ELEIÇÕES 2020

Sexta-Feira, 27 de Novembro de 2020, 13h:42 | Atualizado: 28/11/2020, 08h:03

FIGHT NA TV

De diabo a corrupto; debate entre Abílio e Emanuel é caótico e cheio de xingamentos

selo elei�es 2020

Corrupto, despreparado, inexperiente, fantasma, prefeito do paletó, mimado, rei da mentira e diabo. Os adjetivos mostram o tom adotado por Abílio Júnior (Podemos) e Emanuel Pinheiro (MDB) durante o tenso e conturbado debate realizado pela TV Vila Real, no final da manhã desta sexta (27). No penúltimo embate do segundo turno em Cuiabá, os rivais exageraram nas acusações que geraram enxurrada de pedidos de direito de resposta e desrespeito às regras do programa.

O mediador do debate, jornalista Antônio Carlos, teve trabalho para tentar acalmar os ânimos dos oponentes que não pouparam as trocas de farpas nem mesmo quando estavam com seus microfones desligados. Em mais de 2 horas de programa, foram mais de dez pedidos de direito de resposta, sendo que seis deles foram atendidos pela produção. Abílio, reclamando dos ataques sofridos por Emanuel e de não ter todos os seus requerimentos atendidos, chegou a ameaçar deixar os estúdios da emissora.

O diferencial do debate da emissora no segundo turno foi a participação de jornalistas do Grupo Gazeta e de outros sites da Capital (Rdnews, MídiaNews, Repórter MT e FolhaMax).

João Vieira

debate 2 turno - vila real - ab�lio e emanuel

Abílio Júnior e Emanuel Pinheiro duelam durante o penúltimo debate do 2º turno na Capital, mediado pelo jornalista Antônio Carlos da TV Vila Real

Na tentativa de continuar no comando do Palácio Alencastro, Emanuel afirmou que a população deve “abrir o olho” em relação ao adversário, já que ele teria anunciado o fechamento do Hospital Municipal de Cuiabá (HMC), além da interrupção das obras do Contorno Leste e de programas como o Kit Escolar.

Todas as acusações foram negadas pelo vereador, que ligou os ataques a um suposto desespero do emedebista, que estaria com medo de sair da prefeitura, perder o foro privilegiado e acabar preso em decorrência das investigações sobre o vídeo em que o chefe do Executivo Municipal aparece colocando maços de dinheiro no paletó (vídeo integra delação do ex-governador Silval Barbosa, que afirma se tratar pagamento de propina ao então deputado estadual.

Atrás nas pesquisas divulgadas até então, Emanuel tentou convencer a população que seu adversário é desequilibrado e despreparado para assumir o cargo de prefeito e lembrou que Abílio, enquanto vereador, desrespeitou servidores e mulheres, chegando a responder 26 boletins de ocorrência registrados por trabalhadores da prefeitura. O emedebista ainda citou trecho da Bíblia para dizer que o rival é o “pai da mentira”, assim como o diabo.

João Vieira

debate 2 turno - vila real - emanuel

O prefeito Emanuel Pinheiro durante o debate da TV Vila Real

Já Abílio tentou rebater a pecha de ser uma pessoa sem equilíbrio emocional. “Mais uma mentira do meu adversário. Se eu tive equilíbrio para enfrenta-lo nesses quatro anos, para sobreviver na Câmara Municipal cheia de paus-mandados, para sobreviver a todo o dinheiro da máquina pública usado contra, se tenho equilíbrio de ir nas audiências públicas enfrentar os puxas-sacos do prefeito e até levar tapa na cara, eu terei muito equilíbrio e sabedoria para mudar a história de Cuiabá.

Para contrapor Emanuel, Abílio começou o debate tratando o prefeito como paletó, em referência ao vídeo da delação de Silval e amplamente explorado por ele no horário eleitoral. Em determinado momento do programa, o vereador insistiu em perguntar o quanto de dinheiro o prefeito havia colocado nos bolsos do Paletó.

Emanuel, por sua vez, manteve a narrativa de que o montante recebido pelo então chefe de gabinete de Silval era referente ao pagamento de dívida do então governador com seu irmão Popó, dono de um instituto de pesquisa. Afirmou que só se explicou sobre o caso agora, pois havia sigilo judicial sobre as investigações e que o depoimento do servidor público Valdecir Cardoso o inocentando não é contraditório, apesar de o mesmo ser investigado pelo Ministério Público por falso testemunho.

