ELEIÇÕES 2020

Terça-Feira, 28 de Janeiro de 2020, 16h:06 | Atualizado: 28/01/2020, 16h:14

ELEIÇÃO SUPLEMENTAR

Dilmar disputa com Júlio escolha do DEM ao Senado e teme prejudicar base aliada

Rodinei Crescêncio

Dilmar Dal Bosco

Deputado Dilmar Dal Bosco durante reunião de comissão na AL; ele tanta indicação do DEM para disputar Senado

O deputado estadual Dilmar Dal Bosco (DEM), líder do Governo na Assembleia, mantém o interesse em disputar a eleição suplementar ao Senado marcada para o próximo dia 26 de abril. Com isso, o ex-governador Júlio Campos deixa de ser o único pré-candidato do DEM  e  obriga a sigla a estabelecer critérios para definição do seu representante no processo eleitoral.

Em reunião realizada nesta segunda (27), no Palácio Paiaguás, a direção estadual do DEM estabeleceu prazo até 16 de fevereiro para que os interessados apresentem seus nomes como pretensos candidatos a senador. Entretanto, Dilmar não esteve presente.

“Fui avisado em cima da hora e como moro em Sinop, não consegui chegar em Cuiabá a tempo de participar da reunião. Considero Júlio Campos um excelente quadro para a disputa, mas meu nome também está à disposição. Outros fatores precisam ser levados em consideração”, ponderou Dilmar ao .

Segundo o democrata, o partido precisa considerar que venceu as eleições ao Governo do Estado com uma ampla aliança política. Lembra ainda que os partidos que sustentam o Governo Mauro Mendes (DEM)  também têm interesse no Senado e por isso, a decisão de lançar candidatura precisa ser avaliada com muito critério para não comprometer a gestão estadual.

A aliança que elegeu Mauro no primeiro turno, em outubro do ano passado, é formada por oito partidos. Além do DEM,  inclui PSD , PDT, PSC,  MDB, PMB, PHS e PTC.

“O PDT lançou o vice-governador Otaviano Pivetta. O PSD já tem o Carlos Fávaro na fila desde 2018. Nós do DEM temos o senador Júlio Campos. Precisamos ouvir o MDB e o PSC. São vários aspectos que precisam ser considerados. Não podemos olhar apenas para a vaga no Senado e esquecer que precisamos dos aliados para governar Mato Grosso. Meu nome está à disposição, mas é necessário avaliar todos os cenários”, completou.

A eleição suplementar para o Senado será realizada em 26 de abril, mas a propaganda eleitoral inicia em 18 de março. O objetivo é preencher a vaga ocupada pela senadora Selma Arruda (Podemos), que teve a cassação por abuso do poder econômico e caixa 2 nas eleições de 2018 confirmada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e deve ter o mandato declarado extinto em fevereiro.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Luiz Dutra | Terça-Feira, 04 de Fevereiro de 2020, 11h26
    0
    0

    Luiz Dutra, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Henrique beltão | Terça-Feira, 28 de Janeiro de 2020, 21h04
    1
    3

    Só coisa ruím, credo!!!

  • Eder Ribeiro | Terça-Feira, 28 de Janeiro de 2020, 20h31
    6
    1

    Ele tem que resolver a situação dos cabos eleitorais do vale do Araguaia que estão esperando serem nomeados! É cada um se achando! Respeita a experiência!!

  • Carlos Alberto | Terça-Feira, 28 de Janeiro de 2020, 16h43
    9
    5

    Deputado Dilmar, com todo respeito que o Sr. merece dos filiados do DEM de MT, mais ainda não é sua vez de disputar um mandato de Senador da Republica, ainda mais em uma eleição suplementar com apenas 35 dias de campanha eleitoral,e com candidatos forte e preparados para um debate eleitoral, só um ex-Governador e brilhante parlamentar como foi o Dr.Julio Campos, para enfrentar essa parada em nome do nosso Partido. A Baixada Cuiabana representa 33% do eleitorado de MT, e do DEM só o Julio consegue sensibilizar a nossa região e o proprio interior do Estado,por ser conhecido e respeitado por todos. Aguarde a sua vez com paciencia, continue cumprindo o seu mandato de Deputado Estadual até 2022 e de Lider do Governo. Não divida o nosso Partido, faça como o Deputado Botelho, que entendeu que o Julio Campos é o melhor nome do DEM para essa disputa de Gigantes. Calma amigo.

Presidente do TJ-MT assume Codepre

carlos alberto tj 400 curtinha   O presidente do TJ-MT Carlos Alberto (foto) foi eleito presidente do Colégio de Presidentes dos Tribunais de Justiça (Codepre) do país. O cargo alça o membro de MT à liderança de discussões nacionais importantes. Dentre as atribuições do colégio...

Brecha pra futuro cassado ir à Justiça

kero kero curtinha 400   Wilson Kero-Kero (foto), ex-SD (socialista) que foi para ex-PSL (direita), anunciou ida para Podemos, mas permanecerá no partido direitista, é o relator do processo de cassação do colega Abílio Júnior, na CCJ da Câmara de Cuiabá. Na Comissão de Ética o...

Filho de Taborelli assume vaga em VG

Willy taborelli _ curtinha400   O pai coronel Taborelli está fora de combate, mas o filho Willy (PSC), suplente de vereador, vai assumir cadeira na Câmara de VG a partir de 2 de março. Vai atuar na vaga do correligionário Miguel Baracat, que se licencia para fazer tratamento de saúde. O filho do polêmico...

Sem acordo para ter apoio de Selma

otaviano pivetta 400 curtinha   O empresário e vice-governador Otaviano Pivetta, pré-candidato ao Senado, disse que, de fato, recebeu convite para se filiar ao Podemos, inclusive do deputado Medeiros, um de seus prováveis adversários nas urnas de abril, mas que segue firme no PDT. Destaca ser um admirador do senador...

Na expectativa para disputar Senado

nelson barbudo 400 curtinha   Se o TRE flexibilizar a data de filiação para quem quer concorrer ao Senado, na eleição suplementar de abril, a inflação de candidatos tende a ser ainda maior. Entrariam no páreo, além dos 10 que já se dizem pré-candidatos, o ex-governador Pedro...

Conflito armado entre Ulysses e Elizeu

ulysses moraes curtinha   Já está dando confusão no PSL/DC o acórdão feito entre os deputados estaduais Ulysses (foto) e Elizeu. O primeiro confidenciou a amigos que não pretende apoiar a possível candidatura de Elizeu ao Senado, na eleição suplementar, marcada para abril. A considerar...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.