ELEIÇÕES 2020

Terça-Feira, 27 de Outubro de 2020, 07h:44 | Atualizado: 27/10/2020, 07h:59

CANDIDATURA BARRADA

Defesa de Taques entra com recurso no TSE para mantê-lo na disputa ao Senado

selo elei�es 2020

A defesa do candidato ao Senado Pedro Taques (SD) apresentou, na noite desta segunda (26), recurso ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para reverter a decisão que rejeitou o registro de candidatura do ex-governador. Taques teve a candidatura indeferida por uma condenação envolvendo o uso político da Caravana da Transformação em 2018. No Recurso Ordinário (RO), a defesa alega que da decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) ainda cabe recurso com efeito suspensivo, ou seja, para os advogados, Taques pode concorrer ao Senado nesta eleição suplementar.

No pedido, a defesa de Taques destaca que a legislação diz que, para haver inelegibilidade por condenação por conduta vedada é necessário que a decisão tenha: trânsito em julgado ou seja proferida por órgão colegiado e  determinação de cassação do registro ou do diploma. Os advogados afirmam que não é o caso de Taques, já que ele foi condenado e seu recurso sobre a condenação ainda não foi julgado. Com isso, a anotação de inelegibilidade não teria "eficácia jurídica". 

Thiago Bergamasco

Pedro Taques

O ex-governador Pedro Taques teve o registro da candidatura ao Senado rejeitada pelo TRE-MT e agora recorre ao TSE para continuar na disputa

“Para se atrair a inelegibilidade é necessário que haja condenação expressa de cassação de registro ou diploma, e não a mera suposição de que isso ocorreria caso o candidato tivesse sido eleito (como foi com Pedro Taques), conforme precedente do Tribunal Superior Eleitoral em julgado unânime de relatoria do ministro Gilmar Mendes”, defendem os advogados.

A defesa cita ainda decisão do próprio TSE que diz expressamente: as causas de inelegibilidades são de legalidade estrita, não se admitindo interpretação extensiva com vistas a tolher a capacidade eleitoral passiva do cidadão. Lembra ainda palavras do ministro Dias Toffoli “as causas de inelegibilidade consubstanciam restrição aos direitos políticos, não podendo ser declaradas com base em afirmações hipotéticas”. 

Os advogados sustentam que somente a cassação do diploma, o que não foi decretado pelo TRE-MT porque ele não foi reeleito em 2018, poderia causar a inelegibilidade. Caso essa penalidade não seja aplicada, “questiona-se: vai se aferir a inelegibilidade pela gravidade das circunstâncias ou o valor da multa aplicada? Impossível! O critério é objetivo: cassação”, defendem.

Por fim, a defesa alega que já entrou com embargos de declaração contra o acórdão que condenou o candidato, ou seja, da decisão que multou Pedro Taques em R$ 50 mil por ter feito três edições da Caravana da Transformação em 2018, com cirurgias de catarata, sem que houvesse lei orçamentária autorizando os gastos.

“As decisões que importem em cassação só possuem eficácia após o julgamento pela instância superior (TSE) ou com o trânsito em julgado, uma vez que o recurso ordinário detém efeito suspensivo automático (o que também se estende aos embargos)”, defendem lembrando do princípio do duplo grau de jurisdição.

Diante das alegações, a defesa pede que o recurso seja conhecido e que Taques consiga o deferimento de sua candidatura ao Senado Federal. Assinam a defesa de Taques no RO os advogados Lenine Póvoas e Patrícia Naves Mafra.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Leonardo Silva | Quarta-Feira, 28 de Outubro de 2020, 08h39
    2
    0

    O homem que pegou o Estado devastado por dois atuais presidiários, José Riva e Silval Barbosa. Não foi reeleito porquê não agradaou o setor do agronegócio, mesmo com a pavimentação de rodovias estratégicas como a MT-242, MT-020 e a licitação e licenciamento da MT-129. Podem tentar o quanto quiser, Mas o HOMEM VEM AÍ!!!!! Pedro Senador!!!

  • Zeca | Quarta-Feira, 28 de Outubro de 2020, 07h56
    2
    0

    Estão com medo do Taques, por isso estão mexendo o doce. Só que como diz seus advogados, há jusrisprudência no caso e ele concorrerá normalmente. Votarei nele, foi um bom governador. Só quem não gostou foram meia dúzia de servidores que sempre foram contra todos os demais governadores. A começar pelo SINTEP, que já briga com Mauro atualmente. Taques pegou o estado totalmente arrasado, devendo, sem crédito de nada e conseguiu fazer muita coisa principalmente no interior. Voto nele!

  • Roberto Ferreira | Terça-Feira, 27 de Outubro de 2020, 16h48
    4
    2

    Escolheram a dedo está chapa, 2 inelegíveis , vergonha alheia

  • Maria jamyli de Sousa Alves | Terça-Feira, 27 de Outubro de 2020, 13h28
    8
    6

    Se Pedro, conseguir ainda voto nele,.

  • Paulo | Terça-Feira, 27 de Outubro de 2020, 09h49
    5
    4

    Perda de tempo. Economiza o dinheiro dessa defesa. Aproveita a deixa e cai fora, vc não ganha pra nada não.

  • Beto | Terça-Feira, 27 de Outubro de 2020, 08h14
    5
    2

    Estão com medo do baixinho.

Reeleição consagradora e base forte

leonardo bortolini leo 400 curtinha   Em Primavera do Leste, o prefeito Léo Bortolin (foto) mostrou nas urnas ser mesmo um líder político emergente da região. Ele assumiu o Executivo, após vencer a eleição suplementar em novembro de 2017, com 69% dos votos válidos. Agora foi à...

Vereador eleito diz não apoiar Abílio

eduardo magalhaes 400 curtinha   Release produzido pela campanha de Abílio Júnior anuncia que 13 dos 25 vereadores eleitos e/ou reeleitos estão apoiando o candidato do Podemos neste segundo turno em Cuiabá. E incluiu na lista Eduardo Magalhães (foto), do Republicanos. Mas o próprio Magalhães,...

Ibope mostra acirramento Abílio x EP

abilio junior 400 curtinha   O primeiro resultado da pesquisa Ibope deste segundo turno, revelado hoje pela TVCA, apontando Abílio (foto) com 48% e Emanuel com 40% das intenções de voto, empatados tecnicamente dentro da margem de erro de 4 pontos percentuais para mais ou para menos, é uma mostra do quanto está...

Ricardo atuando pela reeleição de EP

ricardo adriane 400 curtinha   O ex-vereador Ricardo Adriane (foto), um dos dirigentes do Republicanos da Capital e do quadro de assessores do presidente da Assembleia, deputado Eduardo Botelho, está fazendo campanha pela reeleição do prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro. Numa reunião ampliada, Ricardo deixou claro que...

Única petista eleita define apoio a EP

edna sampaio 400 curtinha   Única vereadora eleita pelo PT na Capital, a professora Edna Sampaio (foto) resolveu declarar apoio à reeleição do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB). E mandou mensagens aos servidores públicos, que passarão a ter a petista como espécie de porta-voz na Câmara Municipal....

Batista agora aparece pra pedir voto

joao batista 400 curtinha   Único deputado do Pros com assento na Assembleia e presidente estadual do partido, João Batista (foto) resolveu aparecer nestas eleições em Cuiabá, mas no segundo turno. No primeiro, foi escondido pela candidata do Pros, Gisela Simona, que ficou em terceiro lugar. Nos bastidores,...