ELEIÇÕES 2020

Quarta-Feira, 30 de Setembro de 2020, 11h:52 | Atualizado: 30/09/2020, 15h:57

REFORMA ADMINISTRATIVA

Defensor da meritocracia a servidores, Reinaldo pede fim de verba indenizatória

selo elei�es 2020

O candidato ao Senado Reinaldo Morais (PSC), em live na noite de terça (29), defendeu a necessidade e uma ampla reforma administrativa em todos os âmbitos dos Poderes. Reinaldo acredita que a medida é urgente e alerta sobre a necessidade de corte de verbas indenizatórias.

Para o candidato, a reforma administrativa neste momento é mais importante que a reforma tributária. Reinaldo acredita que o tamanho da estrutura do Estado é fato gerador da alta carga tributária a que os brasileiros são submetidos.

“Precisamos diminuir o tamanho do governo, reduzir toda essa estrutura. Nós não aguentamos mais pagar tantos impostos. Eu digo isso como um pagador de imposto da pessoa física, pessoa jurídica, da folha de pagamento… Precisamos reduzir e essa redução só vai acontecer com o corte de benefícios”, afirmou.

Rodinei Crescêncio

Reinaldo Moraes

Candidato ao Senado Reinaldo Morais acredita que reforma administrativa é urgente e alerta sobre a necessidade de corte de verbas indenizatórias

Reinaldo criticou o pagamento de verbas indenizatórias dos parlamentares e defende que o corte deve começar nos gabinetes. “Quantos deputados de Mato Grosso decidiram devolver a verba indenizatória de R$ 65 mil que eles recebem, além do salário, e nem precisam prestar contas? Eu não sei de nenhum! Existe um teto constitucional para o pagamento do salário, que é R$ 33 mil reais. Só que além disso, existe a verba de gabinete, que no Senado é quase 10 vezes a mais que o salário. Não tem razão um senador ter uma verba de R$ 300 mil por mês”, criticou.

O empresário foi incisivo ao pontuar que a classe política não pode propor mudanças para o funcionalismo público, sem incluir os próprios benefícios que usufruem durante todo o período de mandato. “É necessário fazer uma análise sobre tudo isso e cortar na carne. Não podemos exigir mudança para o funcionalismo público e a classe política continuar na mesma. Infelizmente, muitos usam esse dinheiro pra fazer campanha por todo o tempo de mandato, com dinheiro público, já pensando na próxima eleição. É muito dinheiro e a máquina fica pesada. O cidadão não aguenta”.

Meritocracia

Para Reinaldo, é necessário mudar as regras de concurso público, rever a metodologia e implementar a meritocracia. “Mudar uma regra que já está estabelecida é complicado. Não tem como chegar agora e mudar tudo, pois existe o direito adquirido. Mas, nós podemos sim mudar as regras para os próximos que virão. Acredito que é necessário implementar a meritocracia. Um exemplo: um professor que consegue a aprovação de 80% dos alunos no Enem, nas escolas técnicas, recebe o mesmo salário de um professor que aprovou apenas 10%. No modelo que está aí hoje, quem tem o mesmo nível de graduação e tempo de carreira, têm os mesmos direitos, independente da produtividade. Então, a meritocracia serve para isso, para melhor remunerar quem dá mais resultado”, defendeu.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Realista | Quinta-Feira, 01 de Outubro de 2020, 13h02
    2
    0

    Reforma administrativa só seria justa se abrangesse todos os poderes e todas as categorias de servidores. Mas do jeito que está sendo feita será tipo, tirar dos que tem menos para poder garantir a manutenção dos privilégios de quem sempre foi privilegiado. E eu fico pasma com esse pessoal empresário rei disso e daquilo outro ficar tão atraído pra entrar no estado via eleição. Os que conseguiram entrar até agora nada mostraram a que vieram. Aliás seguindo a atuação dos mesmos nas casas de leis, é possível observarr que legislam muito em causa própria.

