ELEIÇÕES 2020

Terça-Feira, 24 de Novembro de 2020, 19h:38 | Atualizado: 24/11/2020, 22h:47

NA FECOMÉRCIO

Em debate, Emanuel descarta novo lockdown e Abílio ataca imprensa - vídeo

Reprodução de vídeo

Debate fecom�rcio- 2�turno

Em meio à onda do aumento da média de casos de Covid-19 em Cuiabá e também no Estado, o prefeito de Cuiabá e candidato à reeleição, Emanuel Pinheiro (MDB), descartou qualquer possibilidade de instalação do chamado lockdown, com o fechamento do comércio e outros setores econômicos. O posicionamento foi dado no início da noite de hoje (24) na Fecomércio de Cuiabá, que realiza nesta terça um debate entre os candidatos a prefeito que disputam o 2º turno em Cuiabá.

O vereador e candidato a prefeito Abílio Júnior (Podemos) também participou do evento, mas chegou atrasado, se irritou e se negou a responder as perguntas da imprensa ao ser questionado sobre apoio de políticos já condenados por corrupção. Veja vídeo abaixo divulgado pelo site Olhar Direto.

Segundo Emanuel, medidas extremas são necessárias, como aconteceu no início da pandemia, para informar a população sobre a doença, sua gravidade, riscos e a forma de se proteger desse mal, bem como a adequação da rede de saúde para atendimentos de pacientes. “Primeiro passo a população precisa se recolher para ser bem informada sobre aquela pandemia que está chegando, como se comportar diante dela. Segundo ponto, após a população isolada, você se prepara para o enfrentamento da pandemia. Tudo isso já foi feito e a população está muito bem informada, esclarecida e orientada sobre o tema”, ponderou o prefeito.

O candidato ressalta que a rede de saúde continua preparada para um eventual aumento de notificações da Covid-19 e que os leitos específicos para atendimentos a pacientes da doença não foram desativados.

“Enquanto não ficarmos 100% livres da pandemia é arriscado desativar a estrutura, especialmente de leitos de UTIs e de retaguarda. Tudo continua à disposição da população cuiabana e mato-grossense, portanto não há necessidade de lockdown”, destacou.

Questionado sobre o abalo causado pela pandemia no setor do comércio, bem como a finalização do pagamento pelo governo federal do auxílio emergencial, o prefeito diz que tem como proposta um programa de recuperação econômica de Cuiabá, com o foco no micro, pequeno e médio empresário, como os comerciantes.

Neste programa, a prefeitura vai dar desconto, isenções e parcelamentos no IPTU e no alvará de funcionamento das empresas. A proposta prevê ainda a criação de uma linha de crédito na qual a prefeitura paga os juros e o empresário arca com o capital. A  carência projetada é de 1 a 2 anos e o prazo de pagamento de 5 a 8 anos.

Até essa terça, Cuiabá já notificou 34 mil casos de Covid-19 e 1,08 mil mortes, segundo boletim epidemiológico divulgado pela secretaria estadual de Saúde (SES).

Ataques e irritação

O vereador e candidato a prefeito Abílio Júnior também participou do debate, mas se negou a atender a imprensa e desferiu ataques a veículos de comunicação. Ao invés de conceder entrevista, partiu para o bate-boca, sacou o celular para filmar e usar o vídeo nas suas redes sociais. 

O candidato se irritou ao ser questionado se não estava sendo incoerente com seu discuro anticorrupção ao aceitar apoio de outros políticos já condenados, como é o caso do ex-prefeito Roberto França (Patriota), que ficou inelegível devido a ato de improbidade administrativa por pagar servidores com empréstimo de CDC.

Abílio também não quis comentar sobre apoio eleitoral e financiamento de campanha.

“Quem financia minha campanha é povo”, disse ao ser questionado sobre a maior estrutura apresentada em programas eleitorais no 2º turno, bem como na mobilização de apoiadores.

Veja vídeo da entrevista

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • ANTONIO | Quarta-Feira, 25 de Novembro de 2020, 08h55
    0
    0

    ANTONIO, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

Para presidente, BRT é ultrapassado

juca 400 curtinha   Numa sintonia política com o prefeito Emanuel, o novo presidente da Câmara de Cuiabá, vereador Juca do Guaraná (foto), disse ser contra a decisão do governo estadual de "enterrar" o projeto do VLT, cujas obras estão paralisadas desde 2014, para implantar o modal BRT na Região...

Prefeito vai homenagear 2 ex-aliados

ze do patio 400 curtinha   O ex-vereador, ex-deputado estadual e hoje prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio (foto), que está no terceiro mandato, vai homenagear dois aliados que faleceram recentemente, sendo eles o ex-vereador de três mandatos Juary Miranda, que foi líder do Executivo na Câmara...

Maluf deve consultar STF sobre Teis

guilherme maluf 400 curtinha   Assim que retornar de férias, o presidente do Tribunal de Contas do Estado, Guilherme Maluf (foto), dará prosseguimento à análise do pedido de aposentadoria de Waldir Teis, que está afastado do Pleno há três anos e cinco meses, assim como outros três conselheiros...

Novo líder de Pátio na Câmara de ROO

reginaldo santos 400 curtinha   Reginaldo dos Santos (foto), que assume vaga na Câmara de Rondonópolis pela quarta vez, é o novo líder do prefeito Zé do Pátio, com a missão de fazer o trabalho de articulação e defesa do Executivo junto aos colegas do Legislativo. Na legislatura passada,...

Agro sugere Daniella de volta no Indea

daniella bueno 400 indea   Representantes do setor produtivo e um grupo de servidores sugeriram ao governador Mauro o nome da médica-veterinária e servidora de carreira Daniella Bueno (foto) para reassumir a presidência do Indea-MT. Aproveitaram a vulnerabilidade no cargo do presidente Marcos Catão Dornelas, denunciado...

Aumento para vereador só em 2022

Alguns vereadores em Cuiabá, tanto novatos quanto aqueles reeleitos, ficaram surpresos quando informados pela Mesa Diretora de que o aumento salarial de R$ 15,1 mil para R$ 18,9 mil, aprovado agora no final de dezembro, só começa a valer a partir de janeiro de 2022. Não entra em vigor de imediato, mesmo se tratando de nova legislatura, por causa da pandemia, que levou o governo federal a estabelecer, em lei, veto a qualquer tipo de reajuste para servidores até...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.