ELEIÇÕES 2020

Domingo, 24 de Novembro de 2019, 09h:15 | Atualizado: 24/11/2019, 09h:17

aposta de 2020

Adriano defende viabilidade econômica de Cáceres e é uma das prioridades do DEM

Mayke Toscano

Mauro Mendes e Adriano Silva

Governador Mauro Mendes e Adriano Silva, presidente da Fapemat, e que terá apoio da cúpula do DEM em Cáceres

Ex-reitor da Unemat, o professor Adriano Silva tem aval do DEM para ser o candidato a prefeito de Cáceres (a 220 km de Cuiabá) nas eleições 2020. A proposta é ser oposição a vice-prefeita Eliene Liberato (PSB), que será a candidata a ser lançada pelo prefeito Francis Maris (PSDB).

Adriano conta com o apoio da cúpula do DEM, que estabeleceu como prioritária a disputa eleitoral em Cáceres, junto com Cuiabá e Várzea Grande. Entre as lideranças políticas que já deram aval a Adriano está o governador Mauro Mendes, o ex-governador Júlio Campos, o senador Jayme Campos, o presidente da Assembleia Eduardo Botelho e líder do Governo Dilmar Dal’Bosco.

“Entendo que tem que mudar a gestão de Cáceres, cidade que teve um patrimônio político e econômico muito forte, mas que desde o começo da atual gestão, os índices de pobreza e desemprego só aumentaram. Não adianta ficar só pegando recursos do Fethab para comprar ônibus, precisa investir em infraestrutura e mudar o modelo econômico da cidade”, critica Adriano. Por mês, o município recebe cerca de R$ 300 mil provenientes do Fethab.

Adriano avalia que o grande desafio de quem assumir a prefeitura é viabilizar a cidade economicamente. “E não adianta ficar falando em ZPE. Esse é um projeto que em toda eleição volta à tona e já elegeu muita gente. Não é que eu seja contra a ZPE, é que precisamos construir uma cidade prestadora de serviço na educação, saúde e turismo dentro da proposta da matriz econômica queremos também fortalecer a agricultura familiar”.

O professor se diz credenciado para ser candidato a prefeito de Cáceres, e para isso elenca sua trajetória como reitor da Unemat-Cáceres, entre 2010 e 2014. Em 2014, Adriano ficou suplente de deputado estadual, assumindo o cargo em algumas ocasiões. Em 2016, disputou as eleições municipais contra Francis Maris, mas não venceu. Em 2018 disputou a deputado federal e mais uma vez ficou suplente pela coligação Mudar Mato Grosso II. Como consolo, foi nomeado na presidência da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado (Fapemat).

Para construir a conjuntura partidária rumo a 2020, Adriano já tem conversado com os partidos que compõem a base do governador Mauro, como o MDB, PSD, PDT, PSC, PMB, PHS e PTC. Além dessas siglas, também tem buscado se articular com o DC.

“Ainda não existe um nome para concorrer a vice, até mesmo porque estamos apenas no começo das articulações. Também, se houver outro nome mais qualificado que o meu para disputar as eleições, não tenho nenhum problema em ceder”, afirma.

Postar um novo comentário

Comentários (14)

  • Edson | Segunda-Feira, 25 de Novembro de 2019, 09h06
    0
    1

    Adriano Silva será o braço do governo em Cáceres, com certeza fará uma gestão diferenciada em nosso município.

  • Marcos Ribeiro | Segunda-Feira, 25 de Novembro de 2019, 07h51
    1
    2

    Cáceres precisa de um gestor que tenha essa preocupação. Tmj Prof. Adriano Silva.

  • Thomas Canellas Deluque | Domingo, 24 de Novembro de 2019, 22h02
    1
    2

    Bom nome para a disputa, pessoa preparada, já administrou e expandiu a unemat para cidades que não tinham curso superior, só se faz isso com preparo e planejamento, mas a principal qualidade é a humildade em nunca se colocar como único nome da oposição ao atual governo capaz de ganhar a eleição, sempre pensar no grupo, no coletivo antes dele próprio, certamente se sua candidatura se viabilizar será um nome competitivo e será uma boa discussão acerca de um projeto de cidade para nossa Cáceres.