  • DILDIDI | Quarta-Feira, 30 de Setembro de 2020, 16h40
    3
    1

    CONCORDO COM O CANDIDATO, seria interessante que não fossem somente os votos que fizessem galgar um lugar ao sol. E, APÓS serem diplomados em suas funções e cargos políticos TODOS SEM EXCEÇÃO deveriam estarem sujeitos a meritocracia, caso não, perderiam seus mandatos. Vejo projetos de lei que às vezes se assemelham a trabalhos escolares, mal formulados, sem objetivos concretos, sem ferramentas para acompanhamentos dos resultados.....MERITOCRACIA NO CONGRESSO, CÂMARA DOS DEPUTADOS, ASSEMBLÉIAS LEGISLATIVAS E CÂMARA DOS VEREADORES seria interessantíssimo, além de economizarmos milhões e milhões em gastos públicos. Comparar a um pobre docente chega a ser hilário. JÁ SE PERGUNTOU quais os motivos que leva uma aluno de uma escola pública, poder aquisitivo baixo, arrimo de família muitas vezes, estuda e dorme na sala de aula ao mesmo tempo, quer ter uma vida melhor, pelo menos para não carregar saco nas costas, empurrar pilhas e pilhas de material pesado, suporta humilhação de "gente" que se acha melhor porque tem uns troquinhos a mais....e ainda sonha em fazer um ENEM para sair da vida miserável que leva....acorda CANDIDATO, não jogue para as escolas e professores a incompetência de gestores públicos seja de que nível for, que prefere investir em quaisquer setores, menos educação. TIVE O PRIVILÉGIO DE ESTUDAR NAS MELHORES ESCOLAS, DENTRO E FORA DO PAÍS, TENHO NÍVEL DE ESTUDO DE QUE MUITOS GOSTARIAM.....mas optei pela escola pública para lecionar, cansei de ver injustiças das quais, talvez o poder aquisitivo de meus pais, sei que tive colegas extremamente inteligentes mas sem condições de galgar seus sonhos. Muitos galgaram e fico feliz por eles, mas em nosso meio tivemos mestres humanos, capacitadOS que amavam o que faziam, não eram apenas cumpridores de seus deveres meritocráticos. COMO SUGESTÃO AO CANDIDATO, sugiro que defenda uma educação de oportunidades entre o público e o privado, crie leis de incentivo à educação, que tal se tirasse o mínimo de recurso advindo das apostas em casas lotéricas ....QUEM QUER FAZ SR. CANDIDATO. A EDUCAÇÃO OU A FALTA DE CONDIÇÕES EM QUE ALUNOS DE ESCOLAS PRIVILEGIADAS CONSIGAM 80% DE APROVAÇÃO EM ENEM NÃO ESTÁ DIRETAMENTE PROPORCIONAL A COMPETÊNCIA OU A FALTA DELA. SE assim fosse, não teríamos inúmeros empresários bem sucedidos que sequer possuem nível superior. "MERITOCRACIA AOS FUTUROS CANDIDATOS"...

Euclides, ideia do "calote" e frustração

euclides ribeiro 400 curtinha   O advogado Euclides Ribeiro (foto), que enriqueceu atuando na área de recuperação judicial e hoje detém um patrimônio declarado de R$ 23 milhões, não "decolou" com a candidatura ao Senado. Acreditava-se que sua principal proposta, aquela de recuperar o nome e o...

Empresários revoltados com candidato

vinicius nazario 400 curtinha   Os candidatos a prefeito de Alta Floresta, cidade pólo do Nortão, participaram de uma live nesta terça, organizada pela Universidade do Estado (Unemat). E chamou atenção, vindo a repercutir de forma negativa e provocar certa revolta no comércio local, o comentário do...

Olhar Dados mantém EP na liderança

emanuel pinheiro 400 curtinha   A sexta pesquisa do Olhar Dados sobre intenções de voto para prefeito de Cuiabá, divulgada nesta terça pelo site Olhar Direto, traz o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) estável, em primeiro, com 31,2%. Em segundo, com 7 pontos atrás, figura Abílio Júnior, com...

Meraldo disputa e contra próprio irmão

meraldo sa 400 curtinha   Meraldo Figueiredo Sá (foto), ex-prefeito de Acorizal por dois mandatos, está rindo à toa. Mesmo com parecer contrário do Ministério Público Eleitoral, por considerá-lo ficha-suja, Meraldo conseguiu deferimento do registro de sua candidatura. E entra no embate eleitoral com...

Gamba e efeito-vice em Alta Floresta

chico gamba 400 curtinha   O agricultor Chico Gamba (foto), que concorre a prefeito de Alta Floresta pelo PSDB, estaria disposto a substituir a vice da chapa, a empresária Roseli Gomes, a Rose da Tradição (PSC), por esta enfrentar forte desgaste político, rejeição popular e até denúncia. Mas,...

PT, candidata vetada e novo ajuste

bob pt 400 curtinha   O PT em Cuiabá, comandado pelo assessor do deputado Lúdio, Elisvaldo Almeida, o Bob (foto), terá de ajustar de novo a chapa proporcional, especialmente sobre candidaturas femininas em Cuiabá. Depois que foi intimado pela Justiça a completar a cota de mulheres, sob pena de indeferimento da...

MAIS LIDAS