ELEIÇÕES 2020

Terça-Feira, 18 de Fevereiro de 2020, 10h:27 | Atualizado: 18/02/2020, 13h:28

EVITANDO CIUMEIRA

Com as candidaturas de Pivetta, Fávaro e Júlio, Mauro ficará neutro, afirma Botelho

Rodinei Crescêncio

Eduardo Botelho

O presidente da AL, deputado Eduardo Botelho, durante entrevista exclusiva na sede do grupo Rdnews, na manhã desta 3ª, quando falou de eleição

Assim como já defendia o presidente da Assembleia Eduardo Botelho, o governador Mauro Mendes, ambos do DEM, irá manter neutralidade na eleição suplementar ao Senado, caso se confirme as candidaturas de três aliados: Otaviano Pivetta (PDT), Carlos Fávaro (PSD) e Júlio Campos (DEM). A eleição será em 26 de abril.

A definição por evitar evetuais crises de ciúmes pelo apoio do chefe do Executivo estadual foi dada na reunião dos democratas ontem (17), no gabinete do governador, no Palácio Paiaguás, quando se confirmou a pré-candidatura de Júlio para a disputa da cadeira da senadora cassada Selma Arruda (Podemos).

De acordo com Botelho, a neutralidade de Mauro é o melhor caminho para que a base aliada do se mantenha unida. “Se ele entrar em uma das campanhas, pode criar uma cisão. Mas se ficar neutro, ninguém vai ficar chateado com ele. Todo mundo vai entender”.

O vice-governador Pivetta teve pré-candidatura lançada pelo PDT no final de semana, já Fávaro aguarda o Senado cumprir o rito de afastamento de Selma, para que ocupe a vaga interinamente, como determinou o ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Postar um novo comentário

Comentários (12)

  • joão Antonio | Quarta-Feira, 19 de Fevereiro de 2020, 10h25
    0
    0

    Grandes mer... apoio desse sujeito, todos que ele apoiar será derrotado em tudo, só têm barão, ricos e milionários todos doidos para terem mais poder, porque será né? Todos do lado do governador vão se ferrar.

  • marta | Quarta-Feira, 19 de Fevereiro de 2020, 10h02
    0
    0

    botelho e so 14% pradescontar dos inativos pensionitas e ativos , vcs vão aprovar essa lei? dor de barriga não dá só uma vez

  • Luiz Neto | Quarta-Feira, 19 de Fevereiro de 2020, 09h43
    0
    0

    Vou votar em um candidato que seja declaradamente contra o Bolsonaro

  • Davi | Quarta-Feira, 19 de Fevereiro de 2020, 08h54
    1
    0

    Mauro Mendes só está evitando o constrangimento de que todos saibam o quanto o seu apoio pode ser um fardo.

  • Marlan | Quarta-Feira, 19 de Fevereiro de 2020, 07h22
    1
    0

    NEM QUE QUEIRA NÃO HA COMO UM GOVERNADOR FICAR NEUTRO EM QUALQUER PROCESSO ELEITORAL, SUA PARTICIPAÇÃO DIRETA OU INDIRETA É INTRÍNSECA AO PRÓPRIO CARGO. SIMPLES ASSIM.

  • Mauro | Terça-Feira, 18 de Fevereiro de 2020, 18h44
    0
    3

    Vai dar José Medeiros, vai ser um verdadeiro plebiscito...

  • Geraldo Mello | Terça-Feira, 18 de Fevereiro de 2020, 18h41
    2
    3

    Muito melhor para o candidato do DEM o Dr.Julio Campos, essa posição de neutralidade do sr.Governador Mauro Mendes, pois seu apoio poderia atrapalhar a qualquer candidato ao Senado. Pois Julio é carismatico, simples e muito diferente do Mauro. Outro chato é o Medeiro, o Piveta é meio antipatico e grosseiro.

  • QUARTO CRESCENTE CERVEJA E CIA | Terça-Feira, 18 de Fevereiro de 2020, 18h00
    1
    1

    é isso mesmo reginaldo pinheiro

  • Eleitora | Terça-Feira, 18 de Fevereiro de 2020, 14h19
    1
    4

    Estamos com Jose Medeiros

  • Reginaldo Pinheiro | Terça-Feira, 18 de Fevereiro de 2020, 11h58
    4
    2

    Candidato bom para Mato Grosso é candidato comprometido com o movimento com o "MOVIMENTO MUDA SENADO" onde figura senadores fichas limpa como Reguffe, Álvaro Dias,Ariovisto Guimarães e Jorge Kajurú. Infelizmente Os nossos senadores Jaime e Wellington não são simpáticos a esse movimento, haja visto que nenhum dos dois nunca assinaram uma a favor de condenação em segunda instância. Querem a velha política do "É dando que se recebe"

Senadora, ataques e defesa de Galvan

selma arruda 400 curtinha   Selma Arruda, senadora cassada por crimes eleitorais, um deles caixa 2, escreveu artigo entitulado "MP x Aprosoja. Afinal, quem tem razão", especialmente para defender o aliado político Antonio Galvan, presidente da Aprosoja. Ao concordar com plantio de soja dentro de período proibido pela...

Deputado, carona e ainda se gabando

paulo araujo 400 curtinha   Considerado de baixo clero na Assembleia, o deputado Paulo Araújo (foto) agiu de carona e num oportunismo condenável acerca do decreto do governador Mauro Mendes da última quinta, quando resolveu relaxar as medidas restritivas em meio à pandemia do coronavírus e liberou o funcionamento...

Políticos querem suspender eleição

Cresce o movimento entre políticos para adiar as eleições municipais de outubro. O argumento utilizado é o impacto que o coronavírus terá na economia, saúde e vida das pessoas. Isso porque, neste ano, uma vacina não deve ficar disponível ao mercado e os prejuízos causados pela Covid-19 ainda estão só começando. Entre os políticos de MT que defendem adiar o pleito para 2022, quando a...

Ex-vereador, demagogia e contradição

everton pop 400   O ex-vereador por Cuiabá e apresentador de um programa popular de TV que leva o seu nome, Everton Pop (foto), gravou um vídeo em que critica o fato da Mesa Diretora da Câmara da Capital pagar os servidores todo dia 20, antecipando o salário em 10 dias do fechamento do mês. Pop só não...

Jayme é contra decreto do governador

jayme campos 400 curtinha   O senador Jayme Campos (foto), que já foi governador e prefeito, engrossa a lista dos que defendem isolamento social mais rigoroso neste momento. A postura vai na contramão do correligionário Mauro Mendes. O governador editou decreto que prevê a abertura de shoppings e comércio, desde...

EP e 2 medidas junto à Águas Cuiabá

emanuel pinheiro 400 curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro (foto) impôs duas medidas à concessionária Águas de Cuiabá. A empresa está proibida de cortar a água de inadimplentes e não terá direito a um aumento de 6%, aprovado pela Arsec. As medidas, segundo o prefeito, são...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.