ELEIÇÕES 2020

Quinta-Feira, 13 de Fevereiro de 2020, 16h:40 | Atualizado: 13/02/2020, 16h:49

suplementar

Em reunião com Jayme, Alcolumbre apoia Júlio ao Senado: nosso general em MT

Marcos Brandão

Davi Alcolumbre

Presidente do Senado Davi Alcolumbre durante coletiva à imprensa em Brasília; ele se reuniu com Jayme Campos e declarou apoio a Júlio Campos

O presidente do Senado Davi Alcolumbre (DEM-AP) aproveitou encontro com o senador Jayme Campos (DEM), para reafirmar apoio à candidatura do correligionário Júlio Campos na eleição suplementar para senatória, marcada para 26 de abril. Além disso, defende que o DEM de Mato Grosso feche questão em torno da pré-candidatura. “Nosso general em Mato Grosso chama-se Júlio Campos”.

O apoio de Alcolumbre à candidatura de Júlio na eleição extemporânea sinaliza que a Executiva Nacional do DEM está unida em torno de uma candidatura própria para o pleito em Mato Grosso. Recentemente, em conversa com o presidente nacional da sigla, ACM Neto, prefeito de Salvador, ficou decidido que o partido trabalharia afinado pela candidatura própria de Júlio, sem perder a possibilidade de coligações nas duas vagas de suplentes existentes.

“Jayme e Júlio, os irmãos Campos, são homens de primeira linha que sempre estiveram com o partido em todas as circunstâncias, nos bons e nos maus momentos. Nosso apoio a eles é incondicional”, afirmou o presidente do Senado.

Alcolumbre lembrou que Júlio tem chances de novamente prestar um bom serviço para Mato Grosso, para o Senado e para o Brasil, por causa do seu conhecimento enquanto gestor público. “As chances de um grande mandato são grandes e as expectativas quanto aos resultados melhores ainda”.

A Executiva Regional do DEM em Mato Grosso definiu para 11 de março a convenção que decidirá o nome do partido para a disputa. O líder do Governo na Assembleia, Dilmar Dal Bosco, disse que tem interesse na disputa, mas que não pretende brigar pela indicação.

Apesar de declarar apoio incondicional a Júlio na disputa ao Senado, Alcolumbre já está fazendo pressão para que o Palácio do Planalto convença o deputado federal José Medeiros (Podemos) a aceitá-lo como suplente na chapa que está montando. Por enquanto, Medeiros tem recusado as investidas.

Júlio também se uniu aos pré-candidatos Carlos Fávaro (PSD) e Nilson Leitão (PSDB) com intuito de lançar candidatura única na eleição suplementar de abril. Neste caso, o mais bem colocado nas pesquisas encabeçaria a chapa e os outros ocupariam as suplências.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Reginaldo Pinheiro | Domingo, 16 de Fevereiro de 2020, 21h57
    0
    0

    Claro que Alcolumbre quer senador que usará o cargo para fazer negociatas. Senadores como Álvaro Dias, Ariovisto Guimarães, Reguffe e Jorge Kajurú não são bem vistos por Alcolumbre, ele prefere raposas como Wellington, Jaime, Renan, Bezerra que nunca assinaram uma lista a favor da prisão em segunda instância.

  • Israel Borges | Sexta-Feira, 14 de Fevereiro de 2020, 06h54
    0
    3

    julio campos o DR julio eo nosso candidato do DEM em mt os democratas estao com julio campos eo julio e do povo e do poavao nao e de uma classe apenas e de todos

  • ALAN SOARES NASCIMENTO | Quinta-Feira, 13 de Fevereiro de 2020, 19h52
    5
    1

    Se esse cidadão apoia coisa boa não é!!!!

  • Eduardo figueroa | Quinta-Feira, 13 de Fevereiro de 2020, 17h38
    2
    3

    Chimarao se você é do sul e veio para anos 80, seja racional foi os CAMPOS que deram oportunidades para vocês serem noque são hoje a turminha do AGRO, principalmente Ex Governador Júlio José Campos, ele hoje é o ideal para ser Senador que além de conhece todo Mato Grosso conhece nossa gente !

  • CHIRRÃO | Quinta-Feira, 13 de Fevereiro de 2020, 17h06
    4
    2

    DUVIDO SE A POPULAÇÃO "HONESTA" VAI APOIAR ALGUM DOS CAMPOS EM MT.

Vice e o uso político do Creci pró-Julio

claudecir 400 creci curtinha   O sindicato dos profissionais do Mercado Imobiliário de Mato Grosso, sob Juliano Lobato, em nota de repúdio, detona o atual vice-presidente do Creci-MT, Claudecir Contreiras (foto), para quem está fazendo uso político da entidade e beneficiando, de forma descarada, o...

Toninho e expectativa de retorno à AL

toninho 400 curtinha   Toninho de Souza, que no ano passado estreou como deputado, permanecendo no cargo por 46 dias, no lugar de Eduardo Botelho, vive expectativa de retornar à cadeira na Assembleia. Mas isso vai depender de uma decisão de Janaína Riva, que está no quarto mês de gravidez. Ela tem...

Parlamentar temido reassume em VG

caio cordeiro 400 curtinha   Com menos de 15 dias no cargo de vereador em Várzea Grande, o primeiro-suplente Caio Cordeiro (foto), do PRP, já terá de desocupar a vaga. Eis que está de volta, da prisão para retomar o assento de parlamentar, Jânio Calistro, que está no segundo mandato e responde...

Diversos cortes nas despesas da AL

eduardo botelho curtinha 400   Num período em que o Legislativo praticamente parou, assim como o Judiciário e órgãos vinculados aos Poderes, como TCE e MPE, o presidente da AL, deputado Eduardo Botelho (foto), tomou decisão correta ao cortar gastos enquanto perdurar a pandemia do coronavírus. Entre as...

Governador está tenso e preocupado

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro Mendes anda tenso e preocupado. Mesmo já tendo adotado uma série de medidas de prevenção, inclusive consideradas radicais, ele não dorme direito por causa das projeções nada otimistas de aumento nos próximos dias de casos de coronavírus em...

AL aprovará empréstimo de R$ 550 mi

A Assembleia aprovou, na convocação extraordinária desta sexta (27), dispensa de pauta para a mensagem do Executivo que pede autorização para contrair empréstimo de R$ 550 milhões junto à Caixa Econômica. O recurso será aplicado na construção de pontes de concreto em diversos municípios. Agora, a matéria entra na pauta e será aprovada pela maioria dos deputados na próxima segunda (30),...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.