ELEIÇÕES 2020

Segunda-Feira, 26 de Outubro de 2020, 19h:51 | Atualizado: 26/10/2020, 20h:03

PREFEITURA DA CAPITAL

Advogado filiado ao PSL será novo vice de Aécio e vai substituir professor LAC - leia

Reprodução

Advogado Vinicius Eduardo Lima Pires de Miranda (PSL)

Advogado Vinicius Eduardo Lima Pires de Miranda (PSL) foi suplente de deputado em 2014

selo elei�es 2020

O advogado Vinicius Eduardo Lima Pires de Miranda (PSL), de 30 anos, acaba de se registrar como vice do candidato Aécio Rodrigues (PSL), para a Prefeitura de Cuiabá, após seu parceiro de chapa, o Professor LAC (PRTB), desistir da candidatura, sair da coligação com o PSL e apoiar o concorrente e vereador Abílio Júnior (Podemos).

Nascido em Várzea Grande, esta é a segunda vez que Vinicius disputa uma eleição. Em 2014, ele concorreu como deputado estadual pelo PSB, mas ficou como suplente. Na declaração de bens, Vinicius pontuou ter mais de R$ 768,6 mil em banco, um carro, apartamento e participação em uma firma de advocacia.

Aécio diz que se sente traído pelo professor LAC. Ele conta que o vereador Abílio conseguiu apoio do ex-vice, após prometer a secretaria municipal de Educação, caso eleito. O sentimento de traição vem também por já ter confiado no parlamentar, que representaria a nova política e seria aversa a tais práticas, como o acerto de cargos.

“Sei bem como o jogo é pesado entre essas pessoas. Eu, que sou um pouco novo nesse ambiente, acabo sendo covardemente apunhalado por outros candidatos que não respeitam sequer uma chapa. Ele (Professor LAC) me passou que era problemas pessoais, mas todos já viram que não, foram interesses pessoais. Ele teve uma proposta de outro candidato, que me parece que já ganhou a eleição, o Abílio. Teve proposta de secretaria de Educação, pelo que vi”, disse, durante live no perfil do  no Instagram.

O registro de candidatura de Vinicius ainda aguarda julgamento para ser aceito. Segundo edital publicado em mural eletrônico do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), a substituição foi pedida nesta segunda (26). Em até 5 dias, candidatos, partidos políticos, coligações ou Ministério Público Eleitoral podem entrar com pedido de impugnação ao registro de candidatura.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Deputado ajudou a enterrar Binotti

neri 400 curtinha   O deputado federal Neri Geller (foto), que se acha um grande líder político, ajudou a enterrar nas urnas o projeto de reeleição do prefeito Luiz Binotti (PSD), derrotado à reeleição. Perdeu para o ex-vice-prefeito Miguel Vaz (Cidadania), que contou com apoio do ex-prefeito e atual...

Euclides "torra" R$ 8 mi na campanha

euclides ribeiro 400 curtinha   O advogado milionário Euclides Ribeiro (foto), que tem na carteira de clientes grandes produtores rurais, registra R$ 8,2 milhões de receitas e despesas de campanha ao Senado. Concorrendo pelo Avante, Euclides só chegou a 58.455 votos. Ficou em nono lugar, à frente apenas de Reinaldo...

Fávaro é quem mais gastou ao Senado

carlos favaro 400 curtinha   O senador reeleito Carlos Fávaro (foto) foi o que mais gastou na campanha. Oficialmente, arrecadou R$ 11,7 milhões. As maiores contribuições financeiras vieram de empresários do agronegócio. Orcival Guimarães, dono de rede de empresas de implementos agrícolas, doou...

Beto deve repensar projeto a federal

beto farias 400 curtinha   A derrota nas urnas do seu afilhado político, vice-prefeito Wellington Marcos (DEM), que tentou o Executivo de Barra do Garças e ficou em segundo lugar, obtendo somente metade dos votos em relação aos atribuídos ao eleito Adilson Gonçalves, pode levar o prefeito Beto Farias (foto)...

Erros estratégicos e fim de mandato

niuan ribeiro 400   Niuan Ribeiro (foto) termina melancolicamente o mandato de vice-prefeito da Capital, marcado pela ambiguidade, erros estratégicos e vacilações. Logo no início da gestão, resolveu romper politicamente com o prefeito Emanuel, a quem passou a criticar, achando que se consolidaria como...

Retorno ao TCE ou cargo no governo

marcelo bussiki 400 curtinha   A partir de 1º de janeiro, com o fim do mandato de vereador pela Capital, Marcelo Bussiki (foto) retorna ao cargo efetivo de auditor do TCE-MT. Mas é possível que ele seja convidado por Mauro Mendes para compor o quadro de principais assessores do chefe do Executivo estadual. Bussiki foi...