ELEIÇÕES 2020

Terça-Feira, 24 de Novembro de 2020, 19h:38 | Atualizado: 24/11/2020, 22h:47

NA FECOMÉRCIO

Em debate, Emanuel descarta novo lockdown e Abílio ataca imprensa - vídeo

Reprodução de vídeo

Debate fecom�rcio- 2�turno

Em meio à onda do aumento da média de casos de Covid-19 em Cuiabá e também no Estado, o prefeito de Cuiabá e candidato à reeleição, Emanuel Pinheiro (MDB), descartou qualquer possibilidade de instalação do chamado lockdown, com o fechamento do comércio e outros setores econômicos. O posicionamento foi dado no início da noite de hoje (24) na Fecomércio de Cuiabá, que realiza nesta terça um debate entre os candidatos a prefeito que disputam o 2º turno em Cuiabá.

O vereador e candidato a prefeito Abílio Júnior (Podemos) também participou do evento, mas chegou atrasado, se irritou e se negou a responder as perguntas da imprensa ao ser questionado sobre apoio de políticos já condenados por corrupção. Veja vídeo abaixo divulgado pelo site Olhar Direto.

Segundo Emanuel, medidas extremas são necessárias, como aconteceu no início da pandemia, para informar a população sobre a doença, sua gravidade, riscos e a forma de se proteger desse mal, bem como a adequação da rede de saúde para atendimentos de pacientes. “Primeiro passo a população precisa se recolher para ser bem informada sobre aquela pandemia que está chegando, como se comportar diante dela. Segundo ponto, após a população isolada, você se prepara para o enfrentamento da pandemia. Tudo isso já foi feito e a população está muito bem informada, esclarecida e orientada sobre o tema”, ponderou o prefeito.

O candidato ressalta que a rede de saúde continua preparada para um eventual aumento de notificações da Covid-19 e que os leitos específicos para atendimentos a pacientes da doença não foram desativados.

“Enquanto não ficarmos 100% livres da pandemia é arriscado desativar a estrutura, especialmente de leitos de UTIs e de retaguarda. Tudo continua à disposição da população cuiabana e mato-grossense, portanto não há necessidade de lockdown”, destacou.

Questionado sobre o abalo causado pela pandemia no setor do comércio, bem como a finalização do pagamento pelo governo federal do auxílio emergencial, o prefeito diz que tem como proposta um programa de recuperação econômica de Cuiabá, com o foco no micro, pequeno e médio empresário, como os comerciantes.

Neste programa, a prefeitura vai dar desconto, isenções e parcelamentos no IPTU e no alvará de funcionamento das empresas. A proposta prevê ainda a criação de uma linha de crédito na qual a prefeitura paga os juros e o empresário arca com o capital. A  carência projetada é de 1 a 2 anos e o prazo de pagamento de 5 a 8 anos.

Até essa terça, Cuiabá já notificou 34 mil casos de Covid-19 e 1,08 mil mortes, segundo boletim epidemiológico divulgado pela secretaria estadual de Saúde (SES).

Ataques e irritação

O vereador e candidato a prefeito Abílio Júnior também participou do debate, mas se negou a atender a imprensa e desferiu ataques a veículos de comunicação. Ao invés de conceder entrevista, partiu para o bate-boca, sacou o celular para filmar e usar o vídeo nas suas redes sociais. 

O candidato se irritou ao ser questionado se não estava sendo incoerente com seu discuro anticorrupção ao aceitar apoio de outros políticos já condenados, como é o caso do ex-prefeito Roberto França (Patriota), que ficou inelegível devido a ato de improbidade administrativa por pagar servidores com empréstimo de CDC.

Abílio também não quis comentar sobre apoio eleitoral e financiamento de campanha.

“Quem financia minha campanha é povo”, disse ao ser questionado sobre a maior estrutura apresentada em programas eleitorais no 2º turno, bem como na mobilização de apoiadores.

Veja vídeo da entrevista

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • ANTONIO | Quarta-Feira, 25 de Novembro de 2020, 08h55
    0
    0

    ANTONIO, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

Chefe do Escritório de ROO em Cuiabá

mario marques 400 curtinha   O prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio, que iniciou neste mês o 3º mandato, mantém como parte da estrutura da administração um cargo de chefe do Escritório de Representação do município na Capital. E Pátio nomeou para esta...

Prefeito cria comitê pra debater modal

emanuel pinheiro 400 curtinha   Mesmo o governador Mauro Mendes já tendo anunciado que vai implantar o BRT na Região Metropolitana, em detrimento do VLT, o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro (foto) criou um comitê de análise técnica para, segundo ele, definir o modal de transporte para a região. Emanuel...

Desembargadores recebem 6 auxílios

maria helena povoas 400   O Tribunal de Justiça de MT, presidido pela desembargadora Maria Helena Póvoas (foto), vai pagar uma série de direitos e vantagens que "engordam" substancialmente o subsídio de seus magistrados e que foram programados pelo ex-presidente Carlos Alberto para liberá-los no orçamento...

Hospital cobra R$ 2,4 mi da prefeitura

luiz carlos pereira 400 tce   O Instituto de Saúde Santa Rosa recorreu ao TCE, na esperança de encontrar respaldo para receber R$ 2,4 milhões da secretaria de Saúde da Capital. Argumenta que a prefeitura, com quem mantém contrato desde 2019, está inadimplente, pois não teria pago integralmente os...

Definido novo presidente do Sanear

hermes avila 400   O prefeito Zé do Pátio nomeou à presidência do Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear) o engenheiro Hermes Ávila de Castro (foto), que tende a se efetivar no cargo. Hermes ocupa a cadeira que, desde janeiro de 2017, pertencia à Terezinha Silva de Souza,...

Afilhado de Bezerra nomeado adjunto

clovis cardoso 400   O MDB, sob o cacique político Carlos Bezerra, "emplacou" mais um filiado histórico em cargo relevante na gestão Mauro Mendes. O advogado e ex-superintendente regional do Incra-MT, Clovis Figueiredo Cardoso (foto), foi indicado e já nomeado para o cargo de secretário-adjunto de Agricultura...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.