ELEIÇÕES 2020

Quinta-Feira, 22 de Outubro de 2020, 09h:07 | Atualizado: 22/10/2020, 09h:18

ENTREVISTA AO RDTV

Gilberto defende gestão descentralizada e retomada do título de "Cidade Verde"

selo elei�es 2020

Candidato à Prefeitura de Cuiabá,  Gilberto Lopes (Psol) quer implementar uma administração descentralizada através de comitês gestores. A ideia é ouvir as demandas regionais e, assim, implementar ações que atendam melhor os anseios da população. “Hoje essas subprefeituras são apenas cargos fictícios. Nós vamos fazer com que elas funcionem de forma efetiva. Trabalhar com a comunidade”, assevera.

Atualmente, Cuiabá conta com 4 regionais: Leste, Oeste, Norte e Sul; além de 5 sub-prefeituras (Nossa Senhora da Guia, Distrito do Aguaçu, Distrito do Sucuri, Coxipó do Ouro e Nova Esperança).

 Gilberto adianta que, cada um dos pólos dentro da Capital, terá um viveiro para que Cuiabá recupere o título de Cidade Verde. Para tanto, vai disponibilizar 4 mil mudas. “Cuiabá hoje é apenas a 20ª Capital em arborização urbana. Essas obras do VLT deram um impacto negativo nessa questão do meio ambiente”, critica, numa referência às obras inacabadas.

Dayanne Dallicani

Gilberto Lopes

O candidato à Prefeitura de Cuiabá, Gilberto Lopes, do Psol, no estúdio do RDTV, durante entrevista conduzida pela jornalista Lídice Lannes

O candidato do Psol, que é administrador e servidor, salienta que a sua principal bandeira é o combate à corrupção sistêmica. “É possível ser gestor público e não roubar”, dispara. Argumenta que assim terá recursos para melhorar a atenção básica de saúde e reduzir o déficit de vagas na Educação. Cita que faltam, por exemplo, 13 mil vagas nas unidades de ensino e que a cobertura da atenção básica é de apenas 44%, quando deveria chegar a 75%. “Vou romper com as oligarquias e com o modelo de gestão existentes. Esse modelo de gestão é do século passado, dos coronéis”.

Por fim, Gilberto critica o duelo travado entre o governador Mauro Mendes (DEM) e o prefeito da Capital Emanuel Pinheiro (MDB). Para ele, a situação tem como pano de fundo as eleições de 2022. O servidor diz que a Capital foi esquecida pela administração estadual. “Cuiabá está esquecida. Desde o governo Blairo Maggi Cuiabá não teve nenhuma obra estadual. Últimas obras foram feitas no governo Dante (de Oliveira, já falecido), que é cuiabano”, que não menciona, por exemplo, as obras da Copa de 2014 que foram executadas e entregues em Cuiabá.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Eduardo Alvarenga | Quinta-Feira, 22 de Outubro de 2020, 12h14
    0
    1

    PSOL, estou fora

Novo ensaio do privilegiado Neurilan

neurilan fraga 400   Neurilan Fraga (foto) transformou mesmo a AMM não apenas num cabide de emprego, mas numa entidade para, em alguns casos, atender a seus interesses pessoais. Ali, investido no cargo de presidente, inclusive já pelo quarto mandato, mesmo não sendo mais prefeito, ele se articula politicamente o tempo todo....

Dobradinha no Podemos pela reeleição

claudinei 400 curtinha   Eleito deputado na onda Bolsonaro, o delegado de Polícia Claudinei de Souza Lopes (foto) resolveu deixar o PSL e vai se abrigar no Podemos. Sonha com a reeleição. Sua estratégia é trabalhar o que se chama de dobradinha eleitoral com o deputado federal José Medeiros, especialmente em...

Valtenir atrai lideranças para o MDB

valtenir pereira 400   Mesmo sem mandato eletivo, o ex-vereador pela Capital e ex-deputado federal Valtenir Pereira (foto) continua se articulando nos bastidores, agora pelo fortalecimento do seu partido, o MDB. Ele está convencendo algumas lideranças a se filiar na legenda emedebista. Dois líderes são prefeitos...

Chefe do Escritório de ROO em Cuiabá

mario marques 400 curtinha   O prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio, que iniciou neste mês o 3º mandato, mantém como parte da estrutura da administração um cargo de chefe do Escritório de Representação do município na Capital. E Pátio nomeou para esta...

Prefeito cria comitê pra debater modal

emanuel pinheiro 400 curtinha   Mesmo o governador Mauro Mendes já tendo anunciado que vai implantar o BRT na Região Metropolitana, em detrimento do VLT, o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro (foto) criou um comitê de análise técnica para, segundo ele, definir o modal de transporte para a região. Emanuel...

Desembargadores recebem 6 auxílios

maria helena povoas 400   O Tribunal de Justiça de MT, presidido pela desembargadora Maria Helena Póvoas (foto), vai pagar uma série de direitos e vantagens que "engordam" substancialmente o subsídio de seus magistrados e que foram programados pelo ex-presidente Carlos Alberto para liberá-los no orçamento...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.