ELEIÇÕES 2020

Sexta-Feira, 27 de Novembro de 2020, 15h:04 | Atualizado: 27/11/2020, 15h:18

Debate

Emanuel nega que processo prejudique sua imagem e Abílio não teme ser vidraça

João Pinheiro

Jornalista Andhressa Barboza - durante debate da TV Vila real novembro de 2020

Jornalista do Andhressa Barboza ao direcionar perguntas aos candidatos a prefeito de Cuiabá durante debate realizado hoje (27) pela TV Vila Real

O candidato a prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB) avalia que o fato de ser réu, em processo que apura suposto ato de corrupção, não prejudica sua atuação como prefeito. Destaca que vai provar nos autos que a sua inocência e pede que a população avalie a seu trabalho. “Avalie a nossa gestão, avalie os meus 32 anos de vida pública, não há nada que macule a nossa vida pública a não ser esse episódio que será esclarecido”, disse ao responder questionamento da jornalista do Andhressa Barboza durante debate realizado no fim dessa manhã pela TV Vila Real, do grupo Record.

Ao ressaltar que as coisas devem se esclarecer no decorrer do processo usa como exemplo o fato do Poder Judiciário ter autorizado o retorno do secretário de Saúde Luiz Possas de Carvalho. “Que nosso adversário dizia que era ladrão, que estava roubando. E, por três a zero, foi anulada a decisão que o afastou mostrando que nossa gestão estava correta, a probidade e seriedade com que administramos o dinheiro público”, diz.

Sobre o caso do “paletó”, suposto pagamento de propina, segundo Emanuel, as verdades começaram a aparecer depois que caiu o sigilo do processo, por isso, não teme ser preso. "Para provar à população que nada temos a ver com esse mar de lama, diferente do nosso adversário que em menos de quatro anos de mandato já está enrolado em servidores fantasmas, nepotismo cruzado, exploração de fiéis que são pessoas de bem, pessoas sérias, tenho muito respeito pelos fieis".

Emanuel alega ainda que a acusação contra ele é tão fake que a testemunha de acusação do MPF já o inocentou – numa referência a Valdecir Cardoso, que foi o responsável por instalar a câmera que filmou deputados no Palácio Paiaguás e que foi usado na delação de Silval Barbosa. “Está dizendo que nada temos a ver com aquilo e isso cai a casa do nosso adversário".

A Abílio Júnior (Podemos) o perguntou se pretende manter o mesmo modelo de fiscalização dos serviços públicos, através de invasões e gravações de vídeos, expondo servidores – já que ganhou notoriedade política com este perfil de atuação.

O candidato do Podemos argumenta que fiscalizar não é invadir e que sua atuação culminou na prisão de um de ex-secretário de Saúde Huark Douglas Correia, na operação Sangria. E afirma que fiscalização que se faz “anotando no papelzinho, perguntando pra prefeitura se ela faz alguma coisa de errado”, nunca dará certo porque a gestão não vai dizer que está fazendo coisa errada. “Então é importante que a fiscalização seja presencial".

Na réplica, a jornalista questionou se Abílio vai permitir que vereadores e cidadãos  façam o mesmo, caso seja eleito. E se não teme ser vidraça. Ele diz que não e pede a manutenção da mesma postura. “Gostaria muito que os nossos vereadores fiscalizem a prefeitura, não quero pau mandato. Vereador tem que cumprir o seu papel”.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Para presidente, BRT é ultrapassado

juca 400 curtinha   Numa sintonia política com o prefeito Emanuel, o novo presidente da Câmara de Cuiabá, vereador Juca do Guaraná (foto), disse ser contra a decisão do governo estadual de "enterrar" o projeto do VLT, cujas obras estão paralisadas desde 2014, para implantar o modal BRT na Região...

Prefeito vai homenagear 2 ex-aliados

ze do patio 400 curtinha   O ex-vereador, ex-deputado estadual e hoje prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio (foto), que está no terceiro mandato, vai homenagear dois aliados que faleceram recentemente, sendo eles o ex-vereador de três mandatos Juary Miranda, que foi líder do Executivo na Câmara...

Maluf deve consultar STF sobre Teis

guilherme maluf 400 curtinha   Assim que retornar de férias, o presidente do Tribunal de Contas do Estado, Guilherme Maluf (foto), dará prosseguimento à análise do pedido de aposentadoria de Waldir Teis, que está afastado do Pleno há três anos e cinco meses, assim como outros três conselheiros...

Novo líder de Pátio na Câmara de ROO

reginaldo santos 400 curtinha   Reginaldo dos Santos (foto), que assume vaga na Câmara de Rondonópolis pela quarta vez, é o novo líder do prefeito Zé do Pátio, com a missão de fazer o trabalho de articulação e defesa do Executivo junto aos colegas do Legislativo. Na legislatura passada,...

Agro sugere Daniella de volta no Indea

daniella bueno 400 indea   Representantes do setor produtivo e um grupo de servidores sugeriram ao governador Mauro o nome da médica-veterinária e servidora de carreira Daniella Bueno (foto) para reassumir a presidência do Indea-MT. Aproveitaram a vulnerabilidade no cargo do presidente Marcos Catão Dornelas, denunciado...

Aumento para vereador só em 2022

Alguns vereadores em Cuiabá, tanto novatos quanto aqueles reeleitos, ficaram surpresos quando informados pela Mesa Diretora de que o aumento salarial de R$ 15,1 mil para R$ 18,9 mil, aprovado agora no final de dezembro, só começa a valer a partir de janeiro de 2022. Não entra em vigor de imediato, mesmo se tratando de nova legislatura, por causa da pandemia, que levou o governo federal a estabelecer, em lei, veto a qualquer tipo de reajuste para servidores até...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.