“O servidor é testemunha de acusação do Ministério Público Federal (MPF) no processo que corre na Justiça federal, em que iremos provar minha inocência nesse mar de lama que nos envolveram. Se ele serve para testemunha de acusação, imagina a credibilidade que tem. Era o homem de confiança do então chefe de gabinete e instalou as câmeras, além de relacionar os deputados que seriam filmados”, disse, garantindo ter mais provas materiais e testemunhais que comprovam a sua inocência.

O líder das pesquisas de intenção de voto também continuou o posicionamento contrário à imprensa. Levantou suspeitas quanto a suposto favorecimento da emissora a Emanuel, e atacou o jornalista Pablo Rodrigues, quando foi questionado sobre incoerência de pregar corte de gastos públicos e ter recebido mais de R$ 700 mil com verba indenizatória da Câmara durante todo o seu mandato, inclusive durante a pandemia.

João Vieira

debate 2 turno - vila real - ab�lio

O vereador Abílio Júnior durante debate da TV Vila Real, no fim da manhã desta sexta (27)

De forma genérica, ressaltou que, através de seu trabalho, foi possível “retornar mais de R$ 3 milhões” aos cofres públicos. Abílio também alega ter recebido apenas o que os demais vereadores também tiveram direito. A Câmara é composta por 25 parlamentares.

Contas do Alencastro

Para tentar cristalizar a imagem de despreparado de Abílio, Emanuel insistiu em pedir que o adversário explicasse a diferença entre dívida pública e dívida ativa. “Qual a dívida pública e dívida ativa da Prefeitura de Cuiabá? Como o senhor pretende resolver esses problemas e equacionar as contas públicas?”.

Abílio, no entanto, questionou o emedebista sobre o dinheiro do paletó. “A dívida ativa e pública do município ultrapassa R$ 700 milhões. Agora me responda aquilo que não respondeu: quanto o senhor pegou e colocou no paletó?”.

Por fim, o candidato à reeleição disparou que Abílio é o candidato mais despreparado da história de Cuiabá. “R$ 800 milhões é só da dívida ativa, R$ 600 milhões é de dívida pública. São mais de R$ 1,4 bilhão. Dívida pública que eu herdei das outras gestões. Dos R$ 600 milhões pagamos R$ 200 milhões das gestões anteriores e contraímos mais R$ 200 milhões, mantendo as contas equilibradas”.

No fim das contas, Emanuel foi chamado de: corrupto, mentiroso, prefeito vergonha nacional e prefeito do paletó. E Abílio teve que ouvir os xingamentos: pai da mentira, fantasminha, despreparado, desequilibrado e até de diabo.

Postar um novo comentário

Comentários (15)

  • Everton | Sexta-Feira, 27 de Novembro de 2020, 23h21
    0
    2

    Alexandre e Zé da roça, um é anti-petista sem noção, outro é baba-ovos do Bozo. Os dois aqui dando opinião furada, achando que são donos da verdade. ´Claro que ninguém precisa esperar desses dois outra coisa a não ser peçonha e disseminar ódio. Parece que esta é a única razão de desses dois, escórias da humanidade.

  • Carlos | Sexta-Feira, 27 de Novembro de 2020, 17h57
    17
    7

    Quem ama Cuiabá vota 15! Cuiabá está cada dia melhor pra se viver! Não troco o certo pelo duvidoso! Dia 29 é. 15!

  • Marcelo Cuiabano | Sexta-Feira, 27 de Novembro de 2020, 17h25
    7
    14

    Quem criou a Abilio foi o Emanoel não existiria o Abilio sem o Paletó do Emanoel e sem o Emanoel enchendo os bolsos não existiria o Abilio que por sua vez existe por causa do Emanoel que criou o Abilio entendeu?

  • alexandre | Sexta-Feira, 27 de Novembro de 2020, 16h04
    15
    33

    até domingo, vão aparecer milhoes de fakes news contra o Abilio...a politica é muito suja....eleger paletó é premiar a corrupção,a justiça é lenta demais...