  • Leandro | Domingo, 24 de Novembro de 2019, 20h38
    1
    7

    Cáceres precisa de pessoas competentes e com uma visão social...Adriano Silva dispõe dessas qualidades...Vamos mudar a realidade de Cáceres

  • Marcelo Renato | Domingo, 24 de Novembro de 2019, 19h15
    2
    5

    Cáceres precisa de pessoas capacitadas para adiminitratvo, com conhecimento e bom relaciona em todas as esferas governamentais para buscar os recursos que Cáceres precisa... Professor Adriano Silva, tem esses pré requisitos, tá preparado, segue firme nessa luta por dias melhores...

  • Ioalnda | Domingo, 24 de Novembro de 2019, 18h55
    5
    6

    Isso aí, alguém se preocupando com nossa região esquecida...👏👏👏

  • vincios | Domingo, 24 de Novembro de 2019, 18h54
    3
    6

    Excelente candidato, tem o apoio de toda nossa Família!!! 👏👏👏👂👂

  • Marcelo | Domingo, 24 de Novembro de 2019, 18h50
    5
    5

    Isso aí, entra ano(eleição) sai ano (eleiçao) e ninguém se preocupa com isso, tá na hora de viabilizar crescimento econômico dessa região que cada governo que passa vira as costas pra nossa região sofrida!!!!

  • Cícero Irajá Kurtz filho | Domingo, 24 de Novembro de 2019, 18h31
    3
    4

    Sou fã do Adriano Silva acompanho a tragetoria dele desde a reitoria da unemat e hoje frente a esses que tiveram a prefeitura na mão ele com certeza é a pessoa que vai mudar Cáceres com uma administração competente e acima de tudo humana com preocupação com os mais pobres pois já mostrou esse carácter de honestidade e competência naquilo que se propõe a realizar agora com apoio do DEM na pessoa do nosso governador e do senador Jaime campos teremos o apoio tão esperado para fazer essa cidade maravilhosa um exemplo no turismo e na educação ..parabéns meu futuro prefeito Adriano Silva

  • Cleiton | Domingo, 24 de Novembro de 2019, 18h26
    3
    5

    Cáceres precisa de projetos, de emprego, articulação política em todas as esferas governamentais e um diferenciado para a questão social... Acredito que o nome do professor Adriano Silva tem esses pré requisitos...

Interinos ficam sem cargos no TCE

jose carlos novelli 400 curtinha   Com o retorno dos conselheiros do TCE, Antonio Joaquim e José Carlos Novelli (foto), dois substitutos perderam os postos não apenas nas relatorias, como também ficam sem os cargos na gestão. É o caso de Isaías Lopes da Cunha, que deixou de ser ouvidor-geral, sendo...

MT perde José Afonso Portocarrero

portocarrero-400   Morreu nessa quarta  (3), aos 93 anos, José Afonso Portocarrero (foto). O ex-presidente dos extintos  Banco do Estado de Mato Grosso (Bemat)  e Loteria do Estado de Mato Grosso (Lemat)  morreu de causas naturais. Viúvo, deixa quatro filhos.  Na vida profissional, foi o responsável...

Secretários filiados e sem pretensões

Beto 2x1 400 curtinha   Presidente do DEM em Cuiabá, o secretário estadual de Cultura, Esporte e Lazer, Alberto Machado, o Beto 2 x 1 (foto), disse, em visita ao Rdnews, quando concedeu entrevista à tvweb RDTV, que alguns colegas secretários estão filiados ao partido, mas isso não significa que eles...

Magistrado quer restrições mais duras

orlando perri 400 curtinha   Ao deferir pedido de liminar na Ação Direta de Inconstitucionalidade proposta pelo chefe do MPE-MT, José Antonio Borges, em meio a conflitos de normas editadas pelo governo estadual e pela Prefeitura da Capital, o desembargador Orlando Perri (foto) enfatiza que é preciso endurecer as medidas...

Paisagista, aliança com Pátio e a AL

claudio paisagista 400   Claudio Ferreira, o Paisagista (foto), está tão empolgado com a votação para prefeito de Rondonópolis no ano passado que pretende encarar outro teste das urnas, agora para deputado estadual, em 2022. Pelo DC, ele tentou a sucessão municipal e chegou a 17.498 votos, ficando...

90 novas UTIs só neste ano em MT

mauro mendes 400 curtinha   Mauro Mendes (foto) disse que o governo estadual tem se empenhado ao máximo na luta pelo combate ao novo coronavírus. E enfatiza que somente neste início de ano, o Estado já habilitou 90 novos leitos de UTI para atender casos graves de Covid-19. Entre janeiro e março, foram abertos...