ELEIÇÕES 2020

Quarta-Feira, 28 de Outubro de 2020, 19h:08 | Atualizado: 29/10/2020, 15h:03

RESPOSTA

Abílio diz que música de Gonzaguinha já foi tirada do ar; apenas paródia é usada

Reprodução

Ab�lio e Wellaton campanha - elei��o

Vereador e candidato à Prefeitura de Cuiabá, Abílio Júnior (Podemos) e seu vice, o vereador Felipe Wellaton (Cidadania) usaram música como um símbolo

A equipe de campanha do vereador e candidato a prefeito de Cuiabá, Abílio Júnior (Podemos) afirma, em nota emitida na noite desta quarta (28), que a música "E vamos à luta", de Gonzaguinha, foi utilizada na propaganda eleitoral do parlamentar e já não faz mais parte da programação veiculada em rádio e TV.

O candidato foi alvo de críticas por parte do filho do cantor, Daniel Gonzaga, que o acusou de utilizar a canção sem autorização e ignorando direito autorais.

Daniel usou suas redes sociais para dizer, que caso a campanha desse continuidade ao uso da melodia, iria processar Abílio.  

Conforme a nota do candidato, desde que a música saiu do ar, a campanha tem utilizado apenas uma paródia produzida por artistas regionais.

“Há decisão do STJ que assegura que paródia não viola direitos autorais em "jingles" de campanhas eleitorais”, destaca.

No posicionamento, a assessoria de Abílio explica que tão logo foi utilizada a canção em questão, a equipe de mídia da campanha procurou o Ecade para recolher eventuais taxas pelo uso e foram informados que a categoria "jingle" não é valorada pela entidade.

“Imediatamente após esta informação deixaram de utilizar a canção na campanha, que foi substituída pela paródia já no segundo dia de exibição da propaganda eleitoral”, diz a nota.

Ainda conforme a campanha, houve várias tentativas de contato com a família do músico por meio telefônico (21-22625449), bem como com a editora "Moleque", via redes sociais, mas os perfis constam bloqueados para mensagens.

 

 

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Luciano | Quinta-Feira, 29 de Outubro de 2020, 10h07
    0
    1

    MENTIRA!!! Acabou de passar na rádio...

  • EDMAR AUGUSTO DE OLIVEIRA SILVA | Quinta-Feira, 29 de Outubro de 2020, 07h14
    8
    0

    Começou bem, violando direitos autorais de um artista morto. Parabéns, Cuiabá merece essa "mudança" de comportamento do politico. kkkkkkkkkkk

  • Realista | Quinta-Feira, 29 de Outubro de 2020, 00h18
    8
    0

    Deveriam colocar música gospel, que a maioria do eleitorado dele composto de crentes evangélicos , curte e sabe cantar. Nada a ver com ele a musica de Gonzaguinha, nem melodia e tampouco letra. Mas não, pois esse candidato vive chutando bola fora.

  • Dos Santos | Quarta-Feira, 28 de Outubro de 2020, 22h58
    7
    1

    Engraçado, enjoei de escutar Bolsonaristas, Direitistas que dizia não precisar e artista pra nada. Porque estão utilizando música de autor de esquerda, sem autorização, do dono dos direitos autorais? Que coisa, não?

Erros estratégicos e fim de mandato

niuan ribeiro 400   Niuan Ribeiro (foto) termina melancolicamente o mandato de vice-prefeito da Capital, marcado pela ambiguidade, erros estratégicos e vacilações. Logo no início da gestão, resolveu romper politicamente com o prefeito Emanuel, a quem passou a criticar, achando que se consolidaria como...

Retorno ao TCE ou cargo no governo

marcelo bussiki 400 curtinha   A partir de 1º de janeiro, com o fim do mandato de vereador pela Capital, Marcelo Bussiki (foto) retorna ao cargo efetivo de auditor do TCE-MT. Mas é possível que ele seja convidado por Mauro Mendes para compor o quadro de principais assessores do chefe do Executivo estadual. Bussiki foi...

DEM, bate-cabeça e plano B frustrado

fabinho garcia 400 curtinha   O ex-deputado federal e empresário Fábio Garcia (foto) acabou deixando o DEM órfão de candidatura a prefeito da Capital. Numa conversa com o governador Mauro, seu padrinho político, Fabinho o assegurou que iria sim disputar o Palácio Alencastro, mesmo pedindo trégua por...

Mauro sofre 2 derrotas para Emanuel

mauro mendes 400 curtinha   Mauro Mendes (foto), principal estrela do DEM em MT, acabou amargando duas derrotas em Cuiabá para o prefeito Emanuel, neste ano, embora não tenha sido candidato nas urnas. Em princípio, buscou candidatura própria com o seu partido, mas todos os nomes possíveis, como de Gilberto, Gallo,...

Três derrotas do marqueteiro Antero

antero de barros curtinha 400   O ex-senador, jornalista e marqueteiro Antero de Barros (foto) não levou sorte nas campanhas eleitorais as quais coordenou nestas eleições. Em Lucas do Rio Verde, empurrou à reeleição o prefeito Luiz Binotti que, mesmo com o poder da máquina, perdeu para o...

Lideranças jogaram duro contra EP

carlos favaro 400 curtinha   Emanuel Pinheiro teve uma reeleição sofrida em Cuiabá. Lutou contra os principais líderes políticos, que se juntaram em torno da candidatura de Abílio, uns publicamente, outros nos bastidores. O governador Mauro Mendes, por exemplo, jogou pesado para tentar derrotá-lo....

MAIS LIDAS