  • Helder Santos | Sexta-Feira, 27 de Novembro de 2020, 15h56
    28
    10

    O Grupo Gazeta que se cuide! Abílio vai contar tudo que aconteceu pra vovó. "Eu vou embo-la...huuur"...😡😡

  • Gilston | Sexta-Feira, 27 de Novembro de 2020, 15h46
    34
    11

    Abilio ta igual ao bolsonaro que usou a suposta facada pra fazer os eleitores sentir pena e votar nele.Ta usando até morto "pastor Sebastião ", e uma criança especial pra convencer o eleitor. Abilio ta desesperado e percebeu que sua casa caiu e ai apela por sentimento frágil dos eleitores menos avisado. Depois fala que é o EP usa estes artificio. Hoje no debate vi um Abilio mais arrogante ja contando com a vitoria na eleição. Ovo ainda ta na galinha seu abilio, cuidado

  • alexandre | Sexta-Feira, 27 de Novembro de 2020, 15h45
    14
    36

    Domingo é 19 contra os caciques da velha politica... PMDB.

  • alexandre | Sexta-Feira, 27 de Novembro de 2020, 15h39
    14
    37

    não voto em velha politica, apoiado por PT, favaro, domingo é 19..

  • Bruno | Sexta-Feira, 27 de Novembro de 2020, 15h15
    33
    12

    A população cuiabana não é boba. Na hora de votar, vai confirmar o seu voto ao melhor candidato. Ao Emanuel 15, que já mostrou ser capaz de comandar o município COM BRILHANTISMO. O Outro parece que só chegou até aqui fazendo acusações e rebuliços e confundindo toda gente parece, com falácias e estardalhaços. Parece, criando situações de conflitos, parece que para usar a suas ardilosas retórica agressivas, que parece fazer uso para esconder, mas que parece deixar nítida a sua mais completa IMATURIDADE. PARECE BEM FRACO E MUITO IMATURO O CANDIDATO "ABÍLIO"

  • Lucas | Sexta-Feira, 27 de Novembro de 2020, 14h59
    37
    8

    O debate em si, foi muito fraco, com muita baixaria de ambos os lados. Técnicamente, o Abilio é muito fraco, ainda um pouco despreparado e imaturo. Como um candidato a prefeitura não sabe a diferença entre divida ativa e divida publica do município?? Emanuel, tecnicamente é melhor, embora também esteja entrando na pilha da baixaria.

Setores vivem tensão e são castigados

Gilberto Figueiredo Artigo O governo acerta ao estender o horários de funcionamento dos supermercados. Afinal, desde que o decreto entrou em vigor, as filas se multiplicaram pela Capital, aumentando o risco de transmissão do novo coronavírus. Há a expectativa de que novas medidas possam ser tomadas diante do evidente colapso da...

Limpeza e obras no entorno da Arena 

Beto 2x1 400 curtinha   Apesar da Arena Pantanal ser um cartão postal do Estado, o entorno do estádio vive situação crítica com lixo nas ruas, episódios de esgoto à céu aberto e matagal. O secretário estadual de Esporte e Cultura, Beto 2 a 1 (foto), em visita ao Rdnews, assegura que os...

VI de R$ 18 mil garantida na Câmara

A verba indenizatória de R$ 18 mil para os vereadores da Câmara de Cuiabá está garantida, pelo menos por enquanto. Depois de diversas ações judiciais, derrubando a alta indenização por gastos do mandato, os vereadores implantaram o benefício novamente em dezembro. O Ministério Público entrou com nova ação para declarar a verba inconstitucional. Um dos problemas é a falta de prestação...

Efeito-Covid adia vinda de Michelle

michelle bolsonaro A primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro, e a secretária da Mulher, Luciana Zamproni, resolveram transferir para abril a agenda de 11 de março que teria como convidada a secretária nacional de Mulheres, do Ministério dos Direitos Humanos, Cristiane Britto e a primeira-dama do Brasil Michelle...

Governador entre a cruz e a espada

mauro mendes curtinha   Às vésperas da pandemia completar 1 ano em MT, o Estado vive o seu pior momento e o governador Mauro Mendes (foto) enfrenta uma verdadeira prova de fogo: liderar ações coordenadas em todo o território mato-grossense para evitar que o Estado viva cenas parecidas com as de Manaus e de Estados...

Câmara volta a realizar 2 sessões

juca 400 curtinha   A Câmara de Cuiabá, sob a presidência do vereador Juca do Guaraná Filho (foto), volta a realizar duas sessões semanais, nas terças e quintas. Por conta da pandemia, as sessões serão remotas. A resolução foi aprovada por unanimidade pelos parlamentares que vinham...