ELEIÇÕES 2020

Sábado, 19 de Setembro de 2020, 16h:00 | Atualizado: 19/09/2020, 23h:07

FICOU MAIS POBRE

Candidato em Sinop, Dorner e vice juntos contabilizam patrimônio de R$ 50 milhões

roberto dorner 680

Roberto Dorner é o nome do Republicanos para tentar comando da Prefeitura de Sinop; ele terá apoio do PL, da prefeita Rosana Martinelli, que não disputa 

A soma dos patrimônios do candidato a prefeito de Sinop (a 500 km de Cuiabá), o empresário Roberto Dorner (Republicanos) e do vice dele, o Danton Martini (Patriota), declarados ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) gira em torno de R$ 50 milhões. O montante é igual ao contabilizado por eles em 2016, somado ao da prefeita Rosana Martinelli. Na época, eram concorrentes.

Porém, desta vez Dorner, que é Produtor rural e empresário da comunicação, ficou 33,33% mais pobre em comparação com 2016. Naquele ano ele declarou um patrimônio avaliado em R$ 24,7 milhões. Já neste, foram R$ 16.766.075,69 em total de bens. Na lista mostram automóveis, moto e veículos pesado, além de aplicações e investimentos.

Já o vice Danton quase dobrou os bens. Ele ficou mais rico em 47% se comparado com as eleições em que ele era candidato a prefeito pelo PP. Na época, ele declarou R$ 23,6 milhões à justiça Eleitoral. Desta vez informou R$ 34 milhões.

Conforme os dados na plataforma de Divulgação de Candidatura e Contas Eleitorais, Danton declarou automóveis, casas, aplicações e Investimentos e área rural entre outros.

Eleições

Roberto Dorner é o nome do Republicanos para tentar o comando da prefeitura. Em 2016 chegou a disputar, mas ficou em segundo lugar, com 33,96% dos votos. Como vice, terá Danton Martini (Patriota), que também disputou a última eleição, terminando em terceiro (26,48%). Dorner recebe o apoio da prefeita Rosana Martinelli, do PL, que desistiu nessa semana de concorrer à reeleição. O arco de alianças terá ainda o PSDB, Solidariedade, Cidadania e PMB.

Concorre também pela cadeira o deputado federal Juarez Costa (MDB), que vai tentar um terceiro mandato no Executivo municipal, após romper com a prefeita que até 2016 foi sua vice.

Ainda na disputa pelo Paço municipal, os sinopenses terão um extremista de direita para votar. O empresário e ativista Marcelo Stachin foi lançado pelo PRTB e deve continuar com a tática de conquistar o voto do eleitor com seus vídeos e posts nas redes sociais. Investigado no inquérito das Fake News no Supremo Tribunal Federal (STF) terá como vice André Maximino, também do PRTB.

Também estão na disputa o delegado Sérgio Ribeiro (PSL) – sem vice definido, mas com o apoio do DC; e o diretor do campus da Unemat, Roberto Arruda (PT), com Rebeka Vieira (PCdoB) completando a chapa.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • REGINALDO PINHEIRO | Domingo, 20 de Setembro de 2020, 07h37
    2
    0

    Ser rico não é o problema, para quem é cristão, vejam que Davi e Salomão eram ricos e não significavam problemas para Israel. O que os homens públicos precisam entender é que quando se entra na política é para servir e não para se servir. Seria menos maléfico em se entrando rico na política...pior é a situação de muitos que entraram pobres e hoje são muito ricos graças a miséria do povo e não querem ''largar o osso'' muitos estão em idade avançada e querem continuar chupando 20 ou 30% de emendas parlamentares ou contratando empresas em licitações fraudulentas para ganharem dinheiro.

  • Amaral antunes | Sábado, 19 de Setembro de 2020, 21h05
    1
    1

    Od 3j uuntos, unidos, Darto, Dorne e Rosana do Radar sao os grandes campeos da rejeiçao. Será 3 por 1

Sob efeito-cavalo paraguaio em ROO

thiago muniz 400 curtinha   Em Rondonópolis, o candidato a prefeito, vereador e empresário Thiago Muniz (foto), se transformou num cavalo paraguaio, expressão muito usual no futebol quando se refere a um time que dispara no início do campeonato mas, lá pela metade, começa a cair pelas tabelas. Acreditava-se...

Lula na TV deve afundar mais Julier

lula 400   O advogado Julier Sebastião da Silva, que disputa pela segunda vez a Prefeitura de Cuiabá - na primeira, em 2016, pelo PDT, ficou em terceiro lugar e, agora, pelo PT -, levou para o seu horário eleitoral o ex-presidente Lula (foto). A participação, com pedido de voto para Julier, da maior...

Na contramão dos investimentos

jose wenceslau 400 curtinha   Ao invés de reconhecer e aplaudir a iniciativa do governo estadual, que anunciou investimentos de R$ 9,5 bilhões em obras e ações, sendo R$ 6 bilhões (63%) de recursos próprios, a Fecomércio-MT, sob José Wenceslau Júnior (foto), reagiu com críticas....

Filho de ex-deputado rumo a vereador

willy taborelli 400   O coronel PM da reserva e ex-deputado estadual Perry Taborelli, que concorreu e perdeu para prefeito de Várzea Grande em 2016, lançou de novo o filho à cadeira de vereador. Trata-se do jovem advogado Willy Jacyntho Taborelli (foto), de 32 anos. Desta vez, ele concorre pelo PV. Na eleição...

Beto vê aliado como mais preparado

wellington marcos 400   O prefeito de Barra do Garças, Beto Farias (MDB), tem sido um cabo eleitoral fundamental para o candidato à sucessão municipal, advogado e atual vice-prefeito Wellington Marcos (foto), do DEM. Beto, que está concluindo o segundo mandato consecutivo com 80% de aprovação popular,...

Produtores e a unificação de eleições

antonio galvan 400 curtinha   Mato Grosso pode ter três eleições no mesmo dia, 15 de novembro. Isso porque, além das municipais e a suplementar ao Senado, alguns produtores rurais se movimentam para que a escolha do novo presidente da Aprosoja também seja na mesma data das eleitorais. Inicialmente, o pleito da...