ELEIÇÕES 2020

Segunda-Feira, 21 de Setembro de 2020, 16h:15 | Atualizado: 22/09/2020, 09h:22

CORRIDA AO SENADO

Em 6 meses, Fernanda, Leitão e Azuaga perdem patrimônio; Procurador mantém

selo elei�es 2020

Quatro dos nove candidatos que chegaram a se lançar em março para a eleição ao Senado fizeram novo pedido de registro de candidatura à Justiça Eleitoral. Todos eles mantiveram praticamente o mesmo valor de bens declarados. A eleição remarcada para 15 de novembro terá, no total, 11 na disputa pela vaga da senadora cassada Selma Arruda (Podemos). Os dados podem ser acessados pelo Divulga Cand (aqui).

A tenente-coronel Rúbia Fernanda (Patriota) e Nilson Leitão PSDB) perderam cerca de R$ 10 mil de bens em relação à declaração feita há 6 meses. Já o Procurador Mauro (Psol) declara os mesmos bens desde 2014. Pelo Novo, Feliciano Azuaga ficou mais pobre.

Fernanda, que encabeça a Chapa "Meu partido é o Brasil. Nossa missão é Mato Grosso" diz ter R$ 1,6 milhão. Manteve na declaração dois carros, a casa onde reside no Alphaville (avaliada em R$ 1,5 milhão) e cerca de R$ 3 mil em depósito bancário. Na declaração anterior, de março, havia declarado ter R$ 16 mil nas contas bancárias.

De acordo com a declaração de patrimônio, os veículos da lista estão em nome do marido, Wanderson Nunes de Siqueira, sendo uma Toyota Hilux, avaliada em R$ 81,3 mil e o Fiat Uno em R$ 26,9 mil.

O primeiro-suplente na chapa, o ex-deputado federal Victório Galli (Patriota), declarou apenas um Renault Duster, avaliado em R$ 64 mil. O carro é o mesmo declarado em março, quando valeria R$ 70 mil. Já o segundo suplente, o tenente Luciano Esteves Correa Costa (Patriota), declarou um valor menor em relação a março. Isso porque a casa, declarada no valor de R$ 200 mil, agora aparece avaliada em R$ 133 mil. O suplente também declarou um Volkswagem Gol, antes declaro em R$ 25 mil e agora em R$ 30 mil.

Rodinei Crescêncio

Rubia Fernanda declara��o

Leitão

Em novo pedido de registro para candidatura ao Senado, Leitão declarou patrimônio avaliado em R$ 863,8 mil. Quase R$ 10 mil de diferença com os bens que acumulava em março.

Mantém na lista duas casas em Sinop avaliadas em R$ 240 mil e R$ 193 mil, respectivamente. Também consta na declaração de bens, três terrenos urbanos, um deles com imóvel em construção, com valores declarados de R$ 69,1 mil, R$ 45,6 mil e R$ 91 mil. 

Para o pleito de 15 de novembro, o candidato terá como primeiro suplente o experiente Júlio Campos (DEM), que declarou bens avaliados em R$ 18,3 milhões. Em março, o democrata se registrou como candidato ao Senado, mas acabou recuando. Na época, tinha o mesmo valor de patrimônio.

Como segundo suplente, o cabeça de chapa da Coligação Mato Grosso por Inteiro (PSDB, DEM, PL e PTC) terá o empresário Zé Marcio Guedes (PL), que declarou bens avaliados em R$ 1,3 milhão.

Rodinei Crescêncio/Arte/Rdnews

Bens Nilson Leit�o

Procurador e Azuaga

Já o Procurador Mauro (Psol), que vai com chapa pura, declara o mesmo patrimônio desde 2014 quando a casa e os dois carros totalizavam R$ 200 mil, e desde 2016, quando concorreu à Prefeitura de Cuiabá, declara bens avaliados em R$ 221 mil.

Ele possui em seu nome dois carros e uma casa que, em 2014, valia R$ 100 mil e, a partir de 2016, foi para R$ 150 mil. Os carros somam R$ 71 mil, sendo um de R$ 34 mil e outro de R$ 37 mil. Em 2014, cada carro era avaliado em R$ 50 mil.

A primeira suplente, Gonça de Melo, não declarou bens, e o segundo, enfermeiro Valderley Guia, declarou R$ 193 mil em patrimônio, sendo um apartamento, um terreno e um carro.

 

Rodinei Crescêncio/Arte/Rdnews

Bens Procurador Mauro

Azuaga, que é economista, também foi lançado em março. Naquele mês, disse ter bens avaliados em R$ 187,4 mil. Agora, o patrimônio caiu para R$ 170 mil. O primeiro suplente da chapa, Sérgio Antunes (Novo), tem R$ 950 mil. Já a segunda suplente, Vanessa Tomizawa, declarou R$ 16 mil.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

TCE vê superfaturamento em Juara

carlos sirena 400 curtinha   Em plena campanha eleitoral o prefeito de Juara, Carlos Sirena (foto), candidato à reeleição pelo DEM, está tendo que buscar explicações sobre irregularidades apontadas pelo TCE-MT em alguns casos de dispensa de licitação, especialmente nas compras de produtos para...

Doação à campanha a pedido de Jayme

jayme campos 400 curtinha   O senador Jayme Campos (foto) não tirou um centavo do bolso para colocar na campanha de Kalil Baracat, mas é o responsável pela entrada de praticamente a metade dos R$ 1,4 milhão doados ao candidato do MDB à Prefeitura de Várzea Grande. Graças à...

Ex-senadora ajuda a afundar Reinaldo

selma arruda 400   Mesmo entregue ao ostracismo político, após ser cassada neste ano da cadeira de senadora por crimes eleitorais, como caixa 2, Selma Arruda (foto) ainda acha que consegue "arrebanhar" eleitores. E foi pensando nisso que ela apareceu no curto tempo do horário eleitoral de Reinaldo Morais para pedir voto ao...

Taques agora na lista de ficha-suja

pedro taques 400 curtinha   O ex-senador e ex-governador Pedro Taques (foto) entra na lista dos fichas-sujas. Ele se inscreveu para concorrer ao Senado pelo SD, mas teve registro indeferido pelo TRE devido a uma condenação aplicada pelo próprio Tribunal pelo uso eleitoreiro da Caravana da Transformação...

Briga eleitoral de parentes em General

renato vilela 400 general carneiro   A briga política, jurídica e eleitoral na pequena General Carneiro, de 14 mil habitantes, está acirrada e envolve, em palanques diferentes, grupos com vínculos familiares. São dois na disputa pela prefeitura. A ex-prefeita Magali Vilela desistiu de tentar de novo o teste das...

Ataques a EP e o revide dos amigos

fabinho 400 curtinha   O empresário Fábio Martins Defanti, o Fabinho Promoções (foto), que em 2016 disputou para vereador e perdeu, está sendo bombardeado de críticas em grupos de WhatsApp, inclusive pelos próprios amigos, por causa de comentários, gravados em dois vídeos, com um...

MAIS LIDAS