sobre nome para vice será discutido com o partido na próxima semana. Wilson tem a preferência por ter no palanque alguém capaz de envolver Jayme na campanha. Pessoalmente, o tucano deseja que a esposa do senador, Lucimar Sacre de Campos, venha a ser companheira de chapa. Ela é filiada do DEM (ex-PFL) e atuou na área social quando Jayme foi governador e prefeito de Várzea Grande. Fora essa alternativa, defende que o vice venha de outras regiões. Nessa discussão da vice entram nomes como dos deputados estaduais José Domingos, ex-prefeito de Sorriso e eleito parlamentar em 2006 com 28.869 votos, e Dilceu Dal Bosco, que tem base eleitoral em Sinop. Da região Sul, o DEM lembra o nome do empresário e prefeito de Alto Garças, Ronald Trentini.

   Wilson Santos, que renuncia ao mandato até o final deste mês, buscará todos os esforços para não perder de vistas os democratas. O partido de Jayme possui melhor representatividade nos municípios, enquanto o tucanato só comanda quatro prefeituras, sendo elas de Feliz Natal, Itiquira, Nova Monte Verde e Santa Carmem, além de Cuiabá.

Ex-prefeito no páreo em Alta Floresta

robson silva 400 curtinha   Alta Floresta, uma das cidades pólos do Nortão, tem sete candidatos a prefeito. Um deles é Robson Silva (foto), empresário, ex-prefeito entre 93 e 96 e que concorre pelo MDB, mesmo partido do prefeito Asiel Bezerra, que está encerrando o segundo mandato e se tornou um dos principais...

Vice sinopense quer retornar à Câmara

gilson de oliveira 400 curtinha   O vice-prefeito de Sinop e apresentador de TV, Gilson de Oliveira (foto), resolveu concorrer a vereador, cadeira já ocupada por ele por dois mandatos, o primeiro pelo PSDB, entre 2005 e 2008, e, depois, pelo PSD (2009/2012). Foi candidato a deputado estadual duas vezes (2006 e 2010) e, como suplente da...

Vice que morreu na praia em Tangará

renato gouveia 400 curtinha   Assim que percebeu que não seria escolhido pelo prefeito Fabio Junqueira (MDB) como o candidato governista na briga pela Prefeitura de Tangará da Serra, ainda em junho, o vice-prefeito Renato Gouveia (foto), do PV, correu para os braços do tucano Vander Masson. Levou com ele uma chapa de 21...

Câmara chama secretária para vaga

chico 2000 curtinha   Após a destituição de Ralf Leite (MDB) da vaga de Chico 2000 (foto), licenciado, por força de decisão judicial, a Câmara de Cuiabá convocou a primeira suplente Luciana Zamproni (MDB) para assumir mandato temporário no Legislativo, menos de 30 dias. Ela atua como...

PTB perdeu uns, mas ganhou outros

emanuelzinho 400   Em Várzea Grande, enquanto alguns militantes do PTB, puxados pelo secretário jaymista Silvio Fidelis foram para os braços do candidato a prefeito Kalil Baracat (MDB), que tem Hazama (DEM) de vice, militantes de outras legendas decidiram abraçar a candidatura do petebista Emanuelzinho (foto). São...

PT de Cuiabá passivo; ROO, autêntico

kleber amorim 400 curtinha   O PT de Rondonópolis se organizou melhor, mobilizou a militância, se tornando mais autêntico do que o núcleo petista de Cuiabá. Para se ter ideia, o partido, numa posição de coragem e levando preocupação ao prefeito Zé do Pátio, que tinha...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.