ELEIÇÕES 2020

Domingo, 27 de Setembro de 2020, 08h:17 | Atualizado: 28/09/2020, 09h:26

START

Carreatas e redes sociais são apostas de marqueteiros na “largada” da campanha

selo elei�es 2020

Candidatos ao Senado, a vereador, a prefeito e a vice dão o pontapé inicial às propagandas eleitorais neste domingo. Eles tiveram até ontem (26) para registrar suas candidaturas e, a partir de agora, colocam a campanha nas ruas e também na internet – que oferece várias ferramentas de disseminação de informações e que deve ser uma aposta dos marqueteiros nestes tempos de pandemia e de poucos recursos. “Hoje há muita limitação. As redes sociais vão ser o caminho para os candidatos cheguem ao eleitor”, avalia o marqueteiro Carlos Rayel, responsável pela campanha à reeleição do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB).

Ele pondera que a utilização da internet tem crescido a cada eleição, num ritmo acelerado, e que o grande desafio será promover o corpo a corpo via mídia social. “Não pode abraçar, cumprimentar muita gente. O abraço será virtual”, diz. Sobre fake News e ataques pela internet, Rayel ressalta que isso é feito por gente sem escrúpulo. Prega um campanha limpa e respeito à inteligência do eleitor.

Reprodução

Carlos Rayel e Kleber Lima

Os marqueteiros Carlos Rayel e Kleber Lima, experientes em campanhas políticas, falam das estratégias do início de mais uma eleição municipal

O marqueteiro Kleber Lima - que toca a campanha dos candidatos a prefeito Zé Carlos do Pátio (Rondonópolis), Miguel Vaz (Lucas do Rio Verde), Kalil Baracat (Várzea Grande) e ao Senado Nilson Leitão – ressalta que a campanha começa com através das redes sociais, buscando criar uma conexão do eleitor com os candidatos, mas que a campanha não acontecerá apenas só nas plataformas digitais. “Pessoas querem olho no olho, não somos 100% digital, houve mudanças, mas mantivemos nossa humanidade”, reflete.

Exemplifica que Zé do Pátio é um líder popular que não vai abrir mão do corpo a corpo, respeitando as regras de biossegurança. “Impossível não ir para rua”. Kleber acredita que uma das saídas segura será o uso de carreatas, que têm crescido nas últimas eleições e devem ser ainda mais utilizadas em tempos de pandemia. Defende, entretanto, que elas não podem ser elitistas. “Não faremos nada nutela, mas sim raíz”.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Sob efeito-cavalo paraguaio em ROO

thiago muniz 400 curtinha   Em Rondonópolis, o candidato a prefeito, vereador e empresário Thiago Muniz (foto), se transformou num cavalo paraguaio, expressão muito usual no futebol quando se refere a um time que dispara no início do campeonato mas, lá pela metade, começa a cair pelas tabelas. Acreditava-se...

Lula na TV deve afundar mais Julier

lula 400   O advogado Julier Sebastião da Silva, que disputa pela segunda vez a Prefeitura de Cuiabá - na primeira, em 2016, pelo PDT, ficou em terceiro lugar e, agora, pelo PT -, levou para o seu horário eleitoral o ex-presidente Lula (foto). A participação, com pedido de voto para Julier, da maior...

Na contramão dos investimentos

jose wenceslau 400 curtinha   Ao invés de reconhecer e aplaudir a iniciativa do governo estadual, que anunciou investimentos de R$ 9,5 bilhões em obras e ações, sendo R$ 6 bilhões (63%) de recursos próprios, a Fecomércio-MT, sob José Wenceslau Júnior (foto), reagiu com críticas....

Filho de ex-deputado rumo a vereador

willy taborelli 400   O coronel PM da reserva e ex-deputado estadual Perry Taborelli, que concorreu e perdeu para prefeito de Várzea Grande em 2016, lançou de novo o filho à cadeira de vereador. Trata-se do jovem advogado Willy Jacyntho Taborelli (foto), de 32 anos. Desta vez, ele concorre pelo PV. Na eleição...

Beto vê aliado como mais preparado

wellington marcos 400   O prefeito de Barra do Garças, Beto Farias (MDB), tem sido um cabo eleitoral fundamental para o candidato à sucessão municipal, advogado e atual vice-prefeito Wellington Marcos (foto), do DEM. Beto, que está concluindo o segundo mandato consecutivo com 80% de aprovação popular,...

Produtores e a unificação de eleições

antonio galvan 400 curtinha   Mato Grosso pode ter três eleições no mesmo dia, 15 de novembro. Isso porque, além das municipais e a suplementar ao Senado, alguns produtores rurais se movimentam para que a escolha do novo presidente da Aprosoja também seja na mesma data das eleitorais. Inicialmente, o pleito da...